Diferenças em relação ao day trade

A vida de um swing trader é bem mais fácil se comparada a de um day trader. Precisa de mais capital para poder abrir 3 ou mais operações, é verdade, mas por outro lado o desgaste emocional é menor, o tempo dedicado ao acompanhamento do mercado também, e não há necessidade de uma plataforma muito sofisticada (para simulação, por exemplo, basta papel e caneta). Além disso, quem opera prazos maiores pode contar com as recomendações de analistas, algo que no day trade é complicado por causa do timing (o analista dá o call da operação, mas nem todos conseguem entrar a tempo) e da liquidez (nem sempre tem lote disponível para todos no book de ofertas). Dito isso, partindo para a prática, como um swing trader pode se desenvolver no mercado?