Short Call Condor

Trata-se de um condor invertido, onde a trava de baixa estará ITM e a de alta OTM. É uma compra de volatilidade, pois é preciso que o preço da ação se mova em alguma direção. Da mesma forma que a borboleta invertida, o condor invertido não tem grande eficiência, uma vez que o lucro é limitado em caso de explosão do preço. Um straddle é mais eficiente. Um exemplo utilizando opções com vencimento em 21/12/2020, com cotações de fechamento do dia 01/12/2020, estando PETR4 cotada a R$25,60:

  1. Venda de 100 PETRL250 (strike R$23,61) a R$2,36 - recebendo R$236,00
  2. Compra de 100 PETRL253 (strike R$24,61) a R$1,65 - pagando R$165,00
  3. Compra de PETRL280 (strike R$26,61) a R$0,69 - pagando R$69,00
  4. Venda de PETRL281 (strike R$27,61) a R$0,40 - recebendo R$40,00

Spread recebido (lucro máximo): R$42,00 (R$0,42 por ação)

O primeiro break even é calculado somando-se o spread recebido ao strike da posição vendedora da trava de baixa (R$23,61 + R$0,42 = R$24,03). Nessa condição, estando PETR4 cotada a R$24,03 no dia do vencimento, apenas PETRL250 irá para o exercício e haverá venda de ações a R$23,61 e compra a mercado, pagando R$24,03.  O prejuízo de R$0,42 por ação é neutralizado pelo spread de mesmo valor recebido.