A princípio essa aula não faz muito sentido, pois, se o mercado está direcional, por que fazer um scalping (trade extremamente curto) quando seria melhor surfar o movimento esticando a operação, certo? Mas o fato é que existem dois argumentos a favor do scalping.

O primeiro é questão de perfil. Por um bom tempo, eu mesmo não me sentia confortável em ficar muito tempo exposto ao mercado. Para mim, quanto mais tempo em uma posição de day trade, maior a chance de ser pego em um movimento involuntário (que parece ser sempre na contramão, nunca a favor). Então, em vez de surfar um grande movimento de compra, eu preferia emendar muitos trades curtos de compra que, por mais irracional que pudesse parecer, era como eu me sentia mais confiante de atuar. Se você tem um perfil assim, paciência, ou você pode tentar mudar e operar a tendência, como explicado na aula anterior.