O entendimento do conceito de absorção é bem simples: basicamente é quando um ou mais players executam lotes expressivos a mercado, o que normalmente deslocaria os preços no sentido da agressão, mas em vez disso, os preços continuam no mesmo patamar ou até recuam em relação ao sentido das primeiras agressões. Mas porquê isso acontece?

Vivemos na era da informática e já faz alguns anos que a maior parte do volume negociado na bolsa é proveniente de algum tipo de robô. Nesse contexto os algoritmos de alta frequência (HFTs), que atuam para tesourarias e investidores institucionais, estão por trás de muitas dessas absorções. Dessa forma, quando algum player entra comprando forte a mercado alguns mecanismos por parte dos HFTs são acionados e agem imediatamente, na contramão, devolvendo os preços para o mesmo patamar ou até recuando. Em outros casos a absorção pode acontecer simplesmente porque a agressão de lote expressivo acabou esbarrando em um lote escondido (ordem iceberg) em que notamos apenas um certo número de lotes aparentes no book, mas toda vez que são consumidos, uma nova ordem de mesmo tamanho é reposicionada no mesmo preço. Independentemente de como a absorção acontece, ela acusa um fato importante: tem um ou mais players defendendo aquela região de preços.