Quando as pessoas começam a se interessar pelo trading, em um primeiro momento, há um misto de euforia e confusão. Por um lado, o imaginário das pessoas é estimulado com base nos filmes hollywoodianos e em algumas propagandas ilusórias na internet (alimentadas pela famosa indústria do resultado imediato, presente em todo lugar, sempre vendendo soluções baratas e milagrosas).

Por outro lado, a quantidade de informações é gigantesca e, muitas vezes, controversa. Vivemos em uma era em que acesso à informação não é mais um problema – a dificuldade está em selecionar o que é relevante e confiável. Assim, uma dúvida muito comum e simples de ser sanada acaba ficando sem resposta: quanto dinheiro eu preciso para começar no trading?

Se o seu objetivo é enriquecer no longo prazo, pode começar com pouco, agora mesmo, investindo em boas empresas pagadoras de dividendos ou seguindo recomendações de analistas, por exemplo, e comprando lotes fracionários (quantidades inferiores a 100 ações).