Muita gente, quando descobre o mundo da renda variável e, mais especificamente, da especulação financeira, vê nesse tipo de atividade a possibilidade de ganhar muito dinheiro em pouco tempo. Mas rapidamente a realidade vem bater à porta do trader iniciante, mostrando que não é bem assim que funciona.

O day trade é uma atividade desafiadora, perigosa e estressante – é muito fácil adquirir alguns problemas de saúde física ou mental – após alguns meses seguidos de estresse ininterrupto. Nem todo mundo possui a disposição e o tempo necessários para viver exclusivamente disso. Ou mesmo por uma questão de escolha pessoal – o sujeito simplesmente não quer passar o dia todo com a cara grudada no computador sem ter tempo sequer de almoçar direito.

Para isso, existe uma solução que é mais fácil, menos estressante e que ocupa muito menos tempo do trader que é o swing trading. Claro que exigirá um pouco mais de capital, mas não será nada inalcançável. Com o dinheiro suficiente para comprar três lotes de ações, já é possível começar. Obviamente, quanto menos dinheiro, menor o ganho absoluto e, portanto, mais tempo levará para se atingir uma grande soma monetária.

Essa solução é ideal para quem, por exemplo, possui algum trabalho fixo. Aliás, é até mais vantajoso, porque essa pessoa poderá pegar parte do seu salário e ajudar a incrementar o valor da sua carteira, trazendo para mais perto a data da tão sonhada independência financeira, que é aquele momento em que a renda dos seus investimentos paga o seu custo de vida e ainda sobra dinheiro para continuar alimentando sua carteira de investimento.

Construir uma carteira semanal é algo bastante simples e, para quem já é trader, praticamente não existe dificuldade .

Em primeiro lugar, você terá que ter um setup seguidor de tendência. É importante que você tenha um (01) único setup para ser utilizado na condução dos seus investimentos ao longo do tempo. Embora você já tenha ouvido falar sobre repertório de técnicas, isso se aplica a quem pretende fazer day trade. No swing trade, com prazo operacional mais longo, sabemos que os ativos se comportam de modo mais direcional e isso nos permite operar seguindo a tendência.

Não há, obviamente, um setup mágico que fará você ganhar dinheiro incondicionalmente – qualquer setup serve, seja uma média exponencial de 9 períodos, seja um HiLo de 8, SAAR Parbólico com qualquer conjunto de indicadores que o ajudem a seguir uma tendência. Você poderá operar cruzamento de médias, rompimento de pivot, preços tocando uma média de 50 períodos e, até mesmo, os famosos setups do Larry Williams (todos esses setups você encontra nas aulas de setups do TNT).

O grande segredo desse negócio é a relação risco versus retorno que você obtém com esse tipo de operação. Todas as vezes que entrar em uma operação, coloque um alvo que seja entre 2 a 3 vezes o tamanho do seu risco. Por exemplo, digamos que seu stop em um trade seja de R$ 0,15, então o seu alvo será algo entre R$ 0,30 e R$ 0,45.

Pode ser mais? Pode! Procure apenas evitar operações cujo retorno seja menor do que 2 vezes o seu risco porque isso atrapalhará o resultado estatístico do seu trabalho.

E como você controla isso se ninguém sabe se o preço chegará no seu alvo?

Bom, ninguém sabe mesmo, mas a análise gráfica ajudará você em parte. Digamos que você quer buscar um alvo de R$ 0,30, mas, no meio do caminho, há uma resistência (sim, você vai basicamente operar na compra – esqueça aluguel de ações por enquanto. Se nenhum papel estiver dando entrada, deixe seu dinheiro na renda fixa e aguarde uma oportunidade). Se, no meio do caminho, houver uma resistência, você obviamente baixará o seu alvo para 2 vezes o seu risco ou ainda desistirá de entrar naquela operação.

A escolha de papéis para se operar é algo que tomará tempo. Sua tarefa é buscar, entre os papéis de maior liquidez, aqueles que estão prestes a dar entrada no seu setup (por exemplo, o HiLo virou para compra).

Escolha os papéis da sua carteira (sugerimos entre 3 e 5 papéis, não mais do que isso e entre na operação no dia seguinte, já que você estará trabalhando com gráfico diário).

Quanto à condução de sua carteira, há dois modos: o estático ou o dinâmico.

No modo estático, você monta a sua carteira no final de semana e compra os papéis na abertura do pregão de segunda-feira. Quando chegar na sexta-feira no final do pregão, você encerra todas as suas posições no ponto em que estiverem, tendo atingido ou não o alvo.

No modo dinâmico, o processo é mais binário: ou dá Loss ou Gain (sim, você pode fazer um trailing stop se quiser), e o papel não sai da carteira enquanto não atingir um desses alvos (Loss ou Gain). Se, por exemplo, dos cinco papéis da sua carteira, apenas dois deles atingirem o Gain, então você deverá substituí-los e colocar dois outros papéis que estejam dando entrada (não precisa ser no mesmo dia – se não tiver papel nenhum para colocar, espere algum dar entrada). Assim, à medida que os papéis vão saindo da sua carteira, você os substituirá por novos papéis, fazendo, desse modo, uma alocação dinâmica de sua carteira.

Será também indispensável que anote todos os seus ganhos, perdas e custos como taxas e emolumentos. E também é importante que arrisque apenas um pequeno percentual de sua carteira em cada papel (sugerimos arriscar 2% de seu capital por papel – desse movo, nunca arriscará mais do que 10% de seu capital em uma carteira de investimento).

Talvez esse método de rentabilizar seu capital não seja tão emocionante quanto o day trade, mas os ganhos serão grandes o bastante para fazer seu dinheiro crescer de modo exponencial e, em poucos anos, você terá multiplicado o seu capital em muitas vezes (se seguir o método com disciplina e rigor – tudo isso é muito bonito, mas dependerá exclusivamente de você, de suas escolhas e de sua gestão).


Você gostou dessa aula? Ela faz parte do Plano TNT, o plano educacional do Portal do Trader desenvolvido para quem quer operar na Bolsa de Valores, mas já entendeu que não existem fórmulas mágicas nem soluções milagrosas para o mercado.

Se já ficou claro para você que o único caminho viável para resultados consistentes na Bolsa é através do conhecimento e do compromisso, então, chegou a hora de conhecer os benefícios do acesso completo ao nosso Plano.

O Plano TNT não possui paralelos em abrangência, profundidade, metodologia e experiência dos professores e oferecemos tudo isso por um preço extremamente acessível e sem fomentar ilusões. Se essa ideia faz sentido para você, descubra agora mesmo tudo o que o acesso completo ao Plano TNT oferece.

Avaliações da aula:
4,9 (98)
assista o vídeo até o fim para avaliar

Publicação: 22/10/2020 14:00
Atualização: 26/10/2020 13:36