Mini Índice Bovespa Futuro: Melhores Períodos

ATENÇÃO: caso você ainda não esteja familiarizado com minicontratos, no final deste texto, deixamos um link para o Curso Gratuito de Minicontratos do Portal do Trader.

O Minicontrato Futuro de Índice Bovespa – também conhecido pelo nome de Mini-índice – talvez seja o derivativo mais popular entre os traders iniciantes. Isso ocorre justamente por sua combinação de baixo custo e média alavancagem. Afinal, cada ponto do mini-índice vale meros R$ 0,20 – um valor que, se não oferece um ganho muito atraente para quem opera poucos contratos, pelo menos ajuda os traders iniciantes a operar na modalidade Day Trade sem ter sua conta rapidamente esvaziada na Corretora.

Por suas características de volatilidade, já que se trata de um ativo bastante especulativo, ele permite que se opere de quase todos os modos possíveis.

Scalpers encontrarão nele um meio bastante seguro de buscar poucos pontos e sair rapidamente das operações. Operações que buscam até 100 pontos têm se mostrado bastante lucrativas quando operadas com a técnica adequada e um estrito gerenciamento de risco.

Como se trata de um ativo bastante volátil, alguns traders costumam trabalhar com relações negativas de risco x retorno, algo não recomendável se não houver uma taxa de acerto que compense largamente a relação desfavorável.

Também são possíveis as operações mais curtas no intraday para aqueles que preferem operar em gráficos rápidos como o de 5 minutos.

Para os que não gostam tanto de volatilidade, frequentemente é possível seguir microtendências no intraday, não sendo raras as situações em que o mercado oferece mais de 1.000 pontos em um único dia. Na verdade, há épocas em que o ativo anda muito mais do que isso. No período pré-eleitoral de 2018, vimos o mini-índice andar entre 2.000 e 3.000 pontos por dias seguidos.

Para aqueles que gostam de ficar posicionados, as margens baixas e o mecanismo de ajuste oferecem uma boa dose de segurança para quem opera o mini-índice. Mesmo assim, esse é um ativo que frequentemente abre com Gaps, o que pode levar a prejuízos para quem fica posicionado de um dia para outro. Nesses casos, é bastante frequente que as ordens stop não sejam executadas por terem sido posicionadas exatamente na região de Gap.

De todo modo, o mini-índice oferece inúmeras possibilidades de operação por diversos tempos operacionais, além de baixo custo, alavancagem mediana e possibilidade de se fazer realizações parciais ao longo das operações.

Tamanha flexibilidade torna esse ativo um dos favoritos dos traders iniciantes – e também dos profissionais – que, por conta do seu baixo custo, poderão executar estratégias com uma ou mais realizações parciais, trazendo segurança e rentabilidade às operações.

Saiba mais

Se você ainda não conhece os minicontratos futuros, acesse o Curso Gratuito de Minicontratos do Portal do Trader e aprenda a utilizá-os para obter lucro no mercado.

Acesse:

https://portaldotrader.com.br/aprenda/comece-a-operar-mini-contratos-futuros-curso-gratuito