Plan the Trade and Trade the Plan!

O Plano de Ação é o passo-a-passo do caminho que vai levar sua ideia ao seu objetivo, que pode ser definido para o longo prazo e "quebrado" em objetivos mais curtos (metas) para facilitar a visibilidade dos resultados das suas ações no curto prazo.

Essa é uma das tarefas mais importantes do trader, e talvez a mais ignorada (especialmente pelos iniciantes), seja por preguiça, dificuldade em fazê-la ou por não dar a ela a devida importância.

Contudo, montar um Trading Plan e não o executar, não serve para nada. Portanto, desde antes de começar a operar, a disciplina e o mindset já estão sendo colocados a prova.

Para montá-lo, você deverá:

  • Ter um objetivo definido.
  • Ter paciência.
  • Escolher um ativo.
  • Definir o volume financeiro que será aplicado.
  • Definir o tamanho do lote (número de contratos).
  • Escolher o período gráfico para estudo.
  • Definir as configurações e as ferramentas técnicas (setup), ou o modelo de análise.
  • Observar a agenda e os horários para preparar-se para um possível aumento de volatilidade.
  • Ter gerenciamento de risco (alocação de stops, definição do limite de perda).
  • Definir o que fazer com o dinheiro do lucro.
  • Estabelecer como aumentar tamanho do lote conforme a execução do plano resulte em lucro.
  • Considerar a possibilidade de fracasso e, se acontecer, descobrir onde está o problema e refazer o plano.
  • Seguir à risca o plano de trading: pratique a disciplina até que isso se torne um hábito.

É importante também levar em consideração o seu nível técnico de conhecimento, pois isso também fará diferença no resultado final. Portanto, não se esqueça que é necessário estudo contínuo para que se alcance consistência. Conforme seu nível de conhecimento vai se elevando, você aumenta seu repertório de técnicas e fica mais bem preparado para lidar com mudanças bruscas de comportamento dos preços, e poderá se adaptar com maior facilidade a esses movimentos, o que poderá lhe poupar muito dinheiro. E não se esqueça que todas as operações devem ter um motivo, de modo que, se você ganhou, saberá o motivo, e se perdeu, saberá também.