O que você quer aprender?

Ir

Como investir na bolsa de valores para iniciantes (Guia Completo)

Aqui neste post você vai encontrar um guia completo sobre como um iniciante pode investir na bolsa de valores, partindo do zero. Acompanhe nas próximas linhas um passo a passo simples e ideal para você!

Ações Jun 30, 2021

Como investir na bolsa de valores para iniciantes: Entenda o que é a bolsa

A Bolsa de Valores não é nada mais, nada menos, do que um hub de negociações. Ela está lá para garantir que todas as operações entre os diversos investidores, seja pessoa física ou institucional, ocorram de maneira segura e eficaz.

Ao contrário do que muitos pensam, a Bolsa de Valores não é um cassino ou uma casa de apostas, mas sim um ambiente organizado em que diversos tipos de investidores - desde pessoas comuns até grandes instituições financeiras - podem negociar inúmeros ativos, como ações, títulos, derivativos, opções, e muito mais.

Conheça os cursos gratuitos do Portal do Trader! Inicie um curso de investimento na bolsa o quanto antes e comece a operar com muito mais segurança!

Leia mais:

Para que você possa entender melhor o que é uma Bolsa, vamos voltar lá para o século XVIII, com a Bolsa de Arroz de Dojima, no Japão, um dos primeiros ambientes da história em que comerciantes se encontravam para negociar arroz - um dos itens mais importantes da economia japonesa na época.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes: representação da Bolsa de Arroz de Dojima, no Japão. Ambiente de trocas e atmosfera semelhante à Bolsa de Valores atual
Como Investir na Bolsa para Iniciantes: representação da Bolsa de Arroz de Dojima, no Japão. Ambiente de trocas e atmosfera semelhante à Bolsa de Valores atual

Nesse contexto, comerciantes de diversas regiões do Japão se encontravam em Dojima para trocar arroz por “notas de arroz” - pequenas notas que prometiam uma troca pela commodity.

Essas notas podiam prometer, por exemplo, uma troca pelo grão que seria entregue em outras regiões.

Assim surgiu um ambiente muito parecido com a Bolsa de Valores de hoje.

Controlado, seguro e organizado, para que as trocas ocorressem da melhor maneira possível entre as partes. Nesse exemplo, a bolsa japonesa foi um sucesso durante décadas.

Agora, vamos voltar para o mercado atual. No Brasil, a nossa Bolsa é chamada de B3 - Brasil, Bolsa, Balcão.

Ela é a instituição privada responsável por disponibilizar ao investidor - com segurança - diversos ativos diferentes, de naturezas e objetivos distintos.

Mais à frente iremos especificar melhor os produtos financeiros disponíveis, quais são os melhores para iniciantes investirem, e como eles são negociados.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes: fachada da B3 - a Bolsa de Valores Brasileira, localizada no centro de São Paulo
Como Investir na Bolsa para Iniciantes: fachada da B3 - a Bolsa de Valores Brasileira, localizada no centro de São Paulo

O que são ações?

Uma ação é como um pequeno pedaço de uma empresa. Quando uma companhia decide negociar suas ações na Bolsa de Valores, ela possibilita que investidores, ao comprar esses ativos, se tornem sócios reais da organização.

Mas como todo esse processo funciona?

Primeiramente, vamos entender por que uma empresa disponibiliza ações na Bolsa.

Imagine-se como o Presidente de uma grande empresa e sua equipe lhe apresenta um incrível projeto de expansão que tornaria a companhia líder em seu mercado, porém custaria um dinheiro que ainda não está disponível no caixa.

O que fazer?

Como Investir na Bolsa para Iniciantes: para o financiamento de um projeto, é comum que toda a equipe busque formas de arrecadar dinheiro da melhor maneira
Como Investir na Bolsa para Iniciantes: para o financiamento de um projeto, é comum que toda a equipe busque formas de arrecadar dinheiro da melhor maneira

Nesse caso, existem algumas opções, como financiamentos e empréstimos que são os primeiros que surgem à mente.

Contudo, ambos possuem alguns pontos negativos: juros, prazo de pagamento, dívida ativa com bancos e instituições financeiras, etc. Felizmente, existe mais uma opção que não gera dívida.

Essa alternativa seria abrir capital na Bolsa de Valores, e deixar que investidores individuais e institucionais aportem recursos financeiros em troca de ações da sua companhia.

Nesse caso, todo o dinheiro necessário para dar início ao seu projeto de expansão viria diretamente do bolso de seus novos acionistas. Interessante, não é mesmo?

Que tal entender mais sobre esse processo?

Partindo do dinheiro necessário, especialistas definem a estimativa para o capital a ser levantado com o IPO (Initial Public Offering, que numa tradução livre significa oferta pública inicial).

Cada pessoa que comprar uma ação se tornará um sócio minoritário da empresa, com uma pequena porcentagem quando comparado ao total.

Certo, mas o que esses investidores ganham com isso?

Existem algumas maneiras de ganhar dinheiro com ações, e as principais são: lucrar com a valorização das ações após algum tempo e/ou receber dividendos proporcionais à sua participação. Vamos explicar rapidamente como esses dois funcionam.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Investidores podem ganhar dinheiro na bolsa de valores com a valorização de suas ações ou com seus dividendos
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Investidores podem ganhar dinheiro na bolsa de valores com a valorização de suas ações ou com seus dividendos

Imagine que após conseguir o dinheiro para seu projeto, sua empresa inicia seu processo de expansão

Alguns meses depois, o retorno é claro: a companhia ganhou mais destaque em sua área e já recuperou todo o investimento feito.

Podemos dizer agora que essa organização é mais valiosa do que era anteriormente, certo?

O mercado concorda plenamente. Agora que a empresa está mais representativa em seu setor, os investidores estão dispostos a pagar mais caro pelas suas ações.

Com isso, o preço destes ativos sobe, e aqueles que acreditaram meses antes agora possuem cotas mais valiosas.

E se o investidor não quiser vender as ações, dependendo da companhia em que investir, ele pode receber o que chamamos de dividendos - que são parte do lucro que a empresa distribui aos acionistas.

Entretanto, é importante frisar que nem todas as organizações adotam a política de distribuição de seus resultados. Isso irá depender muito da gestão e da estratégia administrativa seguida.

Por exemplo, para algumas empresas com grande potencial de crescimento, como startups e bancos digitais, faz muito mais sentido a prática de reinvestir todos os seus lucros em seus próprios processos - assim, crescendo mais rapidamente.

Por outro lado, nem todas possuem um grande horizonte para expansão. É o caso de algumas companhias do setor elétrico, que se encontram com pouco espaço para crescer, e por isso costumam distribuir uma parte considerável de seus lucros - assim, sendo tradicionalmente boas pagadoras de dividendos.

Neste caso, quanto mais ações uma pessoa tiver, mais dividendos ela irá receber em sua conta. Isso motiva muitos investidores a realocar seus lucros na própria empresa para receber cada vez mais dividendos.

E é basicamente assim que funciona a bolsa de valores para iniciantes.

Eles podem se tornar sócios de grandes empresas, e as companhias podem se financiar sem custos elevados. Tudo isso, graças às ações.

Para investir em ações, é necessário conhecer alguns mecanismos importantes dessas negociações, e o Portal do Trader disponibiliza todo o conteúdo que você precisa no curso de investimento em ações.

Como funciona a bolsa de valores?

Agora que você já sabe o que é a Bolsa de Valores e o que são ações, vamos entender como esse ambiente de negociação funciona na prática.

É importante saber que, para garantir a segurança e a eficácia de todas as operações, a bolsa trabalha com algumas intermediadoras, como as corretoras de valores, os bancos comerciais e as distribuidoras de títulos e valores mobiliários (DTVMs).

Estas instituições funcionam como intermediadoras entre a B3 - a Bolsa brasileira - e o investidor.

Elas atuam de maneira similar às corretoras de imóveis, e garantem toda a ordem na compra e venda de ativos.

Para isso, essas organizações cobram pequenas taxas dos investidores em suas operações - vamos discutir mais sobre quais são os custos de investir em Ações mais para frente, mas já adianto que esses custos são bem baixos.

É essencial deixar claro que nenhuma corretora lucra com as perdas dos clientes.

Elas não são nada similares a casas de apostas - muito pelo contrário, as grandes instituições do mercado oferecem treinamentos e cursos aos investidores constantemente, para informá-los e preservá-los.

Se quiser conhecer as corretoras de valores do Brasil adequadas aos seus objetivos, você poderá acessar uma lista feita pela própria B3!

Para começar a investir em ações, o investidor precisa escolher uma corretora e criar uma conta junto a ela.

Após isso, dentro do próprio portal da corretora, será possível comprar e vender os ativos que quiser através de um home broker, por exemplo!

Mas como podemos ter certeza que essas operações são seguras?

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Dentro da plataforma das corretoras o investidor pode comprar e vender as ações que quiser!
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Dentro da plataforma das corretoras o investidor pode comprar e vender as ações que quiser!

Para isso existe a CVM - Comissão de Valores Mobiliários. Essa instituição é um órgão ligado diretamente ao Ministério da Economia, que tem como objetivo regular, policiar, fiscalizar e disciplinar todo o mercado financeiro.

Todas as corretoras e empresas do mercado são fiscalizadas de perto pela CVM, que pode aplicar multas e punições contra qualquer violação da lei. Por isso, pode ter certeza que seu dinheiro está seguro com essas instituições.

Para você que quer saber como investir na bolsa de valores pela primeira vez, é essencial entender de maneira definitiva como a bolsa funciona, e por isso nós preparamos uma aula gratuita exclusiva sobre esse tema.

Estratégias de operações para investir em ações

Para saber como investir na bolsa sendo iniciante e ganhar dinheiro, é essencial conhecer várias estratégias de operações. Fique comigo mais um pouco e entenda tudo sobre este tema!

Primeiramente, sejamos honestos, se você é um completo iniciante, é muito improvável que vá criar boas estratégias logo de cara

Na verdade, se apostar todas as suas fichas em você mesmo, logo no começo, é bem possível que se frustre bastante. O que fazer, então?

Vá atrás de bons profissionais, devidamente qualificados, para te assessorar. Eles existem e possuem um único objetivo: te ajudar a ganhar dinheiro na bolsa de valores.

Um assessor de investimentos é como se fosse seu gerente bancário.

Entretanto, ao invés de resolver problemas relacionados ao seu cartão de crédito, empréstimos e transferências, ele irá te ajudar em tudo que envolve o seu dinheiro na bolsa de valores.

Costumo dizer que, assim como todos deveriam ter seu médico e mecânico de confiança, todo investidor deve ter uma assessoria com quem possam contar.

Ressalto ainda que esses profissionais passam por um exame de qualificação para prestar tal serviço.

Esse acompanhamento irá te fazer economizar muito dinheiro, pois você saberá qual o melhor tipo de investimento para seu perfil, como investir em ações do zero, como analisar a performance de seus ativos, e muito mais.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Um assessor de investimentos irá te fazer economizar dinheiro, tempo e dor de cabeça. Tenha uma assessoria de confiança!
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Um assessor de investimentos irá te fazer economizar dinheiro, tempo e dor de cabeça. Tenha uma assessoria de confiança!

Assim como o assessor de investimentos, um analista de mercados de capitais também pode ser de grande ajuda.

Agora, se você quiser colocar a mão na massa desde já, existem algumas coisas que você precisa saber sobre estratégias e modalidades de investimentos. Mas não se assuste, vou te explicar tudo agora de maneira simples e objetiva!

Estratégias de investimentos

Estratégias de investimentos são métodos que nós, investidores, utilizamos para tomar decisões de investimentos.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Assim como no xadrez, uma estratégia te dará direções e opções para investir da melhor maneira possível
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Assim como no xadrez, uma estratégia te dará direções e opções para investir da melhor maneira possível

Basicamente, existem duas “escolas” de análise, que se utilizam de táticas e técnicas específicas para que o investidor possa tomar a melhor decisão possível, baseado em seu perfil.

Nesse artigo, vamos falar de: Análise Técnica e Análise Fundamentalista.

A Análise Técnica é uma estratégia que se baseia, de acordo com John Murphy, um dos maiores autores sobre o tema, no estudo dos movimentos do mercado para entender a tendência de determinados ativos e seus preços.

Para isso, costuma-se  utilizar gráficos e indicadores técnicos baseados em cálculos estatísticos e matemáticos.

Em outras palavras, essa estratégia utiliza-se de elementos gráficos para compreender melhor o comportamento do mercado e de ações, com o objetivo de fornecer as melhores informações para a tomada de decisão do operador.

Essa ferramenta é utilizada diariamente pelos especialistas do Portal do Trader, e por isso preparamos um curso gratuito sobre Análise Técnica, para que você entenda na prática como ela funciona!

Por outro lado, a Análise Fundamentalista utiliza-se de elementos diferentes para que o trader tome a sua decisão.

Essa ferramenta busca analisar os fundamentos de uma empresa - o quanto ela fatura, margem de lucro, histórico de dividendos, planos futuros etc - para determinar se vale ou não a pena investimento em determinado ativo.

Um de seus precursores, o investidor americano Benjamin Graham, teve muito sucesso no passado com essa estratégia - tanto é que se tornou um dos maiores nomes da história do mercado financeiro.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Benjamin Graham, um dos precursores do Buy & Hold e da Análise Fundamentalista e um dos maiores investidores de todos os tempos
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Benjamin Graham, um dos precursores do Buy & Hold e da Análise Fundamentalista e um dos maiores investidores de todos os tempos

Um processo muito discutido dentro dessa estratégia é o valuation. Tal conceito diz respeito à avaliação do valor justo de uma empresa, a partir de seus balanços, resultados e projeções futuras.

Com esse resultado, é possível determinar qual o preço ideal de determinada ação, e estimar de maneira muito mais precisa o retorno dos investimentos. É uma técnica extremamente útil.

A Análise Fundamentalista é uma ferramenta essencial para todo investidor, e é por isso que preparamos um artigo extremamente didático sobre ela, para que você aprenda como atuar na bolsa de valores como os grandes investidores!

Por fim, é importante ressaltar que a utilização de um tipo de análise não exclui a outra.

Um bom investidor deve ter em mente que quanto mais repertório de técnicas ele tiver, melhores tenderão a ser suas decisões.

É completamente possível utilizar ambas as técnicas citadas aqui, desde que haja um entendimento de todos os benefícios, limites e funcionalidades de cada uma.

Modalidades de Investimentos

Modalidades de Investimento são maneiras diferentes de investir o seu dinheiro.

Por exemplo, você pode investi-lo com foco no longo ou curto prazo, buscando lucrar com a valorização das ações ou com seus dividendos, e etc.

Existem inúmeras modalidades para cada perfil de investidor, como day trade, swing trade, scalping, position, buy & hold, operações estruturadas etc.

Muitos iniciantes costumam confundir o conceito de estratégia com o de modalidade de investimento, mas é importante entender que a estratégia é o processo para tomada de decisão, enquanto a modalidade é o tipo de operação que se faz.

Portanto, você pode aplicar diversas estratégias para cada modalidade de investimento.

Vamos discutir um pouco sobre duas das principais modalidades de investimento: Day Trade e Swing Trade.

O Day Trade é uma modalidade que se baseia na compra e venda de ativos em um mesmo dia - ou em um único pregão.

Ou seja, o day trade trabalha muito com operações rápidas, focadas nos preços e gráficos, e por isso a Análise Técnica pode ser de grande ajuda a esse profissional.

No Day Trade, o trader busca operar ativos sempre dentro de um mesmo pregão, com técnicas e estratégias específicas.

Essa modalidade ganhou muita notoriedade nos últimos dias devido ao alto potencial de ganhos que ela apresenta, porém muitos ignoram que, por ser muito dinâmica e volátil, ela traz consigo alguns riscos.

E é exatamente por isso que nós, do Portal do Trader, disponibilizamos a você um Curso 100% GRATUITO de Day Trade, para que você entenda a fundo como esse tipo de operação funciona, e como ganhar dinheiro com negociações intra diárias.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nosso Curso de Day Trade!

Começar grátis

O Swing Trade, diferentemente do Day Trade, trata de investimentos de prazos um pouco mais longos, ultrapassando o tempo de um pregão.

Esse tempo pode durar dias, semanas, mas dificilmente ultrapassa meses. Tudo depende da estratégia que é utilizada.

Um swing trader pode trabalhar com diversos ativos, com prazos variados e com estratégias variadas, buscando ganhos consistentes no mercado de maneira diferente dos day traders, que costumam se concentrar em poucos ativos.

Quanto custa investir na bolsa de valores?

Se você se pergunta quais os custos para investir em ações, saiba que eles se dividem basicamente em três: taxas cobradas pela corretora, pela Bolsa, e impostos sobre suas operações.

Mas fique tranquilo, apesar de parecerem assustadores, eles costumam ser relativamente baixos.

Isso porque essas taxas são, na verdade, porcentagens minúsculas dos valores de suas movimentações, e os impostos, na grande maioria das vezes, também não alcançam patamares altos, pois se referem aos custos das operações, e não aos lucros obtidos com o investimento.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Os custos de taxas e impostos sobre negociações não são altos, possibilitando o pequeno investidor a entrar no mercado
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Os custos de taxas e impostos sobre negociações não são altos, possibilitando o pequeno investidor a entrar no mercado

Além disso, muitas corretoras hoje não cobram mais as chamadas taxas de corretagem - um dos valores que você pagaria sobre cada operação -, então os custos para investir em ações e similares na bolsa vem se tornando cada vez menores.

Para que você veja na prática como esses custos são baixos, vou te mostrar quanto eu paguei em uma negociação na bolsa.

No dia 17/12/2020, comprei 100 ações da empresa Weg (código WEGE3) pelo valor de R$70,45 cada, totalizando R$7.045,00 - antes das taxas.

Agora, considerando todas as taxas da corretora, impostos e custos da bolsa de valores, eu paguei um valor a mais de R$6,42.

Isso mesmo, apenas 6 reais de custos, em uma operação que eu investi mais de 7 mil reais. Esse valor representou míseros 0,09% de todo o valor que eu paguei, ou seja, uma porcentagem extremamente baixa.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Os custos para investir na bolsa de valores costumam ser baixíssimos, então não se preocupe com isso.
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Os custos para investir na bolsa de valores costumam ser baixíssimos, então não se preocupe com isso.

É possível investir com pouco dinheiro?

Se você se pergunta como investir na bolsa de valores com pouco dinheiro, ou qual o valor mínimo para investir na bolsa, saiba que existem diversas opiniões diferentes sobre o assunto, mas a seguir darei a minha opinião pessoal, que formei nesses muitos anos de mercado.

Para entender como funcionam as negociações na bolsa, vou te ensinar as duas maneiras pelas quais as ações são negociadas na B3: o mercado padrão e o mercado fracionário.

No mercado padrão, as ações são negociadas no que chamamos de “lotes padrões”, que se resumem em “empacotados” de 100 ações, em sua maioria.

Ou seja, nesse mercado, o investidor pode comprar apenas conjuntos múltiplos de 100 ações, e nada menos.

Entretanto, no mercado fracionário, o investidor tem a possibilidade de comprar “frações” desses lotes, desde 1 até 99 ações de uma mesma empresa. Nesse caso, aqueles que não tem tanto dinheiro para investir conseguem realizar suas operações.

Para ter acesso ao mercado fracionário é muito simples: basta acrescentar a letra “F” no final do código do ativo. Por exemplo, para negociar o fracionário das ações da mineradora Vale (VALE3), basta usar o código VALE3F.

As cotações entre o mercado padrão e fracionário podem sofrer ligeiras distorções entre sim, mas em geral permanecem a maior parte do tempo muito próximas.

Agora que você entendeu como esses dois mercados funcionam, pode entender que é possível investir com pouco dinheiro na bolsa de valores.

Porém, eu particularmente acredito que deve haver um valor mínimo para começar a investir.

Na minha opinião, o investimento em ações deve ser feito com valores a partir de mil reais.

Digo isso por um motivo muito simples: a partir desse montante, todo o custo das operações se dilui no valor do investimento.

Quais as vantagens e os riscos de investir em ações?

Ao investir em ações, saiba que o seu maior risco, dentre todos, é a empresa quebrar. Logo após, o segundo maior risco é da empresa não gerar mais lucros e não se valorizar mais ou pagar dividendos.

Entretanto, saiba de uma coisa: ao longo de toda a história, pouquíssimas empresas de capital aberto quebraram.

Ou seja, considerando as centenas de empresas que estão listadas na Bolsa, a probabilidade de uma empresa que você investir quebrar é baixíssima, especialmente se você for minimamente criterioso em suas escolhas.

Além disso, é improvável que uma companhia vá acumular prejuízos do dia para a noite.

Todos os resultados das empresas de capital aberto são divulgados trimestralmente, e nessa aula você pode checar como identificar as melhores.

Para que você entenda isso, vamos pensar na seguinte linha de raciocínio:

Desde o ano passado, a pandemia do COVID-19 causou um grande estrago na economia global, afetando empresas de diversos setores e países.

Entretanto, façamos uma reflexão: durante a pandemia, o Google se tornou uma má empresa? E a Apple, deixou de investir no desenvolvimento de seu novo iPhone?

É claro que NÃO. Durante as crises, empresas boas não deixam de ser boas. Seus preços podem ter variado na Bolsa de Valores, mas seu valor continua igual, ou até maior. Lembre-se que preço é o que se paga e valor é o que se recebe.

Como diz o próprio nome, a renda variável varia. Oscilações nos preços são comuns, especialmente no curto prazo, e não devem de maneira alguma assustar um investidor iniciante de olho em prazos mais longos.

Para finalizar, me responda o seguinte: você acredita que a Ambev vai parar de vender cervejas durante crises? Ou que a Petrobrás vai parar de vender petróleo? Muito provavelmente, não.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Durante a pandemia, diversas empresas e negócios foram atingidas, mas os gigantes do mercado continuaram de pé.
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Durante a pandemia, diversas empresas e negócios foram atingidas, mas os gigantes do mercado continuaram de pé.

Uma empresa boa é uma empresa bem gerida, com uma administração competente e resultados consistentes.

As vantagens de se investir em ações são muitas, e se baseiam no seguinte ponto: você, direto da sua casa, é capaz de se tornar sócio das maiores empresas do mundo.

Sentado na frente de seu computador, com uma pequena sequência de cliques, você pode se tornar acionista de grandes bancos, gigantes da tecnologia e líderes do setor de varejo, por exemplo.

Investir em ações pode ser muito interessante para iniciantes, então fique comigo até o final do post para entender como você pode começar a ganhar dinheiro NA PRÁTICA.

Qual o melhor tipo de investimento para iniciantes?

Para você que se pergunta o que investir na bolsa de valores e qual o melhor tipo de investimento para iniciantes, saiba que existem inúmeras opções para todos os tipos de perfis.

Logo abaixo, vamos discutir sobre alguns dos principais tipos de investimentos: ações pagadoras de dividendos, Fundos Imobiliários, ETFs e como você pode investir em ações de setores que você gosta e conhece!

Ações pagadoras de dividendos

As ações pagadoras de dividendos pertencem a empresas que, na grande maioria das vezes, já estão consolidadas em seus setores, com uma grande participação de mercado, e com lucros estáveis ao longo dos últimos anos.

Por conta de seu tamanho ou limitações do setor, é muito difícil que essa empresa se valorize muito nos próximos meses e anos, então uma parte considerável de seus lucros é direcionada ao pagamento de dividendos aos seus acionistas.

É exatamente por esse motivo que essas empresas tendem a ser muito mais seguras e estáveis para se investir, o que pode agradar investidores que ainda têm dúvidas sobre como investir na bolsa de valores.

Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIs)

Fundos de Investimentos Imobiliários (FIIs) são fundos de investimento que incluem em suas carteiras imóveis de diversos tipos e títulos relacionados ao mercado imobiliário.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - O investimento em FIIs te permite se tornar sócio de fundos que gerem conjuntos habitacionais, shoppings, galpões, depósitos, e muito mais!
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - O investimento em FIIs te permite se tornar sócio de fundos que gerem conjuntos habitacionais, shoppings, galpões, depósitos, e muito mais!

Nos últimos anos, os FIIs ganharam muita relevância, principalmente pelo fato de que muitos dos fundos pagam bons dividendos mensal ou trimestralmente, livre de tributação, e o preço de seus papéis não tende a oscilar tanto quanto o de algumas ações.

Apesar de serem fundos de investimento, os FIIs são negociados como ações normais no mercado padrão, e podem ser adquiridos por qualquer investidor.

Investir em um FII pode ser uma boa alternativa para o investimento direto em imóveis, pois você, como acionista, não terá que se preocupar com a manutenção do imóvel, com as questões legais e administrativas e com todas as dores de cabeça que o envolvem.

Isso tudo é trabalho do administrador do fundo. Você se preocupa apenas com a análise de seus resultados - para decidir se ainda vale a pena investir - e em colher os lucros. Exchange-traded Fund (ETFs)

Exchange-traded Funds (ETFs) não são nada mais do que fundos de ações negociados na Bolsa de Valores, e muitas vezes replicam índices como o Ibovespa.

Eles podem conter diversos ativos dentro dele, de diversos setores e tamanhos.

A vantagem de um iniciante investir em ETFs é que funciona como se ele se tornasse sócio de diversas empresas de uma vez, e tendo seu risco diluído no meio de tantos ativos. Mas como isso é possível?

Imagine que você invista em um ETF que contém 10 ações. Certo dia, uma dessas sofre uma grande queda de preço, e todos os acionistas da empresa são atingidos.

Concorda que, se você tivesse colocado todo o seu dinheiro nessa única empresa, você seria muito afetado por essa queda?

Mas agora imagine que, com o ETF, você diluiu seu risco com mais 9 ações, que permaneceram estáveis e até subiram de preço nesse mesmo dia.

Nesse caso, o desempenho dessa empresa não afetará tanto sua carteira, e você terá mais segurança.

O ETF é uma ótima ferramenta de diversificação, e nessa aula do curso gratuito sobre investimento em ações, falamos mais sobre como e por que diversificar!

Ações que você gosta e confia

Outra opção de investimento na bolsa de valores para iniciantes é colocar o seu dinheiro em ações ou setores que você gosta e confia. Mas como assim?

Para explicar esse raciocínio, vou usar como referência um dos maiores investidores de todos os tempos, o bilionário Charlie Munger.

Ele costuma dizer que só existe risco naquilo que você não conhece.

De acordo com ele, há muito menos chances de você perder dinheiro se você souber muito bem o que está fazendo e no que está investindo.

Para isso, o investimento em empresas que você entende pode ser muito eficiente.

Para evidenciar isso, vou dar um exemplo de um antigo aluno meu, que era engenheiro de minas.

Ele, por ter formação e anos de experiência na área, costumava investir em ações do setor de mineração - inclusive mineradoras de ouro, negociadas em bolsas estrangeiras.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Para um engenheiro de minas, investir no setor de mineração é muito mais fácil. Ele pode analisar as empresas desse setor com muito mais facilidade.
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Para um engenheiro de minas, investir no setor de mineração é muito mais fácil. Ele pode analisar as empresas desse setor com muito mais facilidade.

Concorda que, para ele, era muito mais fácil analisar as operações das empresas do setor em que ele trabalhava? Afinal, ele entendia perfeitamente a atividade que elas executavam e como elas realmente ganham dinheiro.

Eu, particularmente, gosto muito do setor de tecnologia, por isso, tenho uma carteira com Amazon, Apple, Microsoft, Google e Facebook.

Para mim, são empresas com pouca concorrência, altamente escaláveis e cujos serviços ainda serão necessários por décadas.

Por isso, investir em ações que você gosta e conhece pode ser uma ótima estratégia para iniciantes na bolsa de valores.

Passo a passo de como começar a investir na bolsa de valores para iniciantes (GUIA)

Nesse passo a passo de como investir na bolsa de valores para iniciantes, você vai entender de uma vez por todas o que você precisa saber e fazer para entrar de vez (e com o pé direito) no mercado de ações!

Livre-se de suas dívidas

Para investir com tranquilidade na bolsa de valores, você vai precisar de tempo e um pouco de capital. Mas antes de começar, tente ao máximo se livrar de todas as suas dívidas.

Isso é importante para que você trate seus investimentos da maneira correta, ou seja, como um empreendimento, e não como uma simples reserva que você precise resgatar a qualquer momento.

Imagine que, por conta de suas dívidas, você necessite imediatamente de dinheiro.

Nesse caso, você não terá opção a não ser resgatar todos os seus aportes no desespero, e perderá toda a valorização que estava construindo ou, pior, terá que vender ativos no prejuízo e provavelmente ver seus preços subirem tempos depois.

Por isso, procure se livrar de suas dívidas para começar a investir com tranquilidade

Tenha uma reserva de emergência

Tenha sempre uma reserva financeira de emergência. Isso não serve apenas para investimentos, mas para todos os aspectos da sua vida.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Ter uma reserva financeira de emergência te dará muito mais tranquilidade e segurança para começar a investir na bolsa de valores
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Ter uma reserva financeira de emergência te dará muito mais tranquilidade e segurança para começar a investir na bolsa de valores

Se for um profissional autônomo, recomendo que você guarde nessa reserva o equivalente a 6 a 12 vezes o seu custo de vida mensal, para estar preparado para qualquer situação. Se for um funcionário CLT “estável” ou concursado, pode considerar uma reserva menor.

Nesse artigo, você conseguirá entender melhor sobre o planejamento financeiro recomendado para começar a investir!

Essa reserva, como diz o próprio nome, deve ser usada apenas em emergência. Problemas de saúde, gastos importantes inesperados, situações familiares, etc.

Não é um “pé de meia” para lazer, mas sim um segurança para ocasiões inesperadas.

Com isso, você terá muito mais segurança para investir, e não se preocupará  tanto com oscilações irrelevantes, rumores de mercado, e uma série de coisas insignificantes.

A reserva de emergência é a compra da sua liberdade e tranquilidade.

Esses dois pontos são essenciais para qualquer iniciante que queria começar a investir na bolsa de valores com mais tranquilidade.

Agora, vamos ver algumas dicas pensadas especialmente para quem quer saber como investir na bolsa de valores pela primeira vez!

Dicas para quem vai começar a investir

1. Planejamento é essencial

É impossível começar a investir na bolsa de valores sem um planejamento.

Você precisa saber, no mínimo, quanto você vai investir, quanto de risco está disposto a correr, se precisará do dinheiro em algum momento, qual estratégia e modalidade pretende adotar, etc.

Você precisa saber onde está e para onde quer ir, se não, será mais difícil ter sucesso no mercado de investimentos.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Fazer um planejamento antes de começar a investir irá te poupar muito tempo, dinheiro e dor de cabeça
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Fazer um planejamento antes de começar a investir irá te poupar muito tempo, dinheiro e dor de cabeça

Aliás, aproveitando esse momento de dicas, devo te avisar uma coisa: jamais acredite na ilusão de comprar na mínima e vender na máxima. Isso não existe.

Nem mesmo os maiores e melhores investidores do mundo investem seu dinheiro pensando nisso.

Além de ser impossível saber qual valor é o mínimo e qual é o máximo, isso pode mudar tão rapidamente que investir com esse objetivo é inviável.

Muitos tentarão te vender essa ideia. Mas te dou o meu conselho pessoal, que se mostrou correto em todos os meus anos de mercado: não caia nas tentações e propagandas enganosas com tentadoras fórmulas mágicas.

2. Entenda qual o seu perfil de investidor

Existem diversas maneiras de investir em ações na bolsa de valores, e a maneira de escolher como você vai trabalhar é a partir do seu perfil de investidor.

Uma das primeiras coisas que você deve fazer para começar a investir é entender qual é seu perfil, e assim conhecer quais estratégias e modalidades mais combinam com você.

De modo geral, investir em ações pode ser bem simples.

Se seu perfil for mais conservador, você pode seguir uma estratégia de Buy & Hold (longo prazo), comprar ações com base em seus fundamentos, e mantê-las com você por anos ou até décadas.

Ou, se não for tão paciente, pode até escolher a modalidade de Swing Trade, e comprar e vender ações semanalmente.

No caso de investidores mais acostumados com a ideia de correr riscos - os famosos “risk-takers” -, uma ampla gama de operações se abre.

Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Quanto mais acostumado com o risco o investidor for, mais opções de investimentos e trades ele pode ter
Como Investir na Bolsa para Iniciantes - Quanto mais acostumado com o risco o investidor for, mais opções de investimentos e trades ele pode ter

Por exemplo, esse tipo de investidor pode combinar posições em Ações com a compra ou venda de Opções, para se proteger - o que chamamos de operações estruturadas.

Além disso, podem ser feitas as famosas Operações Long & Short, em que o operador monta suas posições na ponta compradora e na ponta vendedora, para lucrar na diferença de rentabilidade entre dois ativos.

Basicamente, o investidor procura se proteger de movimentos direcionais neste caso.

Outra opção viável para investidores mais arrojados é o Day Trade em ações. Para isso, o Portal do Trader possui um curso 100% gratuito e completo para iniciantes, em que você aprenderá como atuar nessa modalidade!

Nas operações intra diárias, o trader pode escolher adotar algumas estratégias mais agressivas, tais como Price Action, Tape Reading, Análise Técnica, entre outras.

As opções, como dito anteriormente, são inúmeras.

Para finalizar este tópico, deixo aqui uma provocação: independentemente de qual seja seu perfil de investidor hoje, pense em sair da sua zona de conforto e busque um nível acima.

Nesse mundo você não precisa nascer e morrer conservador e tão pouco ser um tomador de risco compulsivo sem pensar em investimentos mais estáveis.

3. Escolha uma boa corretora

Por último, mas não menos importante, escolha uma boa corretora. Isso não é muito difícil, mas existe um ponto que você deve prestar muita atenção.

Para escolher a corretora ideal, você precisa analisar os seguintes pontos:

  • Taxas (corretagem e similares)
  • Prateleira de produtos e serviços
  • Atendimento da corretora
  • Serviço de assessoria

Entre as grandes do mercado, os 2 primeiros pontos são extremamente similares. O principal diferencial na realidade é a qualidade do atendimento da instituição e o serviço de assessoria.

Uma corretora com um atendimento prestativo, rápido e de qualidade, e com um eficiente serviço de assessoria de investimentos FAZ TODA A DIFERENÇA.

Como dito nos outros tópicos do post, você economizará muito tempo, saúde emocional e dinheiro - já que investirá melhor e não precisará comprar remédios para dor de cabeça, pois seu assessor cuidará dos assuntos estressantes!

Além disso, saiba que abrir uma conta em uma corretora é extremamente simples. Você pode fazer tudo online, mandar apenas as fotos de alguns documentos, e em poucos dias terá sua conta aberta. Nada será cobrado de você.

Inclusive, você pode deixar sua conta parada, pois só pagará taxas (normalmente baixas) quando realmente começar a investir.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

Concluindo sobre como investir na bolsa de valores para iniciantes

Com todo conteúdo deste guia prático de como investir na bolsa de valores para iniciantes, você já pode dar seus primeiros passos para estudar o mercado de investimentos e começar o mais rápido possível!

Você aprendeu o que é a bolsa de valores, o que são e como investir em ações, quais estratégias existem, tipos de ativos e muito mais.

Agora, é continuar nesse caminho e entender muito mais no curso de Investimento na bolsa grátis, feito pelos nossos especialistas. Ele vai te dar a base para começar a tomar suas decisões no mercado!

É isso, nos vemos no próximo post!


Categorias

Caio Sasaki

Especialista em Fluxo e Tape Reading e uma das maiores referências do mundo trader no Brasil.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.