O que você quer aprender?

Ir

Carteira de investimentos: O que é e Como Montar uma diversificada? (2022)

Montar uma carteira de investimentos diversificada pode ser um desafio, principalmente para investidores iniciantes. Neste post, você vai descobrir o que realmente é uma boa carteira e como diversificá-la na prática!

Ações Abr 08, 2022

O que vamos discutir neste post?

O que é carteira de investimento?

Uma carteira de ativos nada mais é do que seu portfólio de ativos
Uma carteira de ativos nada mais é do que seu portfólio de ativos

Uma carteira de investimentos nada mais é do que o seu portfólio de ativos. Ou seja, é o nome dado ao conjunto de ativos em que você investe.

Estes ativos, por sua vez, podem ser:

E muitas outras opções…

Montar uma boa carteira pode ser um grande desafio para muitos traders e investidores.

Afinal, é necessário, antes de tudo, montar uma estratégia eficiente de montagem de portfólio.

Essa estratégia é baseada principalmente nos seus principais objetivos.

Você deseja montar uma carteira para longo prazo, já pensando na sua aposentadoria? Ou talvez prefira apenas preservar seu dinheiro da inflação?

As possibilidades são inúmeras, tudo vai depender de você.

E é por essa razão que decidi escrever este post. Quero que você termine de ler esse texto já sabendo muito mais para onde ir e como dar os próximos passos na sua jornada na Bolsa de Valores!

  • Quer aprender a operar na Bolsa de Valores mas não sabe por onde começar? Acesse já nossos Cursos para Trader Grátis e comece sua jornada como trader sendo guiado pelos maiores especialistas do mercado financeiro!

Importância de montar uma carteira de investimentos

Vale a pena quebrar a cabeça e investir seu tempo na montagem de uma boa carteira…
Vale a pena quebrar a cabeça e investir seu tempo na montagem de uma boa carteira…

A importância de montar uma carteira de investimentos está, principalmente, no fato de que ela pode ser o melhor caminho para conquistar uma boa renda passiva - e, quem sabe, sua independência financeira.

Não é segredo para ninguém que o Brasil é um país extremamente instável.

As nossas recentes crises exemplificam isso de forma inquestionável.

Por esse motivo, você não deve contar única e exclusivamente com seu salário para a sua aposentadoria.

Durante a pandemia, por exemplo, milhões de pessoas perderam seus empregos do dia para a noite. Empresas renomadas fecharam as portas e encerraram de vez suas operações.

A instabilidade e a incerteza são constantes na vida financeira de todos nós.

Por esse motivo, é muito importante que você busque uma outra fonte de renda.

Essa é a renda que cairá na sua conta rotineiramente, sem você precisar trabalhar a mais por ela.

E uma boa carteira de ativos é um dos melhores meios de conquistá-la..

Com isso em mente, saiba que não importa se você é um trader, investidor ou até mesmo um profissional de uma área completamente diferente. Essa estratégia é uma ótima opção para você.

Essa necessidade é perfeitamente explicada pela fábula da Cigarra e da Formiga.

A fábula “A Cigarra e a Formiga” demonstra muito bem a importância de montar uma boa carteira
A fábula “A Cigarra e a Formiga” demonstra muito bem a importância de montar uma boa carteira

Enquanto a Cigarra - representando o investidor irresponsável - passa seus dias apenas se divertindo de forma irresponsável, a Formiga - representando o investidor dedicado - trabalha dia e noite para criar reservas para o inverno.

Não preciso nem falar quem se deu mal no final da história, não é mesmo?

A Cigarra não só ficou sem reservas para o frio intenso, como precisou implorar ajuda à Formiga…

E você, vai querer ter qual dos dois finais?

Como funciona uma carteira de investimentos?

Existem inúmeras maneiras de se montar uma boa carteira de ativos, e isso vai depender muito do seu perfil de investidor, objetivos e prazos.

Mas não se desespere, pois é mais simples do que parece.

Você basicamente tem duas opções de montagem de carteira: por objetivo ou por classes de ativos.

Vamos conferir como cada uma delas funciona na prática.

Carteira de investimentos por objetivo

Foco em crescimento

Se seu foco é crescimento, esse é o gráfico que você quer ver daqui alguns anos
Se seu foco é crescimento, esse é o gráfico que você quer ver daqui alguns anos

Esse tipo de portfólio tem como objetivo a multiplicação do seu patrimônio no longo prazo. E contempla empresas que estão investindo muito para o negócio dar certo. Ou seja, de modo geral, é uma empresa que ainda precisa crescer bastante.

Se você se interessa por uma carteira com foco em crescimento, tenha em mente que você deve saber avaliar muito bem as empresas em que deseja aplicar seu capital, pois elas deverão manter seus bons resultados para compensar as expectativas.

Foco em dividendos

Por outro lado, a carteira com foco em dividendos tem como objetivo proporcionar ao investidor uma renda passiva constante (mensal, trimestral, semestral, ou até mesmo anual).

Essa renda funciona como uma espécie de salário, que irá variar de acordo com a quantidade de cotas que o investidor possui.

Alocação por classe de ativos

Diversificada

A carteira diversificada parte do princípio que a maior diversificação de ativos dilui o risco total da carteira.

Esse risco nada mais é do que a soma dos riscos específicos das empresas (falhas na produção, ineficiência na compra de matéria prima etc.) e do risco sistêmico (crise econômica, câmbio, taxa de juros etc.).

Apesar de estar presente em toda carteira, ele pode ser diluído em uma carteira bem diversificada. Afinal, se você tem em mãos diversos ativos de diversos setores, um sempre pode acabar compensando a queda de outro.

A depender do seu perfil de investidor, você pode diversificar seu portfólio com ativos de renda variável ou fixa.

Sua rentabilidade com renda fixa provavelmente será menor ao longo do tempo, mas, em contrapartida, terá mais segurança.

Concentrada

Uma carteira concentrada traz um maior risco, mas não necessariamente isso se traduz em maior rentabilidade. A ideia da diversificação é, inclusive, conseguir diminuir o risco e manter o potencial de rentabilidade.

Como montar uma carteira de investimentos em 2022?

Afinal, como montar uma boa carteira em pleno 2022?
Afinal, como montar uma boa carteira em pleno 2022?

Acredite, já estive exatamente na situação em que você está. E, por isso, sei muito bem o quão difícil é montar uma carteira de investimentos sozinho, sem alguém para me guiar.

Por esse motivo, criei esse passo a passo didático, com o objetivo de te dar um norte nesse seu desafio.

Vamos conferir!

1. Comece a desenvolver o hábito de poupar

Poupar dinheiro é e sempre será uma das práticas mais básicas - e importantes - de todo investidor.

Afinal, como disse anteriormente,  vivemos em um mundo completamente imprevisível. Vemos todos os dias na internet relatos de pessoas que perderam seus empregos do dia para a noite, tiveram algum imprevisto urgente que os custou muito dinheiro, e por aí em diante…

Se você não tiver uma reserva financeira, estará muito exposto a diversos riscos financeiros - e não terá como se proteger.

Por esse motivo, é essencial que você comece a desenvolver o hábito de poupar dinheiro mensalmente.

É um pequeno sacrifício no presente, visando um futuro muito mais tranquilo.

2. Defina o risco dos seus investimentos antes de montar uma carteira

O quanto você está disposto a arriscar? Sabemos que o mercado financeiro possui ativos para todos os tipos de investidores: desde os mais conservadores até os mais arrojados.

Enquanto você é jovem, e está em uma fase de acumulação de patrimônio, arriscar um pouco mais pode ser uma boa opção.

A tendência é que, conforme você for envelhecendo, você vá migrando seus investimentos para aplicações mais seguras, como as da renda fixa, por exemplo.

3. Defina os seus objetivos na hora de montar uma carteira de investimentos

Não tenha pressa. Defina muito bem todos os seus objetivos antes de começar a investir
Não tenha pressa. Defina muito bem todos os seus objetivos antes de começar a investir

Qual é seu objetivo com esses investimentos?

Se você quiser multiplicar seu capital, estude ações de empresas, e separe parte do seu dinheiro para estes ativos. Small Caps também podem ser interessantes para você.

Entretanto, se deseja proteger seu patrimônio da inflação, pode aportar seu capital em alguns títulos de renda fixa (atrelados ao IPCA).

São inúmeras opções. Mas o primeiro passo é definir seu objetivo principal.

4. Diversifique

Não pense que você irá acertar a “próxima mina de ouro” da Bolsa. Isso muito dificilmente irá acontecer.

Por isso, é importante que você diversifique seus investimentos, para diluir o seu risco em uma carteira bem pensada.

Não tenha medo de investir em setores completamente diferentes. Isso pode ser o que vai salvar sua carteira em um momento de correção do mercado.

5. Estude

Investir em você é o melhor hábito que você pode ter
Investir em você é o melhor hábito que você pode ter

O melhor investimento que você pode fazer é em si mesmo.

Quanto mais você entender sobre o mercado financeiro, a Bolsa de Valores, economia e seus ativos, melhor poderá cuidar de sua carteira.

Afinal, você irá ficar com muitos de seus papéis por muitos anos. Se você não é capaz de os avaliar com propriedade, está apostando na sorte.

Não poupe esforços em seus estudos. Hoje, existe muito material gratuito na internet - e os melhores com certeza estão na Área Aprenda do Portal do Trader!

E se quiser realmente poupar horas e horas de estudo sozinho, entre em contato com um assessor de investimentos. Esse profissional será seu braço direito no mercado, e irá te guiar completamente na montagem da sua carteira de investimentos.

Particularmente, recomendo os profissionais do Portal do Investimento.

6. Faça revisões periódicas para saber se precisa mudar alguma ação

Revisões periódicas são essenciais para o bom funcionamento da sua carteira.

Afinal, investir com foco no longo prazo não é sinônimo de montar a sua carteira e só olhar para ela novamente em 30 anos.

Todas as empresas são obrigadas a publicar relatórios de desempenho e indicadores trimestralmente. Essa é uma ótima oportunidade para você realizar sua revisão, e decidir se os fundamentos das suas ações se mantêm satisfatórios ou não.

O que significa ter uma carteira de investimentos bem diversificada?

Ter uma carteira diversificada é sinônimo de mais “segurança” e “tranquilidade” na hora de investir
Ter uma carteira diversificada é sinônimo de mais “segurança” e “tranquilidade” na hora de investir

Ter uma carteira de investimentos bem diversificada significa “segurança”.

E te explico como isso acontece de uma maneira bem simples.

Imagine que você é acionista de apenas 3 empresas do setor elétrico.

Apesar de ser um setor com boa rentabilidade, também é bastante regulado pelo governo.

Imagine que o Estado decida aumentar a regulamentação desse setor. As empresas deveriam se ajustar a normais mais burocráticas e custosas para poderem operar dentro da lei.

Isso com certeza deixaria muitos investidores com um pé atrás. Inclusive, muitos deles poderiam decidir se desfazer de suas posições nesse setor.

E você, com uma carteira extremamente concentrada, sofrerá - e muito - com a desvalorização de suas ações.

Agora imagine que você decidiu diversificar seu portfólio. Agora, você também investe em bancos, empresas de tecnologia, varejo, e outros setores da economia brasileira.

Concorda comigo que, caso o setor elétrico passe por essa mesma queda, sua carteira não seria tão atingida como foi no exemplo anterior?

Isso acontece pois seu capital está diluído em outros setores - que, por sua vez, podem compensar a desvalorização das empresas elétricas em seu portfólio.

E você pode diversificar sua carteira de diversas maneiras. Cito um exemplo muito comum:

Ativos de renda fixa tendem a compensar o risco dos seus ativos de renda variável. Fundos Imobiliários, por sua vez, podem trazer mais estabilidade à sua carteira, que pode ser composta por alguns papéis com maior risco também.

Vantagens de montar uma carteira diversificada de investimentos

Redução do Risco

Estudos financeiros já comprovam que o aumento no número de ativos em seu portfólio diminui consideravelmente o risco de sua carteira.

Além disso, essa diversificação, ao mesmo tempo em que te protege, não diminui seu potencial de rentabilidade.

A verdade é que só esse argumento já seria suficiente para te convencer a diversificar seus papéis…

Caso tenha interesse em se aprofundar neste tópico, recomendo o seguinte artigo:

Possibilidade de investir em setores diferentes

Além de te proteger, a diversificação te permite investir em diferentes setores da economia.

Apesar de serem os mais populares, os bancos, companhias elétricas e fintechs não são os únicos tipos de empresas da Bolsa de Valores.

Existem diversos setores interessantes para se investir no Brasil, como o de educação, mineração, entre muitos outros.

Montar tipos de estratégias de investimento diferentes

Sempre é bom ter várias estratégias à sua disposição
Sempre é bom ter várias estratégias à sua disposição

Como já falamos anteriormente, você pode montar e testar diversos tipos diferentes de estratégias de investimento.

Ao depender dos seus objetivos, você pode focar em uma estratégia com foco em dividendos, escolhendo companhias que distribuem a seus acionistas grande parte de seus lucros.

Entretanto, se isso não combinar com seu perfil de investidor, você também pode testar uma estratégia com foco em crescimento.

Tudo isso é possível em uma carteira diversificada.

Exemplos de uma carteira de investimentos

Como você já deve ter percebido, existem diversos tipos de carteiras.

Nesse tópico, vamos falar um pouco mais sobre as principais características de 3 tipos de portfólios: os com foco em dividendos, os para iniciantes e os com foco em sua aposentadoria.

Carteira de investimentos com foco em dividendos

Essa é a carteira ideal para quem deseja construir uma renda passiva
Essa é a carteira ideal para quem deseja construir uma renda passiva

Investir com foco em dividendos é, basicamente, montar uma bola de neve.

Os adeptos desse tipo de carteira devem ter um único objetivo: acumular cada vez mais ações de uma empresa pagadora de dividendos.

Afinal, sua renda passiva será diretamente proporcional à quantidade de ações que ele tem em mãos.

Normalmente, essas empresas são Blue Chips, como Itaú, Vale, Banco do Brasil e etc.

Empresas de crescimento - como falamos anteriormente - não costumam distribuir muitos dividendos a seus acionistas, pois esse dinheiro é utilizado para reinvestir em sua própria operação.

Entretanto, empresas consolidadas não necessitam desse reinvestimento. Elas já são capazes de distribuir boa parte de seus lucros aos seus acionistas.

Se você busca uma renda passiva constante, essa pode ser uma ótima opção.

Ao longo do tempo, conforme você for acumulando mais ações, pode até ser que sua renda passiva se torne sua renda principal!

Carteira de investimentos para iniciantes

Se você é um iniciante, não recomendo que comece montando carteiras complexas, com alto grau de risco.

É recomendável que você comece investindo em ações que conhece e entende - e é por esse motivo que um assessor de investimentos pode ser seu braço direito em sua jornada como investidor.

Afinal, como você vai colocar seu dinheiro em uma empresa que não conhece?

Comece devagar. De preferência, diversifique sua carteira com alguns ativos de renda fixa também.

Carteira de investimentos para aposentadoria

É sempre importante pensar desde já na sua aposentadoria
É sempre importante pensar desde já na sua aposentadoria

Se, ao investir, você tem o objetivo de garantir sua aposentadoria, existe um tipo de carteira específica para você.

É muito importante que você invista em empresas confiáveis, podendo até misturar ativos de crescimento com outros bons pagadores de dividendos.

Se fizer isso, recomendo que reinvista o máximo possível dos proventos que vier a receber. Dessa maneira, o efeito bola de neve será muito mais eficiente.

Para esse tipo de carteira, não é necessário tomar muito risco. A ideia é proteger e multiplicar seu patrimônio no longo prazo.

Qual é a melhor divisão de uma carteira de investimentos?

A melhor divisão de uma carteira de investimentos se baseia em diversificar entre diversos setores.

Estatisticamente, esse tipo de estratégia performa muito melhor do que uma diversificação dentro de um mesmo setor.

Por exemplo: você pode ter em sua carteira 2 bancos, 2 empresas do setor elétrico, uma mineradora, 2 empresas de tecnologia, e por aí vai…

Isso vai garantir que você tenha uma proteção mais efetiva, e não diminuirá seu potencial de rentabilidade.

Como acompanhar minha carteira de investimentos?

Preste muita atenção: você não deve deixar sua carteira de lado, e só acompanhá-la de ano em ano.

Se você deseja investir para o longo prazo, ainda assim é muito importante acompanhar constantemente seus investimentos (principalmente sempre que suas empresas liberarem seus relatórios de desempenho).

Se você é um adepto da análise fundamentalista, é importantíssimo que você fique por dentro do histórico de indicadores e fundamentos das suas empresas.

Esses dados podem ser achados nos relatórios da empresa - normalmente localizados na aba de Relações com Investidores de seu site -, principalmente no Balanço Patrimonial e no DRE.

Estudar os demonstrativos das companhias, além de te aproximar do mercado, te dará uma visão muito mais completa do seu portfólio. Te dou um exemplo:

O ROE (Return on Equity) é um dos indicadores mais utilizados pelos investidores na hora de decidir aportar ou não seu capital em uma empresa.

Você, como acionista, deve acompanhar o desempenho desse indicador - e de muitos outros - a cada release de resultados (que costumam ocorrer trimestralmente).

Faça uma planilha no Excel com todos os seus ativos e todos os principais indicadores destes. Mantenha os dados atualizados e, enquanto não saem novos demonstrativos, estude o setor e a organização das empresas!

Isso com certeza irá te diferenciar da maioria do mercado.

O que é carteira administrada?

Uma carteira administrada conta com a gestão profissional de um analista certificado
Uma carteira administrada conta com a gestão profissional de um analista certificado

Uma carteira administrada é, como seu próprio nome diz, um portfólio administrado diretamente por um gestor profissional.

Muitos confundem esse tipo de carteira com um fundo de investimentos. Mas a diferença entre os dois está no fato de que os fundos aceitam vários cotistas, enquanto as carteiras administradas são exclusivas para um único investidor - isto é, são completamente individuais e personalizadas.

Logo de cara é possível enxergar as vantagens desse tipo de investimento: seu portfólio será montado por um profissional certificado, e estará 100% alinhado com seus objetivos.

Entretanto, nem tudo são flores. Será necessário pagar uma taxa de administração para o gestor, que normalmente varia entre 0,5% e 2%.

Vantagens de uma carteira administrada

Se ajusta ao perfil de risco

Por ser uma carteira 100% personalizada, ela irá se ajustar perfeitamente ao seu perfil de risco.

O seu assessor, ao te avaliar, conseguirá entender exatamente o quão avesso ao risco você é, o quanto deseja investir e qual o prazo ideal para os seus investimentos.

E isso é algo muito difícil de se fazer sozinho. Um assessor experiente fará toda a diferença nesse quesito.

Gestão profissional

Apesar de existirem inúmeros investidores “leigos” que se deram muito bem no mercado, concorda comigo que é muito mais provável que um gestor profissional e experiente obtenha sucesso em suas carteiras?

Isso acontece pois esses profissionais passam suas vidas estudando o mercado, os diversos setores da economia, montagem de portfólio, valuation de empresas, e muito mais.

Isso permite que seu dinheiro fique muito mais protegido - nas mãos de quem sabe o que está fazendo.

Maior praticidade

Chega de dúvidas ou de horas perdidas lidando com burocracias e empecilhos na hora de investir.

Com uma carteira administrada, o gestor será responsável por te guiar no universo do mercado de ações. Tudo fica muito mais prático e rápido.

Balanceamento automático

Com uma gestão profissional, você não precisa se preocupar com o balanceamento de sua carteira - o que pode acabar te preocupando, se você for um iniciante.

O responsável pela sua carteira ficará 100% responsável por esse processo - e te manterá atualizado.

Revisar e balancear: entenda como funciona

Revisar e rebalancear sua carteira é um processo importantíssimo para aumentar sua rentabilidade
Revisar e rebalancear sua carteira é um processo importantíssimo para aumentar sua rentabilidade

O processo de balanceamento, na verdade, é mais simples do que parece. A realidade é que ele é apenas um pouco trabalhoso, a depender da sua carteira.

Podemos dividir esse processo em alguns passos:

  • Primeiramente, decida qual o método de escolha das suas ações. Será por dividend yield? Ou por potencial de crescimento? Decida como sua carteira será montada antes de tudo
  • Com isso feito, defina o prazo de revisão de seus papéis. Se você utiliza a análise fundamentalista, o prazo trimestral é interessante, pois você sempre terá em mãos os novos demonstrativos e balanços das empresas.
  • Na hora em que for revisar suas ações, você deve também fazer o rebalanceamento do seu portfólio.

Mais simples do que parece, não é mesmo?

Principais dúvidas sobre carteira de investimentos

Restou alguma dúvida? Hora de solucionar as principais questões envolvendo carteira de investimentos!

Quanto rende uma carteira de investimentos?

Isso vai depender muito das ações que compõem sua carteira.

Se alguém disser que consegue um retorno garantido ao mês, saiba que está diante de um golpista. É absolutamente impossível garantir qualquer retorno no mercado financeiro - por menor que seja.

Isso acontece pois a renda variável…varia.

O que você deve fazer é buscar, a cada mês, um retorno bem maior que a inflação + Selic. Se conseguir isso, seu investimento já estará valendo a pena.

Não se compare com super investidores, com retornos anuais altíssimos - pois eles são pontos fora da curva.

O que é carteira de investimentos recomendada?

Carteiras recomendadas nada mais são do que carteiras montadas e estudadas por analistas de investimentos certificados, através de uma casa de research.

Essa casa oferecerá aos seus assinantes diversas carteiras recomendadas - para diversos objetivos diferentes.

O principal objetivo disso é ajudar o investidor iniciante e avançado a obterem retornos maiores no mercado de renda variável, com auxílio de dezenas de especialistas em ativos financeiros.

Hoje, sem sombra de dúvidas, recomendo que você assine a Carteira do Investidor (CDI). É a casa de research mais confiável e eficiente que conheço, com analistas renomados realizando um trabalho seríssimo no mercado financeiro.

Eles têm diversas carteiras diferentes à sua disposição, divididas em objetivos e níveis de complexidade. Ou seja, a solução ideal para você que deseja investir da maneira correta desde o começo de sua jornada.

Qual a melhor carteira de investimentos para 2022?

Se você acompanhou esse post até aqui, já deve ter entendido que não existe “a melhor carteira para 2022”. Isso acontece pois esses investimentos exigem muito tempo.

Além do mais, não sei quais são seus objetivos. Como eu poderia ser capaz de te dizer em que ativos investir?

Por esses e outros motivos eu recomendo que você vá atrás de uma research confiável, como a CDI. Eles vão te ajudar a responder a essa pergunta da melhor maneira possível.

Carteira administrada ou carteira por conta própria: qual melhor opção?

Depende do estágio de investidor em que você está.

Se você está começando agora, a carteira administrada pode incorrer em grandes custos. Nesse caso, acho melhor você fazer uma carteira por conta própria, se possível com ajuda de uma casa de research.

Entretanto, se você já tem um capital maior, a ajuda de um gestor profissional com certeza será muito bem vinda.

Divisão da carteira de investimentos: como fazer?

Eu diria para você sempre dividir sua carteira em tamanhos iguais. Te dou um exemplo de como isso funciona:

Se você tiver 10 ações, 10% do seu capital em cada.

Se tiver 20 ações, 5% em cada.

E por aí em diante.

Conclusão

Montar uma carteira de investimentos, na verdade, não é uma tarefa tão difícil quanto parece. Com os conhecimentos certos, se torna apenas algo trabalhoso, mas nada muito complexo.

Se você sabe seu perfil de risco, seus objetivos e quais estratégias irá adotar, já tem um grande caminho andado.

Mas, para isso, é necessário estudar em um lugar confiável.

E esse lugar é o Curso Gratuito de Ações do Portal do Trader!

Nele, você aprenderá toda a base do mercado de ações, e como investir nesse ativo tão querido pelos investidores - e sem pagar nenhum centavo por todo esse conhecimento!

Acesse já, não deixe seu futuro no mercado esperando…

Espero que esse Guia tenha sido útil para você. Nos vemos no próximo post!

Imagem do autor - Eduardo Becker

quero aprender agora

Categorias

Marcos Moore

Marcos Moore é trader desde 2004, empresário e foi sócio-diretor da XP. É também autor de livros sobre o mercado.

Espero que você aprenda com esse artigo.

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.