O que você quer aprender?

Ir

O que é Swing Trade, Como Funciona e 3 Dicas para Operar

Swing Trade: entenda em detalhes as características, como operar, vantagens, o mínimo para começar nesta modalidade de negociação na Bolsa de Valores

Análise Técnica Mar 22, 2021

O Swing Trade é um tipo de operação que fica entre o Day Trade e o Position Trade, onde os investidores tentam lucrar com as oscilações de curto prazo das ações listadas na bolsa de valores.

Neste artigo, vou explicar com detalhes as características, como operar, vantagens, o mínimo para começar e dar dicas preciosas nesta modalidade de operação.

E, claro, tentar ajudar a responder a pergunta “Swing Trade é para mim?”

Na área APRENDA do Portal do Trader, há um curso gratuito sobre Swing Trade. Aproveite para aprender mais!

Leia também:
+ 5 setups de Análise Técnica para Swing Trade

O que é Swing Trade e como operar?

O Swing Trade reúne menos risco e maior potencial de ganhos
O Swing Trade reúne menos risco e maior potencial de ganhos

O Swing trade é um tipo de operação de curto prazo, que tem como objetivo aproveitar os pequenos movimentos, também chamados, em inglês, de swings.

Ele é mais lento que o Day Trade (que usa gráficos intradiários ou leitura de fluxo) e mais rápido que o Position Trade (que usa gráficos semanais).

Pode ser feito em ações, contratos futuros, opções e até em cotas de fundos de investimentos imobiliários (FIIs).

A única condição é que os ativos tenham liquidez suficiente, ou seja, com muitas negociações diárias.

Para saber mais, sugiro assistir ao vídeo sobre os principais erros e dúvidas de Swing Traders.

Um swing trade dura, em média, de dois a sete dias.

Pode durar muito mais, mas não são raras as operações com duração de dois ou três dias, quando os objetivos traçados são alcançados rapidamente.

Normalmente, os swing traders utilizam gráficos diários ou de 60 minutos.

Alguns optam por fazer uma primeira análise olhando o diário e depois refinam a entrada em um timeframe mais rápido, como 60 ou mesmo 30 minutos.

O swing trade é muito procurado por ser uma forma de operar com menos risco e maior potencial de retornos.

É possível conjugar atividades profissionais diversas com a de swing trader, desde que, claro, se saiba o que está fazendo.

O swing trader se vale da Análise Técnica, onde o comportamento dos preços pode ser avaliado por padrões gráficos e estudo de candles.

O conhecimento desse repertório de padrões, de estratégias seguidoras de tendência, etc são a fonte de estudo desta forma de trade, embora há quem lance mão de indicadores fundamentalistas para tomar suas decisões.

Uma ótima indicação é o curso gratuito de Análise Técnica, disponível na área APRENDA do Portal do Trader.

Diferenças entre Day Trade, Swing trade e Position Trade

Esta é uma dúvida bem comum entre os traders que estão começando.

Fiz o resumo abaixo sobre as diferenças entre as três modalidades de trade:

Day Trade

  • Usa gráficos intraday
  • Alavancagem alta
  • Maior alíquota de imposto de renda
  • Acompanhamento do mercado o tempo todo
  • Apura lucro / prejuízo diariamente

Swing Trade

  • Gráficos diários ou 60 minutos
  • Maior retorno financeiro por trade
  • Menor necessidade de acompanhamento
  • Movimentos mais direcionais
  • Menor necessidade de preparo mental

Position Trade

  • Gráficos semanais
  • Movimentos muito mais longos
  • Baixo nível de estresse
  • Mais fácil para iniciantes
  • Menor gasto com corretagem e taxas

Quais as Vantagens e Riscos de operar o Swing Trade?

O Swing Trade funciona bem em diversos cenários
O Swing Trade funciona bem em diversos cenários

Legenda: O Swing Trade funciona bem em diversos cenários

Cada uma das modalidades tem vantagens e cuidados especiais. Como vantagens, posso destacar:

  • Funciona bem em mercados laterais
  • Entradas e saídas antecipadas em relação ao position trade
  • Stops mais curtos que no position, portanto, maior alocação de capital por trade
  • Menor desgaste emocional que no Day Trade
  • Menor necessidade de acompanhar o mercado o tempo todo

Por outro lado, não há a alavancagem do Day Trade.

Para quem gosta de fortes emoções, o Swing Trade poderá parecer sem emoção.

Às vezes um ativo fica lateral, sem desenvolver o movimento, apenas testando a paciência dos traders.

Alguns cuidados operacionais devem estar no radar dos traders.

Apesar de não requerer a atenção em tempo real do Day Trade, não adianta colocar ordens na pedra e não acompanhar se elas foram executadas ou se o stop foi acionado.

Inclusive, recomenda-se o uso de stops automáticos em boa parte do tempo para não cair na tentação de relaxar com o stop e virar torcedor à espera de que o mercado volte para a direção que esperava.

Um outro erro bem comum entre swing traders é achar que se deve tentar analisar todos os ativos da bolsa.

Muito melhor concentrar sua atenção em um grupo de ativos, de diferentes setores.

Ser seletivo pode gerar ansiedade e a sensação de estar deixando passar alguma oportunidade imperdível, então é mais um ponto de atenção.

Lembre que muitas vezes ficar de fora é a melhor posição. Não precisa estar comprado ou vendido o tempo todo.

O swing trader precisa ser criterioso na escolha dos trades e não ficar apertando o olho para tentar achar um setup aprendido.

Como operar Swing Trade na prática? Confira 3 dicas de especialistas

Estas dicas foram fundamentais para meu sucesso como Swing Trader
Estas dicas foram fundamentais para meu sucesso como Swing Trader

Já vimos que um Swing Trade demora poucos dias.

A ideia é aproveitar mudanças de patamar dos preços ou aproveitar correções dentro da tendência para entrar a preços melhores e surfar o movimento.

O swing trader não almeja o longo movimento de muitos meses, mas sim pequenos ganhos em várias operações.

Um ganho de 3% a 5% é o sonho de consumo. No meu artigo “5 setups de Análise Técnica para Swing Trade” descrevo como tirar melhor proveito de algumas movimentações típicas de preço.  

Selecionei abaixo três dicas de grandes traders que me ajudaram muito com suas experiências.

1. Foque nos gráficos e esqueça as notícias

Já devo ter lido essa dica dezenas de vezes, em muitos livros e cursos que fiz na minha carreira de trader.

E talvez, até hoje, seja a dica mais preciosa para um trader.

A primeira vez que ouvi isso foi de um trader muito experiente, o Marcio Noronha, autor de diversos livros e tradutor de tantos outros clássicos da Análise Técnica.

O livro Análise Técnica: Teorias, Ferramentas e Estratégias é leitura obrigatória!

Ele, na época, operava de uma corretora, com vários traders próximos, e dizia que se operasse de uma ilha deserta, sem qualquer acesso a informações, seria um trader melhor ainda.

O que Noronha queria dizer é que tudo o que é relevante sai na mídia rapidamente e é incorporado aos gráficos.

Este inclusive, é um dos preceitos da Teoria de Dow, de onde surgiu a Análise Técnica: “os preços descontam tudo, exceto atos divinos”.

Qual a chance de sair algum dado ou decisão que surpreenda os muito bem informados analistas de determinada empresa?

E quando acontece o inesperado, o especialista na empresa e o mercado rapidamente irão ajustar suas novas premissas.

O que for surpresa para o mercado será refletido dentro de um gráfico, seja na forma de um gap, volume negociado acima da média e rompimento de patamares.

2. Três pontos para todos os trades da vida

O trader norte-americano Oliver Velez costuma dizer que apenas precisamos pensar em três pontos para qualquer operação que fizermos, seja no Day Trade, Swing Trade e Position Trade.

São eles: ponto de entrada, ponto do stop loss e ponto do stop gain.

Em outras palavras, onde o trader vai comprar ou vender; onde que sai da operação com prejuízo, limitando sua perda; onde fica o objetivo do trade, com o ganho almejado.

Além disso, apenas poderemos interferir no tamanho da posição. Se vamos comprar mil ações, 20 contratos de mini índice ou 10 mil opções.

Este cálculo sobre o tamanho da posição faz parte do gerenciamento de risco. Todo o resto é apenas com o mercado.

Se vai subir, cair ou andar de lado não adianta querermos adivinhar. O mercado é soberano.

Recomendo fortemente seus livros e Tools and Tactics for the Master Day Trader é de leitura mandatória.

3. A tendência é sua amiga

Mais uma expressão repetida centenas de vezes pelos grandes traders do mundo: “the trend is your friend''.

Gosto muito do trabalho do Michael Covel, autor de diversos livros sobre trend following.

Sempre será mais fácil usar a força dos grandes participantes do mercado a seu favor.

São eles que definem tendências, com a intensidade que assumem suas posições.

Basicamente, se a tendência é de alta o trader deve pensar em compras. Se temos uma tendência de baixa, o caminho seria operar na venda a descoberto.

Pode não ser muito comum para a maioria, mas é possível ter lucro com a queda dos preços dos ativos.

Para tal, é necessário alugar ações e ter saldo em dinheiro para cobrir as margens exigidas pela B3.

Essa operação, conhecida como “venda descoberta” é assunto para nosso próximo artigo aqui no blog.

Uma tendência no Swing Trade pode durar muitos dias ou mesmo semanas.

O desafio é surfar a maior parte possível do movimento, ajustando seus stops, até que a tendência vire e o trader saia da operação.

Fica o convite para acessar o artigo de minha autoria O segredo dos grandes traders

Como identificar as melhores ações para Swing Trade

A busca pelos melhores ativos ajuda nos resultados
A busca pelos melhores ativos ajuda nos resultados

Antes de tudo, as ações precisam ter liquidez (capacidade de um ativo em ser convertido em dinheiro), especialmente em operações curtas, como o Swing Trade e o Day Trade.

O trader precisa conseguir entrar e sair da operação com facilidade.

Além disso, a Análise Técnica não funciona bem em ações pouco negociadas.

Gosto de ativos direcionais, que sobem e caem sem muitos soluços. Isso quer dizer, sobe reto e cai reto.

Ativos com movimentos erráticos são péssimos para o swing trade.

Comece com as ações que compõem o Ibovespa, são em torno de 70 ações.

Possuem liquidez e abarcam os setores mais relevantes da bolsa. A partir daí, precisa bater o olho e perceber se são direcionais.

Gosto também de ativos que se desenvolvam com rapidez, quero poder encerrar o meu swing trade o quanto antes.

Ou, ao menos, parte dele, apurando lucro e ajustando o stop da posição restante.

Desenvolva estratégias em cima das ações que selecionou. Se souber fazer backtestes nas plataformas existentes para validar o método, ótimo.

Se não souber, faça as anotações à mão mesmo.

É preciso ter confiança no seu método. E não existe outra forma senão testar suas convicções em diferentes cenários naqueles ativos.

Qual é o perfil para operar?

O Swing Trade é indicado para quase todas as pessoas
O Swing Trade é indicado para quase todas as pessoas

Bons traders podem ser formados. Não é preciso ter nascido com esta habilidade.

Mas alguns aspectos precisam ser considerados, como o nível de disciplina e perfil de investidor.

Um trader disciplinado e com conhecimento básico tem muito mais chances de sucesso do que um trader conhecedor de muitas técnicas, mas sem compromisso com os resultados e flexível na aplicação das regras e manejo dos stops.

Este é um jogo para pessoas compromissadas, sistemáticas, minuciosas e confiantes.

Não espere o trade perfeito, nem taxas de acerto de 80%. Não é o que faz diferença no final das contas.

O que importa é planejar o trade e executar o plano. Fazer o correto de forma repetida por muito tempo gerará resultados fantásticos.

Agora, nem todos têm apetite pelo risco. Para alguns, mais vale a segurança da renda fixa com retornos menores do que as possibilidades de ganhos da renda variável.

Transportando para o trading, nem todos possuem perfil de trader ou de Swing trader.  

Nenhum problema até aqui. O grande risco é tentar ser algo que seu emocional não está preparado para suportar.

Tomar mais risco do que se sentir confortável é uma péssima forma de tentar potencializar seus rendimentos.

Se não tiver o perfil, ficará inseguro para entrar nas operações, não usará stops.

É muito melhor optar pelos investimentos de prazos mais longos. Nada como dormir tranquilo.

Qualquer investimento que fizer em relação ao seu aspecto psicológico é bem-vindo.

Ter um emocional blindado te fará respeitar suas estratégias e tamanho da posição.

Porque de nada adianta conhecer setups, mas errar no tamanho da mão.

Diversos traders descobriram na meditação, yoga, terapia e coaching uma forma de melhorar muito seus resultados.

O mercado não é o inimigo. Normalmente, o inimigo mora dentro da nossa cabeça.

E como funciona a rotina de um Swing Trader?

Ter processos claros é essencial para um trader
Ter processos claros é essencial para um trader

O Swing Trader deve conseguir separar uma parte do dia para fazer suas operações.

Mas se sua agenda é totalmente tomada pela sua atividade principal, a sugestão é tentar o Position Trade ou o buy and hold.

Eu analiso o mercado de manhã, antes da abertura. É nesse horário que me sinto mais descansado e focado.

Começo pelo Ibovespa e depois pelas blue chips, que são as ações mais negociadas.

Em seguida, checo todas as ações que eu acompanho diariamente na minha plataforma gráfica.

A partir desta primeira análise anoto as ações que estão dentro das minhas estratégias.

Em 99% das vezes irei operar apenas uma destas ações selecionadas.

Em alguns dias, a seleção acaba filtrando duas ou três ações. Em outros dias, este número passa para umas cinco ou seis ações.

Normalmente, espero a primeira hora de pregão para resolver entrar ou não na operação.

E espero que o setup efetivamente aconteça. Se não, prefiro ficar apenas observando.

Com treinamento, olhar o mercado duas ou três vezes ao dia e usar os stops automáticos já será o suficiente.

Lembre que olhar o mercado com ele fechado dará uma isenção essencial.

Luzes piscando, ativos subindo e caindo apenas atrapalham sua capacidade analítica.

Curso Swing Trade: como aprender mais?

É mais do que sabido que só se aprende algo fazendo.

Entretanto, a prática sem um embasamento teórico é tão insustentável quanto querer andar de bicicleta apenas lendo livros de Física.

O conhecimento é um dos principais pilares para a construção de uma carreira sólida em qualquer área e, no mercado financeiro, não é diferente.

Não são raros os casos de pessoas que abriram posições em opções e viram seu dinheiro e seu lucro simplesmente desaparecer da noite para o dia, por desconhecer uma das principais características desse derivativo: tem uma data para vencer.  

Pensando nisso, a equipe de professores do Portal do Trader preparou um curso totalmente gratuito sobre Swing Trade, onde você aprenderá mais sobre o que foi falado neste artigo.

Ao terminá-lo, você estará apto a fazer seus primeiros swing trades e sentir o gostinho de tirar dinheiro do mercado. Aproveite!

Dúvidas frequentes:

Esta modalidade operacional tem características próprias
Esta modalidade operacional tem características próprias

Algumas perguntas sobre Swing Trade são bastante frequentes. Escolhi três entre as que eu mais recebo para ajudar quem está iniciando:

O que é básico no Swing Trade?

O trader precisa ter uma plataforma gráfica com cotações em tempo real e que roteie ordens de compra e venda.

Hoje em dia, diversas corretoras disponibilizam plataformas de negociação com gráficos para apoiar a tomada de decisão.

Sim, é possível operar pelo celular, mas acho que a análise fica comprometida.

O seu computador pode ser simples, os programas gráficos são leves. Dois monitores, ao invés de um, podem ajudar com as análises.

Qual o valor mínimo para swing trade?

O capital necessário para começar é outro ponto importante. Hoje em dia, os custos com corretagem são muito baixos, o que gera inclusão de novos participantes com menos capital.

Tente imaginar uma operação de R$5 mil que teve 3% de lucro, portanto R$150.

Supondo gastos de corretagem e demais taxas em torno de R$15, sobrarão R$135 de lucro líquido.

Claro que quanto mais capital tiver para começar, maiores retornos potenciais, mas, por outro lado, começar pequeno até adquirir confiança se torna mais prudente.

O que é ser Stopado em bolsa de valores?

Todo trader precisa aprender a usar os stops. Stop é o mecanismo de proteção contra perdas ou de proteção de lucros.

Não existe trader de sucesso que não tenha disciplina rígida no uso de stops, além de planejamento e execução de trades.

Portanto, ser stopado na bolsa de valores significa ter a operação interrompida por uma ordem stop que o trader colocou na plataforma de negociação, estabelecendo um limite de prejuízo ou protegendo os ganhos.

Conclusão

Estude muito, pratique muito. E aproveite os resultados!
Estude muito, pratique muito. E aproveite os resultados! 

Não existem atalhos para quem quer se tornar bom em algo.

Funciona assim em qualquer campo profissional. São muitos anos de estudo e prática até se tornar um trader de verdade.

O swing trade te possibilitará pequenos ganhos, que de forma repetida, vão te ajudar a construir um grande patrimônio.

Não tenha pressa. Foque em fazer o correto, o resultado chegará com o tempo.

Até a próxima!


Categorias

Marcos Moore

Marcos Moore é trader desde 2004, empresário e foi sócio-diretor da XP. É também autor de livros sobre o mercado.

Marcos Moore

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.