Olá, Visitante!

Seja bem-vindo(a) ao Portal do Trader

Esqueceu sua senha? Clique aqui!

Ou então, entre com suas redes sociais

  Entrar com Facebook

  Entrar com Google

Ainda não possui uma conta?

Olá, Visitante!

Seja bem-vindo(a) ao Portal do Trader

Cadastre-se agora e tenha acesso a todo o nosso conteúdo gratuitamente!

Ao se cadastrar, você concorda com os nossos termos de uso e em receber nossos emails.


Se preferir, cadastre-se com Facebook ou Google

Já possui uma conta?

O Que é uma Ação

O Que é uma Ação?

Como você viu na aula anterior, uma ação é um título de propriedade que dá a seu titular uma série de direitos.

Imagine que você e mais três amigos abrem uma loja em um shopping da cidade. Após a formalização da empresa, vocês decidem fazer um aporte de capital em proporções iguais. Afinal, para funcionar, a empresa precisará de dinheiro. Com ele comprarão estoques, pagarão funcionários, aluguel, condomínio e outras despesas até que a empresa comece a faturar com sua atividade.

Se o aporte de capital foi igualmente dividido entre os sócios, cada um deles será, neste nosso exemplo, proprietário de 25% da empresa.

Digamos que, no contrato social, o aporte tenha sido de R$ 100.000,00 e que cada um dos sócios tenha entrado com R$ 25.000,00.

Se pudéssemos dividir esse valor em cotas unitárias de R$ 1,00 cada uma, então cada sócio teria direito, neste nosso exemplo, a 25.000 cotas de participação na empresa ou ações.

Apesar de todas as empresas ou sociedades anônimas terem o seu capital dividido em ações, somente ações de empresas registradas na CVM podem ser negociadas no mercado de valores mobiliários. Essas empresas necessariamente devem ser companhias de capital aberto.

Então, uma ação é a menor parte do capital social de uma empresa. Ela é um título de propriedade, ou seja, dá a seus titulares todos os direitos e deveres de um sócio. Lembrando que tanto direitos quanto deveres estão limitados à quantidade de ações que o titular possui.

A ação é classificada legalmente como valor mobiliário, conforme definido no inciso I, do artigo 2º, da Lei 6385/76 que criou a CVM e disciplinou o mercado de capitais.

Um valor mobiliário é definido como um título de propriedade ou de crédito, público ou privado, com características e direitos padronizados. Dessa forma, ações são títulos de propriedade de uma empresa privada que apresenta características padronizadas e que dão direitos iguais a seus titulares.

Sendo proprietário de ações de uma empresa, você poderá – dependendo do tipo de ação que possui – votar em assembleias, ter prioridade de recebimento de dividendos e outros eventos corporativos, como bonificações, assuntos que serão tratados nas próximas aulas.

Os especialistas do Portal do Trader desenvolveram um plano completo para você evoluir seu operacional, seja começando do zero ou aprimorando suas técnicas preferidas. Aprenda hoje mesmo com aulas que já estão liberadas: Comece o Plano TNT.

Teste seu aprendizado

Para que as ações de uma empresa possam ser negociadas em Bolsa, esta empresa deve:

Ganhe acesso completo grátis

Junte-se a mais de 300 mil traders e investidores e veja você mesmo por que o Portal do Trader é o site mais confiável de conteúdo sobre Trading e Bolsa de Valores.

Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.

  AULAS