O que você quer aprender?

Ir

O Que é Trader, Quanto Ganha e Como Começar do Zero

Entenda o que é preciso e como se tornar um trader. Onde pode atuar? Quanto ganha? Qual o melhor caminho para ter sucesso? Veja tudo isso e mais algumas dicas exclusivas.

Trader Iniciante Abr 08, 2021

Um trader é alguém que atua no mercado financeiro, tentando obter ganhos nas movimentações de curto prazo dos ativos negociados na bolsa de valores.

E tem mais: pode trabalhar de qualquer lugar do mundo, não precisa de chefe e ainda pode ser muito bem remunerado.

Sim, com apenas um computador e uma boa conexão de internet é possível operar como um trader de sucesso.

Parece incrível, né? E realmente é.

Com as bolsas de valores se tornando digitais e as conexões de internet cada vez mais rápidas, o trading se tornou acessível a qualquer pessoa.

Mas não ache que é moleza se tornar um trader com resultados consistentes. Demora, exige estudo, disciplina e paciência.

Além destas exigências, alguns traders se tornam melhores do que outros devido a uma incrível capacidade de evoluir constantemente, aprendendo com erros e acertos.

Para estes, o céu é o limite.

Curtiu a ideia? Então me acompanhe nesta jornada fascinante pelo mundo dos traders!

E não deixe de acessar nosso curso de Análise Técnica, que irá ajudá-lo neste início.

Leia também:

Afinal, o que é trader?

Trader: atuação por conta própria ou em instituições financeiras
Trader: atuação por conta própria ou em instituições financeiras‌‌

Trader é quem compra e vende ativos financeiros em um curto espaço de tempo.

A diferença para o investidor é, basicamente, o prazo. Trader atua no curto prazo.

Já o investidor atua no longo prazo. É o chamado “buy and hold” (comprar e manter, em inglês).

O “buy and holder” monta uma carteira de ações e almeja ganhar com a valorização do preço dos ativos e com os proventos e dividendos.

Dificilmente, um holder irá se desfazer de suas posições nos próximos anos.

O trader é um especulador, mas esta palavra ganhou uma conotação tão pejorativa que se evita usar.

Sim, especular parece algo ilegal, mas não tem nada de errado nisso.

Lembro que minha mãe, quando expliquei que o sinônimo para trader era especulador, me alertou para ter cuidado em não ser preso.

Esta história seria cômica se não fosse trágica. Existe muita desinformação sobre a atividade de um trader.

O que é uma pena, o trader é uma figura importantíssima para o mercado de ações.

Sem ele, o mercado teria menor liquidez, o que seria bem ruim para todas as empresas listadas em bolsa.

Falo tanto do trader profissional como o que investe apenas o seu próprio dinheiro.

Sendo assim, o trader pode ser um autônomo ou atuar em uma instituição financeira, como um banco, gestora, corretora, assessoria de investimentos, entre outras possibilidades.

O que faz um trader e como é sua rotina?

Um trader de sucesso tem hábitos regulares
Um trader de sucesso tem hábitos regulares

Um trader tenta obter ganhos atuando no mercado de ações de forma mais ativa, se aproveitando dos movimentos mais curtos.

Um trader bem-sucedido pode construir fortuna, mas demora até se desenvolver a este ponto.

Precisa não só de capacitação técnica, mas de outras habilidades, como gerenciamento de risco e blindagem emocional.

A rotina de um trader se baseia em analisar os ativos que ele acompanha, buscando pontos de entrada e saída que possam gerar ganhos.

Portanto, planejamento é essencial para ter sucesso.

O plano de trade envolve definir ponto de entrada; de saída, caso o trade dê errado; os objetivos que almejamos; e o tamanho da posição.

E, claro, precisa executar o que foi planejado. De nada adianta, fazer a análise correta, detalhada, mas não a colocar em prática.

E é nisso que muitos traders pecam. Ser disciplinado, na minha opinião, é o principal atributo de um trader.

E isso nos leva a outro ponto importante: descobrir o seu perfil de trader.

Aliás, em primeiro lugar, descobrir se tem perfil para ser trader. Não é demérito algum optar por ser um investidor.

Se achar que possui perfil de trader, precisa perceber onde tem mais sucesso.

O Day Trade é o que tem maior apelo junto aos iniciantes, mas é o mais difícil, sem dúvida. Tente começar pelo mais fácil, como o Swing Trade ou o Position Trade.

É comum um iniciante optar pelo Day Trade, mas em seguida perceber que é muito melhor em prazos operacionais maiores.

Minha sugestão é separar em duas ou três caixinhas. Uma de Day Trade, outra de Swing e mais uma de Position Trade.

Depois de um ano basta medir onde performou melhor. E não precisa optar apenas por uma das caixinhas, afinal elas têm objetivos diferentes.

Apesar do trading ser um ambiente onde quase tudo é permitido, o trader que deseja ter resultados consistentes precisa estabelecer rotinas.

É na abundância de liberdade que boa parte dos traders autônomos se enterra.

Aquela ideia de acordar na hora que quiser, abrir uma plataforma, sair comprando e vendendo e no fim do dia apurar lucro, não existe.

Um dia organizado, com momentos definidos para analisar, operar, registrar as operações em uma planilha e estudar é fundamental para se ter sucesso.

No vídeo abaixo o Caio Sasaki fala um pouco sobre os mitos da profissão trader.

Agora vamos ver um pouco sobre quais são os principais tipos de trader.

Quais são os tipos de trader?

Um trader tem vários caminhos a seguir
Um trader tem vários caminhos a seguir

Trader institucional

Este profissional costuma ser muito bem remunerado. Em geral, trabalham nas instituições financeiras, como bancos, corretoras, gestoras, fundos de pensão e seguradoras.

Podem trabalhar na tesouraria, movimentando valores estratosféricos da própria instituição onde trabalha, como um banco.

O intuito pode ser de proteção ou rentabilização do capital da instituição.

Brokers (Traders que executam ordens)

Os brokers trabalham nas mesas de operação de corretoras ou de agentes autônomos de investimentos.

A rotina deles é executar ordens dos clientes na bolsa de valores.

Precisa ter a certificação da Ancord, se for trabalhar em um agente autônomo credenciado a alguma corretora. Se for da própria corretora não precisa da Ancord.

Normalmente há a divisão entre assessores e brokers. Assessores cuidam de alocação de carteiras, que envolve investimentos em fundos, renda fixa, entre outras possibilidades.

O broker cuida apenas da parte de renda variável dos clientes.

Sales trader

Este profissional oferece estratégias aos seus clientes e também faz a execução das ordens.

Em outras palavras, mantém relacionamento com os clientes, mas também cuidam da parte operacional.

Trader autônomo

O autônomo é aquele que tenta obter resultados financeiros com a movimentação do próprio dinheiro.

Não precisa de nenhuma certificação ou licença. Não tem clientes, fornecedores, chefe, horários, metas a cumprir.

Principais estratégias utilizadas no mercado trader

Não existe estratégia melhor ou pior, o que existe é a mais indicada
Não existe estratégia melhor ou pior, o que existe é a mais indicada

Day trade

O Day Trader usa gráficos intraday, como o de 1, 2, 5 ou 15 minutos.

Ele deseja apurar lucro diariamente e não quer ficar exposto ao que acontece entre o mercado fechar e abrir no dia seguinte, como notícias, fusões e divulgação de balanços.

Normalmente, operam um ou dois ativos em um dia, já que a necessidade de acompanhamento é muito maior.

Pessoalmente, acho complicado tentar analisar vários ativos para o Day Trade, a não ser que tenha uma estratégia específica.

Neste caso, o trabalho é "escanear" o mercado em busca do ativo que se encaixe naquele setup.

Mesmo assim, o grupo de ativos para acompanhar deve ser pequeno.

Uma das vantagens de quem busca o Day Trade é a alta alavancagem.

É possível movimentar grandes volumes de capital, mesmo não tendo todo o financeiro na conta.

Mas cuidado, isso é a famosa “faca de dois gumes”. A alavancagem pode quebrar um trader.

Por ser muito rápido, o Day Trade precisa de acompanhamento do mercado o tempo todo.

Isso acaba gerando muitas operações e muitos stops, que podem minar a confiança dos traders.

Para entender melhor o Day Trade, recomendo muito fazer o Curso Gratuito de Day Trade do Portal do Trader.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nosso Curso de Day Trade!

Começar grátis

Swing Trade

O Swing trade é um tipo de operação de curto prazo, que tem como objetivo aproveitar os pequenos movimentos, também chamados, em inglês, de swings.

Um swing trade dura, em média, de dois a sete dias.

Pode durar muito mais, mas não são raras as operações com duração de dois ou três dias, quando os objetivos traçados são alcançados rapidamente.

Normalmente, os swing traders utilizam gráficos diários ou de 60 minutos.

O Swing é mais lento que o Day Trade (que usa gráficos intradiários ou leitura de fluxo) e mais rápido que o Position Trade (que usa gráficos semanais).

Position Trade

O Position Trade é um tipo de operação mais longa que o Day Trade e o Swing Trade.

O position dura entre duas semanas e vários meses. A intenção é obter maiores lucros, aproveitando movimentos em longas tendências do mercado.

O tempo operacional mais usado é o gráfico semanal, portanto é ótimo para quem não consegue ou não quer acompanhar o mercado o tempo todo.

Além de não precisar ficar olhando o mercado o tempo todo, no position trade o desgaste emocional e o gasto com corretagem e demais taxas é menor.

Scalper Trader

O Scalper é um Day Trader ainda mais ativo, que realiza dezenas ou mesmo centenas de operações no mesmo dia.

Normalmente, um scalper usa gráficos bem curtos como o de um minuto, ou o Book de ofertas, entre outros recursos que não sejam gráficos.

Sim, alguns traders nem abrem um gráfico e conseguem operar desta forma, apenas olhando quem está comprando e vendendo aquele ativo naquele momento.

Esta forma de analisar o mercado chama Tape Reading ou Leitura de fluxo, uma técnica bastante antiga.

No book de ofertas, pode-se perceber os players de mercado que estão agindo e quem está ganhando a briga, se são os comprados ou os vendidos.

Não há um tempo operacional melhor ou pior, o que existe é adequação ao seu perfil, experiência, capital disponível e objetivos com o trading.

3 erros de traders iniciantes que você deve evitar

Trader Iniciante: Evite a todo custo cometer estes erros
Trader Iniciante: Evite a todo custo cometer estes erros‌‌

1. Não stopar uma posição, virando torcedor do ativo

Uma das vantagens do trader é poder controlar suas perdas com o stop.

Não que o investidor de longo prazo também não possa fazer uso deste recurso, mas para o trader isso precisa estar incorporado ao seu mindset.

Se o trader não sair da posição perdedora, porque acredita que vai voltar a, no mínimo, no preço de entrada, ele se torna um esperançoso. E a esperança é o canto da sereia neste mercado.

Como diz o ditado, o stop fere o ego, mas preserva o bolso.

O trader não pode estabelecer uma relação de amor com a ação de qualquer empresa.

Vejo que, por vezes, o trader não sai de uma posição ruim porque diz conhecer a empresa.

Ser consumidor dos produtos da empresa não o transforma em um analista do setor.

A empresa pode ser ótima, mas será que a ação não está cara? Será que há algum novo concorrente, alguma nova legislação que está deixando os gestores e analistas pessimistas quanto ao futuro?

Tem muita coisa por trás da análise de uma empresa.

Motivos não faltam para uma ação subir ou cair, mas lembre que a queda pode ser apenas uma realização de lucros.

Para mim, a regra é bem simples: use stop e aceite ser stopado no prejuízo com frequência.

Do contrário, fica a dica: vire investidor de longo prazo.

2. Não ache que é fácil. Mesmo que você possua um dom especial

Se fosse fácil teríamos milhares de novos ricos todos os dias. Não confunda ser simples com ser fácil.

Acertar uma bolinha amarela com uma raquete, em teoria, é simples. Mas ser um tenista de alto nível não tem nada de fácil.

Tal qual um tenista profissional, é preciso muito treino, dedicação e uma capacidade de evoluir constante.

Ainda assim, nem todos chegam lá. Por erros fatais no início ou por falta de paciência na obtenção de bons resultados.

E o mercado acionário esconde uma pegadinha. Ele te recebe de braços abertos. E isso pode ser fatal. Mas como assim?

A bolsa de valores é democrática. Todos podem participar. Basta abrir conta numa corretora de valores, aportar um valor mínimo e comprar seu primeiro ativo.

Porém, existe um outro lado. O mesmo acesso fácil, que permite que quase todos participem, possibilita que qualquer um possa entrar e perder dinheiro.

O que eu quero dizer é que o mercado trata a todos da mesma forma, tenha você uma semana ou várias décadas de experiência.

Para operar não precisa passar em um teste ou apresentar uma credencial.

Em outras áreas, o profissional começa como estagiário, vai crescendo na empresa, aumentando seus rendimentos, tendo mais responsabilidades e aumentando seus ganhos… Esta é a dinâmica.

Mas na bolsa não existe tolerância só porque você é “café com leite”.

Portanto, muito cuidado para não começar com muita vontade. Comece devagar e acelere aos poucos.

Se tiver alguma habilidade que tenha nascido junto com você, ótimo. Mas não menospreze as dificuldades que o mercado irá te apresentar.

3. Taxa de acerto não quer dizer nada

No trading, a medida que mais importa é chamada “win / loss”. Ou ganho / perda. E o que isso quer dizer?

Em outras palavras, significa que o que fará a diferença nos resultados é a relação entre o quanto você ganha quando acerta um trade e quanto perde quando erra um trade.

Se ao acertar o ganho é longo e ao errar o trade o stop é curto, poderá ter taxa de acerto abaixo de 50% e ainda assim ter sucesso no mercado.

Não ficou claro? Sem problema, vamos a um exemplo:

Imagine que você fez 10 operações. Em oito delas fechou a posição com lucro e nas outras duas, com prejuízo. Uma belíssima taxa de acerto de 80%. Sensacional!

Porém, em cada uma das oito operações vitoriosas, conseguiu obter um lucro de 1%. Numa conta simples, teve lucro acumulado de 8%, certo?

E nas duas operações que deram errado teve um prejuízo de 5% em cada, ou seja, 10% no acumulado.

Resumindo, lucrou 8% e teve prejuízo de 10%. Saldo final negativo em 2%. Mesmo acertando 80% dos trades, o que é altíssimo.

Vamos a outro cenário:

Imagine que fez 10 operações. Em seis delas encerrou a posição com prejuízo e as outras quatro, com lucro. Uma taxa de acerto de 40%.

Porém, em cada uma das quatro operações vitoriosas, conseguiu obter um lucro de 2%. Numa conta simples, teve lucro acumulado de 8%.

E nas seis operações que deram errado teve um prejuízo de 1% em cada, ou seja, 6% no acumulado.

Resumindo, lucrou 8% e teve prejuízo de 6%. Saldo final positivo em 2%. Mesmo acertando apenas 40% dos trades, o que é, dependendo da sua estratégia, bem plausível.

A mensagem é: foque em alongar os ganhos e encurtar as perdas.

Para saber um pouco mais, separei o video abaixo, sobre métricas de performance.

Como estudar para ser trader?

Busque sempre o aprimoramento como trader
Busque sempre o aprimoramento como trader

Vou te dar a melhor dica de como estudar para ser um trader.

Comece com os conteúdos gratuitos como o da área Aprenda do Portal do Trader, mas busque se informar sobre o que há de material sério disponível. Matricule-se agora em um curso de trader e bons estudos!

Existe muita ilusão neste mercado, como traders com pouca experiência vendendo uma imagem totalmente irrealista da profissão, que simplesmente não existe.

Ou então os criadores de fórmulas prontas. Gente que vende a chave para o sucesso, mesmo sem ter sucesso.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

Converse com quem tem mais experiência, busque opiniões diversas.

Agora, se quer realmente se tornar um trader profissional, é necessário dar alguns passos a mais.

Apesar de existir material gratuito disponível, o que te fará bom de verdade tem custo e nesse caso não tem nada que se compare ao Plano TNT, com mais de 300, oito professores e acompanhamento diário.

Como iniciar suas operações e ter uma vida de trader segura?

O primeiro passo é estudar o básico. O segundo passo é abrir conta em uma corretora de valores reconhecida, até para ter acesso a relatórios, análises e plataformas gráficas.

Muitos começam com uma conta demo ou simulação em plataformas de negociação que as corretoras oferecem, mas só operando de verdade é que a sua evolução acontecerá.

Já dizia um filósofo do futebol: treino é treino e jogo é jogo. No trading não é diferente.

Uma coisa é simular as operações, sem comprometer seu capital. Outra, é usar a conta real para operar.

O dinheiro envolvido mudará sua percepção de risco e irá aflorar suas características pessoais.

Se é arrojado, inseguro, ganancioso, cauteloso, enfim, seus defeitos e virtudes ficarão pronunciados ao operar de verdade.

Sabendo disso, para ter uma vida de trader segura é preciso entrar em uma jornada de autoconhecimento.

Só conhecendo a si mesmo é que poderá explorar suas potências e trabalhar os pontos fracos.

Dica bônus: Como ser um trader de sucesso

Trader: estratégia e blindagem emocional fazem a diferença
Trader: estratégia e blindagem emocional fazem a diferença

Minha dica parte de onde encerrei o tópico anterior. Gaste muita energia em desenvolver suas habilidades mentais.

Está no aspecto emocional o segredo do sucesso, a diferença entre o profissional e o amador.

Não é uma estratégia escondida, desenvolvida por algum gênio, mas sim a capacidade de unir conhecimento técnico, aspectos mentais e gerenciamento de risco o que o fará ser um trader vitorioso.

Já dizia Alexander Elder, um trader psicanalista, que o mais importante são os 3 Ms: Método, Manejo de risco e Mente.

Se eu fosse dar peso a cada um dos “M's”, diria que mente e manejo de risco respondem por 80% do pacote.

  • Assista uma aula gratuita sobre os três M's.

Principais dúvidas sobre o que é Trader:

Trader: o que preciso, quanto ganha, como começar
Trader: o que preciso, quanto ganha, como começar

O que é preciso para ser um trader?

Se eu pudesse responder com apenas uma palavra, seria dedicação.

O caminho é longo, cheio de obstáculos. Se não tiver persistência, o primeiro sinal de dificuldade te fará desistir.

Se não tiver paciência para estudar, não desenvolverá as habilidades necessárias para atuar em diferentes cenários.

Se faltar paciência ficará frustrado com a demora na obtenção de resultados.

E não entenderá que o processo de evolução é lento e gradativo. Não tem como pular etapas.

E se não passar pelo processo de autoconhecimento sempre ficará à mercê das suas emoções.

Desta forma, não conseguirá o distanciamento necessário para poder enxergar de forma racional o que precisa ser feito em cada situação.

Se dedique a cada um dos aspectos que envolvem o trading, vai valer muito a pena.

Quanto ganha por mês um trader?

Esta resposta não é simples, depende de muitos fatores. O trading funciona de formas diferentes para os participantes.

E lembre-se que não existem dois traders iguais.

Imagine quesitos como tolerância ao risco, capital disponível para operar, experiência, preparo psicológico, conhecimento técnico, entre outras coisas.

E estamos falando de renda variável, não de renda fixa, portanto os rendimentos serão diferentes ao longo do tempo.

Em alguns meses, inclusive, pode haver prejuízo.

E, claro, à medida que o tempo vai passando, o trader consegue alocar mais capital por trade e ter maiores retornos.

Se não estiver preparado, poderá ter maiores prejuízos.

Portanto, os resultados variam, mas traders experientes e vitoriosos conseguem ganhos na casa de dezenas ou até centenas de milhares de reais.

Como sempre digo, o importante é fazer o correto em todas as suas operações, o dinheiro é uma consequência.

O resultado positivo vem com a sucessão de fazer do jeito correto.

Quanto dinheiro eu preciso para ser um trader?

Acho que aqui não existem atalhos. Se um trader não consegue ter resultados consistentes operando com um lote de 100 ações ou com um mini contrato de dólar futuro, por que teria sucesso com uma posição muito maior?

Não faz sentido, né? Portanto, minha sugestão é começar pequeno e só aumentar a posição quando estiver apresentando retornos positivos. Esta evolução pode ser depois de seis meses de bons resultados.

Mas, indo diretamente para as questões de ordem prática, um trader pode comprar uma ação que custa poucos reais no mercado fracionário.

Ou um mini contrato de índice ou dólar, tendo apenas 100 reais na conta.

Como disse em outro tópico, é um ambiente muito inclusivo, tome cuidado.

O mercado vai te tratar da mesma forma, sendo iniciante com pouco capital ou um trader institucional operando milhões de dólares.

Conclusão

Se tornar um trader demora, mas vale a pena
Se tornar um trader demora, mas vale a pena

Agora que você já compreendeu o que é trader, deve imaginar que para ser um trader de sucesso demora, exige paciência, treinamento, resiliência e foco.

Se a sua intenção é operar o próprio capital ou trabalhar na mesa de operações de um banco ou corretora, não há como fugir da necessidade de desenvolver suas habilidades.

Não tenha pressa, estamos falando de uma maratona, não de uma corrida de 100 metros rasos.

Não precisa chegar logo, só precisa chegar. E não queime a largada. Tudo a seu tempo, respeite o seu ritmo. Constância é a palavra de ordem.

Foque em fazer o correto, sem se preocupar com o financeiro. O dinheiro sempre atrapalha.

A repetição das boas práticas fará com que você tenha muito sucesso no longo prazo.

Aproveite nossos cursos gratuitos e aprenda muito mais sobre as inúmeras possibilidades de atuar no mercado de ações.

Sucesso e até uma próxima!


Categorias

Marcos Moore

Marcos Moore é trader desde 2004, empresário e foi sócio-diretor da XP. É também autor de livros sobre o mercado.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.