O que você quer aprender?

Ir

Linha de tendência: descubra os tipos e formas de identificar

Neste post nós vamos discutir tudo que você precisa saber sobre linha de tendência: o que é, como traçar, para que serve e como interpretá-la em suas operações! Acompanhe um GUIA COMPLETO sobre esta importante ferramenta para seu trading!

Análise Técnica Jul 16, 2021

O que é uma linha de tendência?

Uma linha de tendência é, resumidamente, uma representação gráfica do sentido e direção que um ativo do mercado tende a seguir. No fim das contas, essa ferramenta auxilia o usuário a entender o movimento de um papel.

Se formos utilizar uma definição mais formal, podemos dizer que esse indicador é formado através da análise dos movimentos de altas e baixas de determinado gráfico.

Tais dados capacitam o trader a traçar uma possível tendência futura, que pode ser de alta, baixa ou lateral (indefinida).

Com as linhas de tendência, o usuário se torna capaz de analisar as tendências de movimento do mercado.
Com as linhas de tendência, o usuário se torna capaz de analisar as tendências de movimento do mercado.

Para serem calculadas, é necessário haver no mínimo dois pontos, a partir dos topos (máximos) e fundos (mínimos) dos preços a serem analisados.

Geralmente, as linhas de tendência são utilizadas em Análises Técnicas, e são excelentes para fundamentar a tomada de decisões do investidor, que sempre irá atrás do maior número de informações possível para operar com segurança.

Isso ocorre pois, na maioria das vezes, o mercado se move em “zigue-zague”, que costumam obedecer padrões passíveis de serem previstos.

Como dito anteriormente, existem três tendências possíveis, e agora vamos nos aprofundar um pouco em cada uma delas:

Linha de tendência de alta (LTA)

A linha de tendência de alta, também conhecida como LTA, se caracteriza por uma série de topos e fundos ascendentes.

Ou seja, para que seja possível traçá-la, é necessário que o zigue-zague analisado possua máximos e mínimos cada vez mais altos, como na foto a seguir:

Exemplo de LTA em ITUB4 no tempo gráfico semanal
Exemplo de LTA em ITUB4 no tempo gráfico semanal

A LTA  conecta os fundos desse gráfico, assim formando uma linha claramente ascendente.

Neste caso, costuma-se dizer que o ativo tem uma tendência de alta, ou seja, existe uma grande probabilidade que ele siga esse movimento.

Elas também podem funcionar como suporte, o que faz com que ocorra uma grande pressão de compra quando o preço de um bem se aproxima delas. Mas não se preocupe, explicaremos melhor como isso funciona ao longo do texto.

Na aula abaixo o Edu Becker explica muito bem esse conceito:

Assim como para as outras tendências, existem maneiras específicas de operar as LTAs, e vamos discuti-las um pouco mais à frente neste texto, então fique ligado!

Linha de tendência de baixa (LTB)

Por outro lado, pode-se dizer que a linha de tendência de baixa, se caracteriza por uma série de topos e fundos descendentes.

Na prática, os máximos e mínimos de um zigue-zague com esta tendência se mostram cada vez mais baixos, formando uma linha em queda, como pode-se observar na imagem a seguir:

Exemplo de LTB em MGLU3 no tempo gráfico semanal
Exemplo de LTB em MGLU3 no tempo gráfico semanal

Diferentemente da linha citada no tópico acima, a LTB conecta os topos do gráfico analisado, e, já que eles estão com esta disposição da imagem, formam uma linha que aponta diretamente para baixo.

Por conta de sua definição, esses indicadores também atuam como resistências, ou seja, tendo como principal característica uma forte pressão de venda quando os preços se aproximam deles.

Linha de tendência de lados (Lateral)

Nem sempre o mercado consegue nos dar uma indicação de para onde está indo. De vez em quando, é comum que ele nos deixe de mãos abanando, e não demonstre uma clara tendência

Quando isso ocorre, costumamos dizer que há uma linha de tendência de lados ou indefinida, que também pode ser caracterizada como a falta de uma.

Nesses casos, o gráfico costuma se estabilizar dentro de um intervalo de preços, e seus topos e fundos tendem a permanecer na mesma altura - por isso o nome de tendência lateral - como podemos observar na imagem a seguir:


Exemplo de movimento lateral em ITUB4 no tempo gráfico diário
Exemplo de movimento lateral em ITUB4 no tempo gráfico diário

Todavia, esse não é um evento comum. Na grande maioria das vezes, os zigue-zagues são mais desordenados e seguindo uma alta ou baixa.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

Como identificar qual é a linha de tendência?

Para aprender como identificar e traçar uma linha de tendência são necessários alguns dados: ao menos dois fundos e topos do gráfico - quanto maior o time frame utilizado, mais precisa a análise tende a ser.

De certa maneira, esse não é um processo muito difícil. A partir destas informações, você, ao observar como os máximos e mínimos estão dispostos dentro de um tempo gráfico - lembre-se que quanto maior ele for, mais precisa será sua resposta - já será capaz de determinar qual é a tendência do ativo.

Tendo isso em vista, o trader se torna capaz de definir quais serão seus pontos de entrada e saída em suas operações com muito mais precisão.

No próximo tópico você irá entender melhor como, e o quão importante é essa ferramenta de análise.

Qual a importância de fazer uma análise de tendências?

Para entender para que serve esta ferramenta e como ela pode ser importantíssima, basta compreender o que ela fornece de informações ao trader.

Com uma análise precisa e bem feita, o usuário consegue uma previsão de qual tende a ser o movimento do mercado ao longo do tempo, além de quais são os topos e fundos desta tendência.

Agora, imagine-se frente a frente com esse indicador. Como ele pode te ajudar a tomar as melhores decisões possíveis?

A resposta é simples: ele vai te auxiliar a filtrar os melhores momentos para entradas e saídas de suas operações.

Lembra quando falamos que as LTA e LTB atuam também como suportes e resistências? Vamos explicar agora como isso funciona.

Em uma linha de tendência de alta, que é traçada a partir de seus fundos, quanto mais próximo um preço estiver dela, melhor será o momento para comprar.

Exemplo de VALE3 no tempo gráfico de 60 minutos.
Exemplo de VALE3 no tempo gráfico de 60 minutos.

Veja que alguns pontos de entrada poderiam ter surgido quando os preços encostaram ou ficaram próximos da LTA. A seta verde indicou esta possibilidade.

Isso se dá pois esses mínimos são os momentos em que o ativo tende a estar mais barato, aumentando a probabilidade de lucrar no final da operação.

No caso da LTB, ocorre o contrário. Por ser traçada a partir dos topos, quanto mais próximo o gráfico estiver desta, maior será a pressão para venda.

Esse fenômeno pode ser explicado com uma simples análise: já que o os preços tendem a cair, é proveitoso vender nas máximas.

Exemplo de PETR4 no tempo gráfico semanal
Exemplo de PETR4 no tempo gráfico semanal

Veja no exemplo acima que inicialmente formou-se uma LTB e depois foi possível traçar uma outra. Observe que mesmo assim, conseguimos ver pontos onde a pressão vendedora aumentou e foi possível efetuar novas entradas.

Este exemplo é interessante pois conseguimos ver a formação de uma nova LTB, posteriormente.

Apesar de parecer um complicador, observe que os topos da nova Linha de Tendência de Baixa não ultrapassaram os topos anteriores.

Aliás, sempre leve em consideração a ideia de vermos topos descendentes quando estamos num movimento de baixa.

É importantíssimo ressaltar algo: as entradas a favor da tendência são, na esmagadora maioria dos casos, mais certeiras do que as contrárias. Portanto, busque sempre seguí-la para obter resultados mais consistentes.

E assim como outras formas de análise, as linhas não são infalíveis.

Em vários momentos vai acontecer de os preços “furarem” os suportes e resistências traçados. Por conta destes imprevistos, é essencial que o trader saiba gerenciar os riscos de suas operações.

Em suma, essa é a importância dessa análise. Com tais ferramentas, sua tomada de decisões será muito mais assertiva e segura.

Afinal, não é à toa que um dos ditados mais famosos do trading é: “the trend is your friend”, ou seja, “a tendência é sua amiga”.

O que são as faixas de negociação em uma linha de tendência?

Dentro da análise das linhas de tendência, há o que chamamos de faixas de negociação. Elas são áreas do gráfico em que o preço se mantém consistente por um certo período de tempo, respeitando os máximos e mínimos estabelecidos.

Tal região ocorre entre os suportes e resistências, pois, como dito anteriormente, os players do mercado tendem a comprar no suporte e vender na resistência.

Dessa maneira, é criado um “corredor” com certa estabilidade, que, ao depender do movimento causado pelos traders, pode se contrair, se alargar ou até romper.

 Exemplo de faixa de negociação no movimento lateral de ITUB4
Exemplo de faixa de negociação no movimento lateral de ITUB4

Observe que este é o mesmo gráfico que foi mostrado acima sobre movimento lateral. A faixa de negociação nada mais é do que aquele patamar de preços onde o trader pode observar algumas oportunidades.

Podemos dizer que a faixa de negociação é aquele “range” em que se espera que o preço respeite.

Até porque os preços dificilmente vão cravar a linha de tendência/suporte/resistência. Por isso é importante olhar não somente a linha traçada mas sim uma área retangular.

No caso de rompimento, que pode ser confirmado pela presença de um candle de força, por exemplo, pode-se deduzir que irá surgir em breve uma nova tendência de alta ou de baixa, ou até uma nova faixa de negociação.

Como interpretar uma linha de tendência?

Para entender como interpretar uma linha de tendência, você deve ter em mente alguns conceitos básicos.

Como discutimos anteriormente, as entradas ocorrem quando os preços se aproximam do limite estabelecido pela linha traçada. Caso seja uma LTA, a pressão é de compra, e em uma LTB, de venda.

Algo que pode ocorrer durante as suas operações é o rompimento desse limite por parte do gráfico. Isso pode significar que a tendência está se revertendo, e é necessário que você revise sua estratégia e plano de ação.

Como trader, você deve estar sempre atento a todos esses movimentos.

Uma entrada na hora certa pode mudar o seu jogo. Acertar o momento de venda pode tornar a sua operação muito mais lucrativa. Entender os movimentos do mercado é uma das maiores cartas na manga que você pode ter.

Para que isso ocorra, você deve entender não apenas os conceitos explicados nessa aula, mas também outros tópicos relacionados à Análise Técnica e Price Action.

Pensando nisso, nós, do Portal do Trader, disponibilizamos GRATUITAMENTE para você um curso completo sobre Price Action com um dos maiores especialistas na área, nosso professor Eduardo Becker! Aproveite!

O que é preciso para criar uma linha de tendência?

Para calcular uma linha e criá-la do zero, é importante ter em mãos dois dados fundamentais: os topos e os fundos de um gráfico.

Com eles, você conseguirá criar tranquilamente a linha que desejar, e será capaz de utilizá-la para basear a sua tomada de decisões.

No começo, é normal que você tenha receio, ou medo de errar nessa análise. Mas lembre-se: tudo que você precisa são dois topos ou dois fundos.

Acostume-se com isso desde o começo. Sempre que possível, desenhe esta linha no seu gráfico, mesmo que apenas como treino. É importante treinar a sua mentalidade para evitar o nervosismo da hora H!

Apesar de simples, esses padrões com certeza podem te ajudar muito a tornar suas operações mais seguras, eficientes e lucrativas! São usados por traders do mundo inteiro e acumulam ótimos resultados desde sempre.

Comece agora mesmo a aprender como investir!

As linhas de tendência são excelentes ferramentas para te auxiliar em suas operações de trading, mas não são nem de perto tudo que você precisa saber para ser um trader de sucesso.

Te convidamos a aprender a investir de verdade com os maiores nomes do mercado de investimentos do Brasil. Conheça já a ÁREA APRENDA do Portal do Trader, com inúmeros cursos gratuitos pensados na sua formação como investidor!

Conclusão

Neste post, você recebeu um GUIA COMPLETO sobre linhas de tendência.

Discutimos o que são, como funcionam, quais são seus tipos, como interpretá-las e, principalmente, como você pode usá-las para ganhar mais dinheiro no trading!

Para que você possa operar da maneira mais segura, eficiente e lucrativa possível, você precisará de mais conhecimento. E fique tranquilo, pois temos a solução ideal para você.

No nosso Portal, disponibilizamos GRATUITAMENTE um Curso Completo sobre Price Action, com tudo que você precisa saber para dominar uma das técnicas preferidas dos grandes traders do mercado!

Lembre-se do ditado citado ao longo do texto: “a tendência é sua amiga”. Enquanto você operar a favor dela, estará muito mais seguro. Espero que tenha gostado do post e que ele tenha te ajudado! Nos vemos em breve, aqui no Portal do Trader!

Categorias

Augusto Andrea

Augusto Andrea é economista especializado em macroeconomia, ciclos e ativos de renda fixa.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.