O que você quer aprender?

Ir

O que é Swing Trade, Como Funciona e Como Operar com Sucesso?

Swing Trade é uma das modalidades de investimento mais utilizadas pelos grandes traders da Bolsa de Valores. O swing trader é aquele que compra e vende ações em prazos bem curtos. Entenda como funciona e como você pode operar com sucesso.

Swing Trade Nov 09, 2021

O que vamos discutir neste post?

O que é Swing Trade?

O Swing Trade é um tipo de operação de curto prazo, com o objetivo de aproveitar os pequenos movimentos do mercado - também conhecidos como “swings”.

Essa modalidade de investimento pode ser utilizada para negociar diversos ativos, tais como:

Qualquer ativo destas classes pode ser alvo de um swing trader, desde que tenha uma boa liquidez diária.

Existem diversos motivos pelos quais podemos dizer que o swing trade é uma das principais modalidades de investimento do mercado financeiro.

Mas um dos principais, sem dúvidas, é: tal método carrega consigo menos risco, e continua tendo um grande potencial de retorno.

Atenção: ele não traz tanto risco quanto o Day Trade, por exemplo, mas continua sendo uma modalidade extremamente arrojada, e não recomendada para investidores conservadores.

É lógico que, com o tempo, esse risco vai ficando mais controlado, mas nunca deixa de existir.

Afinal, estamos falando do mercado financeiro, e não é segredo para ninguém que tudo nesse ambiente respeita a regra do “risco X retorno”.

Assim como tudo no mercado financeiro, essa modalidade traz alguns riscos, mesmo que não tão evidentes quanto em outras
Assim como tudo no mercado financeiro, essa modalidade traz alguns riscos, mesmo que não tão evidentes quanto em outras

Além disso, grande parte dos swing traders se valem da Análise Técnica, uma das ferramentas mais úteis e importantes para o arsenal de um trader.

Com ela, o trader consegue analisar o comportamento dos preços através de padrões gráficos, e traçar tendências importantes tanto de alta como de baixa.

Ter todo esse repertório em mãos, sem dúvida, te ajudará muito no estudo desta forma de trade, e tornará suas operações mais seguras e eficientes.

Pensando nisso, nós, do Portal do Trader, estamos disponibilizando 100% gratuitamente o nosso Curso de Análise Técnica, em que iremos te ensinar a ferramenta que é a base de todo o Swing Trade de maneira didática e pensada para iniciantes!

Aprenda também:

Como o swing trade funciona na prática?

O Swing Trade funciona de maneira bem simples:

O trader, ao avaliar um ativo a partir de ferramentas como a Análise Técnica e seus indicadores, está em busca de oportunidades de investimento para o curto prazo com um risco controlado.

A Análise Técnica pode ser uma ferramenta importantíssima para qualquer trader
A Análise Técnica pode ser uma ferramenta importantíssima para qualquer trader

Neste cenário, vamos supor que ele identifica no ativo VALE3 um indício de que seu preço pode subir nos próximos dias.

Isso pode ser feito através de análises gráficas, a partir da identificação de linhas de tendência, análise de indicadores estatísticos, e muito mais.

Com isso, o trader decide comprar tais ações e esperar alguns dias, ou até semanas, para que atinja determinado patamar.

Ao mesmo tempo, é necessário um plano de contingência, caso a operação dê errado e a tendência se reverta quando ele menos esperar.

Com uma meta de gain e um limite de loss traçados, o swing trade está basicamente desenhado.

Nos próximos dias, caso a ação realmente se valorize, ele encerrará sua posição e sairá com os lucros. Caso as coisas não ocorram conforme o planejado, ele se desfaz da ação mesmo assim, respeitando seus limites traçados.

A grosso modo, é assim que o swing trade funciona na prática. O trader não precisa ficar 100% do tempo colado no mercado, e nem operando horas por dia. É uma modalidade que permite maior flexibilidade de horários.

Diferenças entre Swing Trade, Day Trade e Position Trade

Existem 3 modalidades de investimento principais: Day Trade, Swing Trade e Position Trade. Cada uma delas possui características únicas, principalmente no que se refere aos seus prazos.

Vamos agora entender na prática as principais diferenças entre essas 3 modalidades:

Swing Trade

No decorrer do texto iremos nos aprofundar mais nessa modalidade de investimento, mas já posso adiantar algumas de suas características mais marcantes e únicas:

  • Swing traders costumam utilizar gráficos diários ou de 60 minutos
  • Operações costumam durar entre dois e sete dias, em média
  • Geralmente traz maior retorno financeiro por trade
  • Menor necessidade de acompanhamento por parte do trader
  • Movimentos mais direcionais
  • Menor necessidade de preparo mental

Day Trade

O Day Trade, uma das modalidades mais populares e conhecidas de todo o mercado, traz consigo algumas características bem específicas. Vamos conferir:

  • Day traders costumam utilizar gráficos intraday
  • Operações são de curtíssimo prazo, durando no máximo o tempo de um pregão
  • Alavancagem alta
  • Maior alíquota no Imposto de Renda
  • O trader deve acompanhar o mercado o tempo todo
  • O lucro/prejuízo deve ser apurado diariamente

Position Trade

O Position Trade, diferentemente das modalidades anteriores, é a que mais se aproxima do longo prazo. Por conta disso, possui características bem distintas. Vamos conferir:

  • Position traders costumam utilizar gráficos semanais
  • Os movimentos são muito mais longos
  • Baixo nível de estresse e menor necessidade de preparo mental
  • Mais fácil e acessível para iniciantes
  • Pouquíssimos gastos com corretagem, taxas e tributos

Quais as Vantagens e Riscos de operar o Swing Trade

Assim como tudo na vida, operar através do Swing Trade também acarreta em diversas vantagens e riscos.

Neste tópico, vamos ver as 2 principais vantagens e os 2 principais riscos de ser um swing trader:

Vantagem de pegar movimentos mais longos que no Day Trade e sem tantos stops

Como você já deve ter percebido pelo tópico anterior, o swing trade funciona de maneira bem mais simples e menos arriscada que o day trade.

Um dos principais pontos que sustentam essa afirmação é o fato que nessa modalidade, você, como swing trader, consegue pegar movimentos mais longos do que um day trader, que depende de movimentos curtíssimos.

Os movimentos mais longos trazem uma experiência consideravelmente diferente para o trader em relação aos movimentos do day trade
Os movimentos mais longos trazem uma experiência consideravelmente diferente para o trader em relação aos movimentos do day trade

Além disso, por conta desta característica, um swing trader consegue se livrar de um grande número de stops e dores de cabeça.

Sem contar com o fato de que, por possuir stops mais curtos do que no position trade, esta modalidade permite maior alocação de capital por trade.

Vantagem de não precisar acompanhar o mercado em tempo real

Como já dissemos anteriormente, um swing trader não é obrigado a acompanhar o mercado em tempo real.

Por conta dos prazos maiores em suas operações, o trader pode ter uma flexibilidade de tempo muito maior do que no Day Trade. Neste, o day trader deve ficar o tempo todo de olho no mercado, em suas movimentações e em suas tendências.

Para alguns, isso pode ser péssimo. Nem todos possuem tanta disponibilidade de horários, e essa vantagem cai como uma luva para eles.

Risco externo enquanto o mercado está fechado

É essencial que todo swing trader esteja familiarizado com esse risco.

É comum que, enquanto o mercado está fechado, alguma notícia ou evento surja e afete diretamente o humor do mercado, fazendo com que ele amanheça com um gap contrário à sua posição.

Tendo em vista que essa modalidade se baseia em operações que duram, em média, apenas alguns dias, isso é um risco extremamente relevante.

Afinal, ninguém quer acordar e se deparar com um desagradável gap contrário na tela de seu computador, não é mesmo?

Pode ter certeza que acordar com péssimas notícias não é bom para ninguém...
Pode ter certeza que acordar com péssimas notícias não é bom para ninguém...

Por isso é muito importante que você tenha um trading plan muito bem detalhado, e adote o sistema de stops automáticos, visando a proteção de seu patrimônio.

Risco de alguns movimentos contrários à tendência mais longa pegarem o stop da sua posição

Outro risco constante para o swing trader é a possibilidade de alguns movimentos contrários à tendência mais longa pegarem o stop de sua posição.

Por vezes, uma abertura feia nos EUA ou Ásia faz com que os primeiros movimentos na nossa bolsa sejam bastante voláteis. Estas oscilações podem pegar seus stops para depois voltar para a tendência original que o trader estava enxergando.

Qual é o valor inicial para começar a operar?

Não existe um valor mínimo obrigatório para começar a operar, mas tenha em mente que quanto maior for seu capital, maiores podem ser os lucros.

Você não precisa esperar juntar uma grande quantia de dinheiro para começar a operar
Você não precisa esperar juntar uma grande quantia de dinheiro para começar a operar

Te dou um exemplo aqui para que você entenda melhor:

Imagine uma operação de R$20 mil que teve 3% de lucro. No dia a dia, essa porcentagem de ganho é excelente, um verdadeiro sonho de consumo.

Nesse cenário, seu ganho seria de R$600. Subtraindo deste valor alguns gastos com corretagem e algumas taxas, que devem somar em torno de R$20, seu lucro líquido final seria de R$580.

Se seu capital fosse consideravelmente menor, provavelmente seu lucro não seria tão alto quanto você desejaria. Tenha isso em mente na hora de decidir o seu investimento inicial.

Entretanto, é recomendável que iniciantes comecem com pouco capital mesmo. Isso serve para que nenhum trader que está começando agora seja exposto a riscos enormes, e evita verdadeiros traumas.

Comece pequeno, e vá aumentando suas posições gradualmente.

Como operar Swing Trade na prática? Confira 6 dicas de especialistas

Já vimos muitas coisas interessantes sobre essa modalidade de operação, e chegou a hora de aprender a operar na prática.

Se chegou aqui, você já sabe que o intuito dessas operações é aproveitar mudanças de patamar dos preços ou correções dentro da tendência, para entrar a preços melhores e surfar o movimento.

Vamos conferir agora 6 dicas para conseguir operar na prática:

1. Foque nos gráficos e esqueça as notícias

Essa é uma dica que eu mesmo, particularmente, já ouvi dezenas de vezes, seja em livros, cursos ou mesmo em conversas com outros traders do mercado.

Entretanto, arrisco dizer que é a dica mais preciosa para qualquer trader.

Antes de explicá-la, vou contar como foi a primeira vez que ouvi essa frase.

Certa vez, em uma conversa com o Marcio Noronha, um dos maiores autores de obras clássicas sobre Análise Técnica, ele me confessou algo que, a princípio, chamou minha atenção. Ele disse o seguinte:

“Marcos, se eu operasse em uma ilha deserta, sem qualquer acesso a informações, seria um trader melhor ainda!”.

Mas acalme-se, ele não está dizendo que as informações são inúteis, e muito menos está menosprezando o efeito de indicadores e eventos do mercado.

Para entender essa afirmação, vamos levar em consideração seu contexto.

Na época, o Noronha operava em uma corretora, que possuía um ambiente um tanto quanto “agitado”, com dezenas de traders operando simultaneamente ao seu redor.

Não é muito difícil de imaginar o quão caótico esse ambiente deve ser em dias em que alguma notícia “bombástica” é liberada na imprensa, não é mesmo?

A chave para compreender o que o Noronha quis dizer é: se determinada notícia é realmente relevante, ela rapidamente será incorporada aos gráficos.

Os gráficos podem te dizer muito mais do que você imagina
Os gráficos podem te dizer muito mais do que você imagina

Esse é inclusive um dos preceitos da Teoria de Dow, que dá as bases para a Análise Técnica. Charles Dow dizia o seguinte:

“Os preços descontam tudo, exceto atos divinos”.

Então se algo realmente é relevante, muito provavelmente os investidores mais bem informados - sejam eles traders ou analistas - não serão tão surpreendidos.

E se forem pegos de surpresa, o mercado rapidamente ajustará suas novas premissas.

O que for surpresa para o mercado será rapidamente refletido dentro de um gráfico, seja na forma de gap, volume negociado acima da média ou rompimento de patamares.

2. Três pontos para todos os trades da vida

O trader norte-americano Oliver Velez costuma dizer que precisamos prestar atenção em 3 pontos para qualquer operação que fizermos, independentemente da modalidade escolhida. Estes pontos são:

  • Ponto de entrada
  • Ponto do stop loss
  • Ponto do stop gain

Em outras palavras: o trader deve prestar atenção onde ele vai comprar e vender; onde que sai da operação com prejuízo - limitando sua perda; e onde fica seu objetivo - com o ganho esperado.

Sempre preste atenção nestes 3 pontos, eles podem definir o destino das suas operações
Sempre preste atenção nestes 3 pontos, eles podem definir o destino das suas operações

Além disso, só poderemos interferir no tamanho das posições. Ou seja, devemos decidir se vamos comprar 1.000 ações, 20 contratos de mini índice ou 10 mil opções.

Este cálculo, sobre o tamanho da posição, faz parte do gerenciamento de risco. Todo o resto depende do mercado.

Para este assunto, recomendo o livro “Tools and Tactics for the Master Day Trader”, do próprio Oliver Velez.

3. A tendência é sua amiga

Se você acompanha o mercado há algum tempo, já deve ter ouvido a seguinte expressão:

“The trend is your friend”.

Caso contrário, deixe-me explicá-la para você.

A linha de tendência é uma das ferramentas mais preciosas dentro do arsenal de um trader, independentemente da modalidade operada.

Digo isso pois sempre será mais fácil usar a força dos grandes participantes do mercado a seu favor. São eles quem definem as tendências, com a intensidade que assumem suas posições.

A grosso modo, se a tendência é de alta , o trader deve pensar em comprar. Se fosse de baixa (LTB), o caminho seria operar vendido a descoberto. Na imagem, um exemplo de uma LTA (Linha de Tendência de Alta), que conecta fundos.

Exemplo de LTA no gráfico semanal de CMIG4
Exemplo de LTA no gráfico semanal de CMIG4

No swing trade, uma tendência pode durar muitos dias, podendo inclusive alcançar o prazo de semanas.

Seu maior desafio será surfar a maior parte possível do movimento, ajustando seus stops até que a tendência vire, para aí sim sair da operação.

Para entender como utilizar melhor a linha de tendência e outros recursos tão úteis quanto, recomendo que acesse nosso Curso Gratuito de Análise Técnica, em que eu te ensinarei os principais tópicos dessa ferramenta importantíssima que é a Análise Técnica!

4. Olhe o mercado poucas vezes no dia e faça uso de ordens automáticas de stop loss e gain

Como já dissemos em tópicos anteriores, um swing trader deve olhar o mercado pouquíssimas vezes ao dia.

Digo isso pois não é necessário que ele fique 24 horas por dia diante de seu computador, com um gráfico na sua frente.

Com o uso de ordens automáticas de stop loss e gain, acompanhar o mercado esporadicamente durante o dia se torna completamente possível.

5. Comece analisando poucos ativos e vá aumentando aos poucos

Um dos maiores erros dos traders iniciantes é achar que ele deve analisar todos os ativos da Bolsa.

Já disse isso para meus alunos diversas vezes, mas é sempre bom ressaltar: muito melhor do que simplesmente atirar para qualquer lado, é concentrar sua atenção em um grupo de ativos de diferentes setores.

Não se sinta obrigado a analisar tudo que aparece na sua frente. Foque em alguns ativos e siga em frente.

Isso é um conselho essencial para qualquer um que queria aprender como investir com o swing trade.

Além disso, lembre-se sempre que, muitas vezes, ficar de fora é a melhor posição.

Não é sempre que você precisa estar comprado ou vendido. Isso foi algo que aprendi após mais de 15 anos operando na Bolsa de Valores.

6. Aprenda a operar vendido a descoberto

Aprender a operar vendido é uma das melhores coisas que você, como swing trader, pode fazer.

Pra que limitar suas possibilidades de ganho quando você pode aprender a lucrar mesmo quando os preços estiverem em queda?

Saiba que a valorização de ativos não é a única maneira de lucrar na bolsa. Também é possível ganhar na queda
Saiba que a valorização de ativos não é a única maneira de lucrar na bolsa. Também é possível ganhar na queda

Aprenda a ganhar na subida e na descida, que seu arsenal para trading ficará ainda mais completo.

Como identificar as melhores ações?

As melhores ações para operar no Swing Trade sempre são as direcionais.

Para identificar uma ação assim, você deve prestar atenção em seus movimentos.

Vejamos a seguir um exemplo de uma ação direcional:

Exemplo de ação direcional - GGBR4
Exemplo de ação direcional - GGBR4

As ações direcionais têm movimentos longos e limpos de alta e de baixa. Caso contrário, tome bastante cuidado.

Basicamente, estes ativos sobem reto e caem reto. Sem muitos soluços e complicações.

Digo isso pois ativos com maior volatilidade tendem a gerar muitos ruídos, o que pode acabar te stopando muitas vezes.

Particularmente, recomendo as ações que compõem o Ibovespa, o índice nacional.

Elas possuem alta liquidez e abarcam os setores mais relevantes da Bolsa. Entretanto, você deve prestar atenção se a ação que você escolheu realmente são direcionais.

Também gosto muito de ativos que se desenvolvam com rapidez, para poder encerrar meu trade o quanto antes - afinal, ninguém é de ferro, não é mesmo?

A partir do momento em que você escolher suas ações, desenvolva estratégias em cima delas. Se possível, faça backtests para validar seu método.

Quanto tempo pode durar um swing trade?

Em média, podemos dizer que um trade nessa modalidade dura entre 2 e 7 dias.

É claro que determinadas operações podem ultrapassar essa média, mas apenas em casos especiais.

Normalmente, esses trades mais longos ocorrem por conta de uma forte tendência, que dura mais do que a maioria.

Quando posso vender no swing trade?

Nessa modalidade de investimento, você deve encerrar sua posição quando a tendência virar. Ou quando um topo se formar você poderá sair da sua operação de compra. Topos costumam sinalizar o esgotamento do movimento de alta

Por isso, é muito importante que você estude bem a Análise Técnica, em geral. Sem esse conhecimento, provavelmente errará não apenas a hora de sair - mas também a hora de entrar.

E lembre-se que sempre existe a chance de vender a descoberto, lucrando com a queda dos preços dos ativos.

Como saber se tenho o perfil para Swing Trade?

Primeiramente, recomendo que você descubra qual é seu perfil suitability (perfil de investidor).

Após um rápido teste, você descobrirá em qual grupo de investidores se encaixa. Tais grupos são:

  • Investidores conservadores
  • Investidores moderados
  • Investidores arrojados

Apenas investidores agressivos podem comprar e vender ações. Este perfil tem tolerância maior às perdas, que certamente ocorrerão.

Então, se quiser realmente aprender como operar com o swing trade, preste muita atenção neste ponto.

Esse tipo de operação, naturalmente, traz consigo alguns riscos. Embora estes sejam menores que os do Day Trade, por exemplo, continuam presentes.

Já te adianto que se você não tiver apetite pelo risco - ou seja, se for um investidor conservador ou até moderado - esqueça as ações.

Um simples teste te ajudará a descobrir qual é seu perfil de investidor
Um simples teste te ajudará a descobrir qual é seu perfil de investidor

Caso goste de certo nível de risco, e possua disciplina o suficiente para estudar o que for necessário, provavelmente o swing trade será uma ótima opção!

Como é o dia a dia de um swing trader?

Se você quer aprender como investir com o swing trade, é essencial entender como é a rotina desse tipo de trader.

A rotina do swing trader funciona de maneira bem mais simples que a de um day trader, por exemplo.

Basicamente, o trader deve separar uma parte do dia para fazer suas operações.

Particularmente, gosto de separar o período da manhã para isso. Para analisar o mercado, prefiro o período anterior à abertura.

Neste horário me sinto mais descansado e focado para realizar essas atividades com o cuidado e atenção que devem ser feitas.

Em seguida, checo todas as ações que diariamente acompanho na minha plataforma gráfica.

Nessa primeira análise, anoto quais são as ações que se encaixam com a estratégia que irei adotar nesse dia de operação. Em 99% das vezes irei operar apenas uma dessas ações selecionadas.

Em alguns dias esse número aumenta, podendo chegar até 5 ou 6 ações, mas nada muito além disso.

Com isso, espero a primeira hora do pregão para resolver entrar ou não na operação. Junto com isso, espero que o setup efetivamente aconteça.

Caso contrário, prefiro ficar de fora, apenas observando.

Com treinamento, olhar o mercado 2 ou 3 vezes ao dia e usar os stops automáticos já será o suficiente, não é necessário ficar horas e horas diante de seu computador.

De maneira resumida, essa é a rotina de um swing trader.

Como funciona a tributação do imposto de renda para Swing trade?

A tributação de swing traders funciona de maneira simples, igual à maioria das outras modalidades de operação.

O swing trader sofrerá a incidência de 15% de I.R sobre seus ganhos, apenas se suas vendas foram acima de R$ 20 mil dentro do mesmo mês.

Aqui fica mais claro como  funciona esta isenção para operações de até R$20 mil. Lembre que se estiver negociando acima disso, deverá pagar a alíquota de 15% sobre o lucro da operação.

Achou que o leão da Receita Federal iria te deixar em paz desta vez?
Achou que o leão da Receita Federal iria te deixar em paz desta vez?

Como aprender mais sobre Swing Trade?

Não é segredo pra ninguém que só se aprende colocando algo em prática.

Se você quiser aprender como operar com o swing trade, ou como comprar e vender ações com o swing trade, deve buscar ir ao campo de batalha o mais rápido possível.

Entretanto, a prática sem uma boa base teórica é tão impossível quanto querer andar de bicicleta apenas lendo livros de Física.

O conhecimento é um dos principais pilares para a construção de uma carreira sólida em qualquer área, e no mercado financeiro não é nada diferente.

Você só conseguirá ter resultados consistentes se perseverar nos estudos e na prática o quanto for necessário
Você só conseguirá ter resultados consistentes se perseverar nos estudos e na prática o quanto for necessário

Existem diversos casos de traders que, sem ter conhecimento o suficiente, decidiram se aventurar em ativos como Opções e simplesmente torraram todo seu capital do dia para a noite por não conhecer suas principais características e seu funcionamento, inclusive desconhecendo a existência de uma data de vencimento!

Para que isso jamais aconteça com você, nós preparamos um curso 100% gratuito para você: o Curso de Análise Técnica do Portal do Trader!

Lá, você aprenderá ainda mais sobre tudo que foi falado neste artigo,entenderá uma ferramenta que é a base para todo o swing trade!!

Dúvidas frequentes

Se chegou até esse tópico e ainda está com essa cara, acalme-se! Vou te ajudar a solucionar as dúvidas mais frequentes sobre swing trade
Se chegou até esse tópico e ainda está com essa cara, acalme-se! Vou te ajudar a solucionar as dúvidas mais frequentes sobre swing trade

Existem algumas dúvidas muito frequentes sobre estes assuntos, então decidi separar um tópico exclusivamente para respondê-las. Vamos conferir:

O que é básico no Swing Trade?

O trader precisa, obrigatoriamente, ter uma plataforma gráfica com cotações em tempo real e que roteie ordens de compra e venda.

Isso é essencial para quem deseja operar ações no swing trade, ou qualquer outro ativo.

Hoje em dia, praticamente todas as grandes corretoras disponibilizam tais plataformas, que te ajudarão muito na sua tomada de decisão.

Digo isso pois até é possível operar com o celular, mas não é nada recomendado. Sua análise ficará bem comprometida.

E não pense que você precisará de um supercomputador. Os programas gráficos são leves e não exigem muito processamento da sua máquina.

Além disso, pessoalmente recomendo que você tenha 2 monitores. Não é algo obrigatório, mas pode te ajudar muito com suas análises.

Qual o valor mínimo para swing trade?

Como já disse em um tópico mais acima, não existe um valor mínimo obrigatório.

Mas o que você deve ter em mente é que, nesse universo, retornos de 3% a 5% são nossos sonhos de consumo.

Se você pensa em ter algum valor específico de lucro por mês, leve em consideração que os retornos médios costumam ser um pouco menores que essas porcentagens, e com isso defina um valor mínimo para o seu caso.

O que é ser Stopado em bolsa de valores?

O stop nada mais é do que um mecanismo de proteção contra perdas ou de proteção de lucros.

É de extrema importância que todo trader aprenda a usar os stops da maneira correta. Não existe trader de sucesso que não tenha uma rígida disciplina no uso dos stops.

Portanto, ser stopado na Bolsa significa ter a operação interrompida por uma ordem stop que o próprio trader colocou na plataforma de negociação, estabelecendo um limite de prejuízo ou protegendo os ganhos.

Conclusão

O Swing Trade é uma modalidade de investimentos que carrega grandes oportunidades, trazendo um retorno financeiro elevado e um risco menor que outras modalidades como Day Trade, por exemplo.

Entretanto, como em qualquer área da vida e do mercado financeiro, você precisará estudar muito para ter resultados consistentes.

Pensando nisso, nós preparamos um treinamento intensivo 100% gratuito para você, que te ensinará toda a base necessária para que você aprenda como operar com o swing trade e começar sua jornada de maneira segura, eficiente e consistente!

Acesse já o Curso de Análise Técnica do Portal!

Espero que esse guia tenha te ajudado, e até a próxima!

Categorias

Marcos Moore

Marcos Moore é trader desde 2004, empresário e foi sócio-diretor da XP. É também autor de livros sobre o mercado.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.