O que você quer aprender?

Ir

Computador para Trader: Montando Uma Trading Station do Zero

Montar uma Trading Station é um desejo de grande parte dos traders. Neste post, você entenderá como montar um computador ideal para o trading, onde procurar todas as peças e ainda receberá algumas dicas essenciais para a hora das compras!

Trader Iniciante Nov 17, 2021

O que vamos discutir neste post?

O que é uma Trading Station?

Uma Trading Station nada mais é do que o computador de um trader. É nele que você realizará todas as suas operações, análises e estudos.

Já conseguiu perceber o quão importante ele é, não é mesmo?

É importantíssimo que seu computador seja compatível com a atividade que você deseja realizar. Te explico o motivo:

Sabemos que o day trade, por exemplo, exige um raciocínio rápido por parte do trader, e qualquer demora - seja por parte do operador ou do computador - pode custar toda a sua operação.

Sua Trading Station será realmente a sua companhia na trincheira, então é bom ter uma na qual se possa confiar.

É essencial que você tenha um equipamento no qual pode ter certeza que não vai te deixar na mão
É essencial que você tenha um equipamento no qual pode ter certeza que não vai te deixar na mão

Existem algumas recomendações importantes que você deve seguir para montar uma máquina eficiente, confiável e sem gastar tanto dinheiro.

Basicamente, podemos dividir um computador para trade em dois tipos de componentes: os indispensáveis e os periféricos.

Os indispensáveis são aqueles componentes essenciais, sem os quais não é possível ter a eficiência e confiabilidade desejada. Estes são:

  • Processador (CPU)
  • Placa-mãe
  • Memória RAM
  • Placa de vídeo
  • Armazenamento
  • Gabinete
  • Monitor
  • Fonte

Por sua vez, os componentes periféricos são:

  • Mouse
  • Teclado
  • Mousepad
  • No-break

Mas fique tranquilo, ao decorrer do texto você vai entender o quê são esses componentes, como encontrá-los e todas as suas funções na sua máquina.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

Qual sistema operacional usar?

O sistema operacional da sua Trading Station é provavelmente um dos primeiros tópicos que vêm à sua mente.

Muitos devem pensar logo de cara que o Windows é a melhor opção. Afinal, é o sistema operacional mais utilizado de todo o mundo, e todas as plataformas já estão configuradas para usar ele.

O Windows tende a ser a primeira opção da maior parte dos traders
O Windows tende a ser a primeira opção da maior parte dos traders

Entretanto, saiba que essa não é sua única opção.

Se por algum motivo você prefere utilizar outro sistema, como MAC ou Linux, é plenamente possível adequar seu computador às suas preferências.

Nesse caso, a coisa mais simples a se fazer é criar uma máquina virtual.

“Mas Caio, o que é isso?”

Resumidamente, uma máquina virtual é uma emulação.

Na prática, você irá emular um Windows através de outro sistema - Linux, MAC, Ubuntu, ou qualquer outro.

Ou seja, através do sistema de sua preferência, você vai conseguir operar normalmente sem dores de cabeça.

Aprenda a criar uma máquina virtual

Criar uma máquina virtual pode te ajudar muito, caso você seja adepto de algum outro sistema operacional diferente do Windows.

Entretanto, já que é um tema mais técnico, não vou me aprofundar muito neste tópico.

As informações mais importantes que você deve saber para criar sua máquina virtual estão disponíveis nos seguintes links, que indicam os modos de criá-la:

  1. Usando programas de emulação/virtualização
  2. Através do Boot Camp
  3. Ou uma dessas possibilidades no Linux

Quais componentes são importantes para montar minha Trading Station?

Vamos falar agora sobre um dos tópicos mais importantes de todo esse post: quais componentes comprar para a sua Trading Station.

Iremos falar agora sobre o que é importante olhar na hora de comprar cada componente, sem necessariamente entrar naqueles detalhes chatos das funcionalidades de cada um deles. Afinal, o objetivo desse post é te dar um norte para que você possa comprar um computador para traders.

E também vamos utilizar aquela divisão que já falei anteriormente: vamos separá-los entre os indispensáveis e os periféricos.

Indispensáveis

Alguns componentes, como já discutimos, são indispensáveis, em qualquer situação. Vamos conferir agora quais são estes:

Processador (CPU)

A primeira escolha deve ser do fabricante: AMD ou Intel.

Atualmente os processadores AMD estão tendo um custo x benefício melhor. Mas caso vá comprar um modelo AMD e não for usar uma placa de vídeo dedicada, cheque se o modelo de processador possui APU integrada (série A de processadores AMD).

Além disso, a velocidade ideal seria acima de 3.2GHz e 6MB de cache (uma memória de acesso rápido para as funções mais importantes de programas em execução). Esse modelo servirá como exemplo.

CPU encaixada na Placa-Mãe
CPU encaixada na Placa-Mãe

Placa-Mãe

Quanto à placa-mãe, o importante é pegar o encaixe certo com seu processador. No exemplo de CPU estamos usando um socket (encaixe) AM4. O primeiro filtro de busca será este socket. Em seguida vem o tamanho, do maior para o menor:

  • ATX
  • Micro-ATX
  • Mini-ITX

Placas-Mãe maiores possuem mais slots (encaixes) para placas de vídeo, memórias RAM, HDs/SSDs. Este é outro exemplo.

Comparação dos tamanhos dos chassis de Placas-Mãe, em polegadas
Comparação dos tamanhos dos chassis de Placas-Mãe, em polegadas

Memórias RAM

A memória é um dos componentes mais importantes de sua Trading Station.

Se você é aquele tipo de trader que, assim como eu, abre várias abas simultaneamente no computador, deve procurar por uma memória RAM de 16 GB.

A tecnologia atual é a DDR4 e as mobos atuais vêm com 4 slots de RAM, em média. Você pode comprar 1 pente apenas de 16GB ou optar por comprar 2 pentes de 8GB. Nos slots corretos, eles serão lidos como 1x16GB - ou seja, no final, dá na mesma.

Além disso, a frequência da memória não pode ser muito descolada da frequência do processador. Seguindo com exemplos, temos mais este.

Memória RAM
Memória RAM

Placas de vídeo

Este é, muito provavelmente, o objeto de maior interesse da maioria dos leitores deste post.

Atualmente, as placas vêm sofrendo com uma demanda exagerada, chegando a custar mais do que o dobro do que custavam um ano atrás.

Procure por placas com pelo menos 2GB de memória que suportem sua quantidade de telas e que tenham os conectores de vídeo necessários (e que caibam no seu gabinete). Separei este modelo pensando numa máquina com uma vida de pelo menos 3 anos dedicada somente ao trading.

Armazenamento: HD x SSD

Embora possuam maior capacidade de armazenamento, HDs são bem mais lentos que SSDs.

O motivo disso é que o HD é analógico e precisa ler o disco para acessar a informação ou programa, enquanto o SSD, embora armazene menos, é digital e essa informação é acessada quase instantaneamente. Este é um bom exemplo de SSD com espaço suficiente para você fazer suas operações e até mesmo armazenar gravações de tela que faça.

Tenha isso em mente antes de fazer a sua compra.

Gabinete

O importante em um gabinete é que ele seja do tamanho certo para guardar todos os componentes, e que também tenha um espaço necessário para a ventilação.

Para isso, recomendo que meça as peças e certifique-se de que o gabinete tenha o tamanho de Torre certo para a máquina; - mini, mid ou full tower.

Medidas das torres em polegadas
Medidas das torres em polegadas

Monitores

Esse é um dos meus tópicos favoritos.

Caso você não saiba, minha Trading Station possui 8 monitores, o que me ajuda demais nas minhas operações diárias e no meu trabalho aqui no Portal.

Entretanto, não ache que você também deve ter tantas telas assim, principalmente se estiver no início de sua jornada como trader. Realmente não é necessário.

Se quer uma qualidade de cor superior, procure por monitores IPS.

Entre monitores wide e ultrawide é mais uma questão de gosto e bolso, eles não possuem tantas diferenças práticas assim

Se por um lado dois monitores wide fornecem mais espaço, por outro deixam moldura em suas bordas, consomem mais energia e possuem mais cabos para você lidar.

A frequência de um monitor vai afetar o cansaço na visão e a sensação de fluidez de quadros na tela. O tempo de resposta (delay) de um monitor será a coisa mais impactante no seu desempenho como trader.

Por isso, é essencial que use monitores com menos de 50ms (0.05s) de delay, pois, acima disso, sua visão pode começar a ser afetada, e você pode sofrer com um lag nos movimentos e no envio de ordens.

Se você possui menos espaço, um monitor ultrawide pode ser mais adequado
Se você possui menos espaço, um monitor ultrawide pode ser mais adequado

Também existe a possibilidade de você usar uma TV como monitor!

Nesse caso, os modelos mais antigos possuem um delay de até 200ms (0,2s). Caso pretenda usar uma TV, confira seu tempo de resposta para não sofrer com atrasos na horsa de operar. Alguns modelos mais novos vêm sendo lançados com delays cada vez menores.

Esse modelo tem bom tamanho, baixo consumo e tem ficado mais barato ao longo do tempo

Fonte

Esse talvez seja o tópico mais delicado deste post

Digo isso porque até mesmo as melhores marcas produzem fontes que são muito, muito ruins.

Apenas olhar a potência não basta. É importante saber a eficiência da fonte, afinal você paga pela energia desperdiçada pela fonte enquanto usa o computador. A eficiência da fonte nos dá tanto uma noção tanto de quanta energia ela consegue distribuir (nunca é igual ao valor do rótulo) quanto da qualidade dessa distribuição frente ao desperdício.

Atualmente existe a certificação 80 Plus, feita por um laboratório independente.

Tabela de eficiência por carga de cada categoria do selo 80 Plus
Tabela de eficiência por carga de cada categoria do selo 80 Plus

Se estiver seguindo à risca este artigo, uma fonte 80w Plus bronze de 650w como essa estará lhe servindo muito bem.

Periféricos

Saiba uma coisa desde já: você não precisa de equipamentos gamer de última geração para sua Trading Station.

Seu gabinete não precisa ser cheio de luzes, seu teclado não precisa ter botões coloridos e ultra modernos, e sua cadeira não precisa custar R$2 mil reais.

Afinal, não é a variedade de cores que vai afetar seu desempenho.

Como o nome desta categoria sugere, os seguintes componentes são periféricos, ou seja, nada mais que pequenos confortos, que muitas vezes têm melhor durabilidade frente a modelos mais genéricos.

Alguns destes são:

  • Mouse - Alguns modelos de mouses gamer possuem integração com aplicativos do fabricante que permitem modificar seus DPIs (pontos por polegada),

Na prática isso afeta a sensibilidade de movimento do mouse. O que pouca gente sabe é que é possível alterar o DPI do mouse através do Windows.

  • Teclado - Existe uma diferença prática entre teclados mecânicos, onde as teclas são acionadas uma por vez através de um switch (uma espécie de interruptor/alavanca) e os teclados tradicionais, chamados de membrana (o acionamento das teclas é via uma membrana de silicone que, quando pressionada aciona o comando na placa de circuitos interna).

Há duas principais diferenças entre eles: a batida/velocidade - alguns switches possuem acionamento em metade da pressão na tecla. Ou seja, basta pressionar a tecla em metade de sua profundidade que o comando será executado; e o chamado ghosting, que é quando um comando requer o acionamento de múltiplas teclas ao mesmo tempo e o teclado não executa integralmente o comando.

Teclados mecânicos possuem uma prevenção contra esse efeito em sua arquitetura.

  • Mousepad - O importante num mousepad é que ele fique bem fixo sob o mouse. Caso ele fique deslizando enquanto você movimenta o mouse, os movimentos na tela podem sair errados, e te prejudicar na hora de operar.

Além disso, lembre-se de mantê-lo limpo para que não suje os sensores do mouse.

  • No-breaks - São um pequeno luxo, e não fazem tanta diferença prática assim. A menos é claro, que você precise zerar sua posição rapidamente após uma queda de energia.

Se sua internet cair junto com sua luz, o no-break evita maiores danos ao seu computador.

Entretanto, são um custo a mais na conta de energia, e podem gerar picos de tensão desnecessários na fonte.

Se possível, dê preferência aos componentes periféricos com cabo, pois estes perdem menos dados no caminho até a entrada USB, e por isso têm menos risco de travarem.

Onde comprar os componentes para minha Trading Station? Principais dicas

Chegou a hora tão aguardada: veremos agora as melhores dicas para comprar as principais peças para seu PC para trading, como cuidar delas e muito mais!

Se você não está habituado a comprar online é preciso tomar cuidado com algumas coisas antes de efetuar a compra:

Antes de comprar, recomendo que você pesquise o preço histórico e atual em sites como o Buscapé, por exemplo.

Isso é importantíssimo para evitar cair em promoções enganosas - as famosas promoções “por metade do dobro”.

Se for realizar sua compra, a depender do lugar, tente negociar. Caso vá comprar tudo em um lugar só, tente algum desconto, ou até cheque se a empresa não consegue enviar tudo já montado para você.

Você pode comprar em lojas especializadas nessas peças, no Mercado Livre, em lojas de eletrônicos em geral, e muito mais. Recomendo uma boa pesquisa prévia para filtrar as melhores opções.

A Terabyte pode ser uma ótima opção, pois ela permite que você personalize seu computador, e ainda por cima entrega seu PC já montado na porta da sua casa.

Preste muita atenção na garantia de todos os produtos, pois ela pode acabar sendo útil quando você menos esperar. Nunca se sabe o dia de amanhã.

Agora mais algumas dicas essenciais para o bom aproveitamento da sua máquina:

  • Lembre-se de ter um pen-drive com o Sistema Operacional que irá usar. Sistemas Operacionais não vêm de fábrica, salvo algumas lojas que instalam junto com a montagem.
  • É bom trocar a pasta térmica da CPU pelo menos uma vez ao ano, para que ela não pare de distribuir corretamente o calor para o cooler. Se você usa um watercooler, confira o tempo de troca ideal do fluido de refrigeração. Não o mantenha muito próximo às paredes, pois isso atrapalha a ventilação interna da máquina.

Desktop ou notebook: qual escolher para operar?

Desktop ou notebook: qual é a melhor escolha para operar?
Desktop ou notebook: qual é a melhor escolha para operar?

Essa é uma dúvida muito comum dentre os traders que buscam montar a sua primeira Trading Station: comprar um desktop ou um notebook?

E posso te responder isso com a minha própria experiência.

Em todos os meus anos de mercado, já utilizei ambos, e posso te garantir que tanto o desktop quanto o notebook são ótimas opções.

Entretanto, fico com o desktop - também chamado de Torre - por conta de seu desempenho.

Os notebooks, apesar de mais práticos e consumirem menos energia, devem estar sempre acompanhados de uma internet cabeada e possuem uma limitação na capacidade de upgrades, e ainda por cima não desempenham tão bem quanto um bom desktop.

Os desktops, apesar de não serem tão práticos como uma Trading Station, desempenham bem melhor que um notebook - pois um mesmo modelo de processador para desktop e notebook é mais forte em sua versão para a Torre. Também são mais abertos a upgrades e menos suscetíveis à obsolescência frente aos portáteis.

O que procurar em um Notebook?

Caso mesmo assim opte por um notebook, você deve sempre procurar por alguns elementos antes de fazer a sua compra:

  • Processador quad-core de pelo menos 2.8 GHz (pode ser com o clock turbo)
  • 12 GB de memória
  • Placa de vídeo dedicada (acabam sendo mais caros, mas, em compensação, desempenham mais)
  • Internet cabeada (indispensável)

É importantíssimo que você leve esses pontos em consideração antes de comprar seu notebook. Separei este modelo por conta de sua longa vida útil, podendo te acompanhar nas trincheiras por pelo menos 4 anos.

Mas cuidado, pois em períodos de black friday, notebooks estão entre os itens que mais sofrem alteração de preço.

O que procurar em um Desktop?

Caso opte por um Desktop, preste muita atenção nos seguintes pontos antes de finalizar sua compra:

  • Processador quad-core (cerca de 3 GHz e 12 GB de RAM)
  • Placa de vídeo dedicada (pelo menos 2 GB)
  • Uma  fonte eficiente (sua conta de luz agradecerá e seus componentes não irão “gargalar”)

Esses são os pontos indispensáveis para um desktop.

Entretanto, saiba de uma coisa: quanto mais telas e gráficos você quiser usar, mais memória de vídeo e processamento gráfico serão necessários.

Além do mais, caso compre peças ou mesmo uma máquina usada, certifique-se de que elas estejam, no mínimo, ainda na garantia do fabricante.

E se eu quiser operar pelo celular?

Essa é uma pergunta que recebo diariamente no meu Instagram: “Caio, posso operar pelo celular?”, ou “Caio, meu celular pode ser a minha Trading Station?”.

E a resposta para isso é bem simples:

Todos aqui sabemos que trading requer foco, atenção, precisão e técnica.

Se você consegue dominar todos esses atributos através de uma pequena tela de no máximo 6 polegadas, eu tiro meu chapéu pra você.

Se até em telas multimídia, com uma variedade de monitores e processadores de última qualidade o trading já é extremamente desafiador, como você imagina que será através de um celular?

Particularmente, os únicos momentos em que opero pelo celular é quando algum grande imprevisto acontece e tenho de zerar rapidamente o broker pelo celular ou através de um assessor de investimentos.

De resto, celular é apenas para memes, Whatsapp e ligações (nessa ordem de importância, rs).

Infelizmente, operar no celular não te dará muitas chances de alcançar resultados consistentes no trading
Infelizmente, operar no celular não te dará muitas chances de alcançar resultados consistentes no trading

Como deve ser a internet da minha Trading Station?

A internet, sem dúvida alguma, é um dos pontos mais importantes de toda a sua Trading Station.

É essencial que ela seja rápida, mas também estável. Com a tecnologia de hoje, a fibra óptica fornece uma velocidade satisfatória e alguma estabilidade a preços cada vez mais acessíveis.

Entretanto, você deve prestar atenção em um detalhe: para velocidades acima de 100 mbps, é necessário um roteador com porta gigabit ethernet (10/100/1000 mbps).

O alcance do seu wi-fi é irrelevante, pois sua internet deverá ser cabeada sempre. E isso nos leva a mais uma pergunta: qualquer cabo serve?

Para fins de estabilidade, a resposta é não. Busque sempre o melhor cabo possível, isso pode realmente fazer uma boa diferença.

No que se refere à velocidade, o Profit, por exemplo, recomenda pelo menos 15 mbps, mas é bom ter pelo menos o dobro disso, especialmente nos dias mais movimentados.

Cabos de rede

Cabos de Categoria 6 e 7 tendem a ser o melhor custo x benefício, pois possuem isolamento melhor nos fios e recebem menos interferência eletromagnética no caminho, resultando em menor perda de pacotes e em maior estabilidade da conexão.

Conclusão

Não é segredo pra ninguém que, neste período de pandemia, os preços de diversas peças e periféricos estão bem fora do padrão.

Por isso, talvez sua busca por um bom negócio demore um pouco mais que o esperado. Mas não se desespere, é um investimento que valerá a pena.

Afinal, de que serve um guerreiro com uma armadura ultrapassada?

Seu computador para trading será, como disse logo no começo do post, seu companheiro na trincheira. Ele te acompanhará nos momentos em que você sorri de felicidade após uma operação bem sucedida e também quando chorar após um prejuízo inesperado.

Espero ter conseguido ajudar a esclarecer pelo menos o que olhar na hora de montar seu fiel escudeiro no mercado.

Entretanto, é bom lembrar que ele não será seu salvador da pátria.

Para alcançar resultados consistentes nas suas operações, é preciso conhecimento e muito estudo, e não apenas equipamentos de primeira qualidade.

E para isso, nós, professores do Portal do Trader, estamos disponibilizando gratuitamente mais de uma dezena de Cursos Gratuitos de Trading, pensados especialmente para você que está começando agora sua jornada no mercado. Acesse já!

Após este post, você já será capaz de dar seus primeiros passos na busca pela sua Trading Station.

Quando montar a sua, não esqueça de tirar uma foto e me marcar lá no Instagram (@caio_sasaki)!

Até o próximo post!

Categorias

Caio Sasaki

Especialista em Fluxo e Tape Reading e uma das maiores referências do mundo trader no Brasil.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.