O que você quer aprender?

Ir

Trade Criptomoedas: o que é, como funciona e como montar sua estratégia

O trade de criptomoedas é uma das principais modalidades de investimento do mercado financeiro hoje. Quer saber como isso funciona na prática e como você pode montar sua própria estratégia? Então me acompanhe até o final deste post!

Criptomoedas Fev 01, 2022

O que vamos discutir neste post?

Como funciona o trade de criptomoedas?

Como operar criptomoedas?
Como operar criptomoedas?

O trade de criptomoedas não é tão diferente do trade de outros tipos de ativos.

Assim como com ações, contratos e qualquer outro ativo, esse tipo de trade se refere às transações entre criptomoedas e outras stablecoins ou moedas fiduciárias feitas por compradores e vendedores em espaços dedicados para isso.

No caso das moedas digitais, esse espaço está presente nas exchanges, que reúnem usuários interessados em negociar diversos tipos de moedas diferentes.

Ou seja: um trade de criptomoedas ocorre quando um comprador adquire alguma moeda em troca de uma stable coin ou moeda fiduciária (USDC, por exemplo), ou vice-versa.

Portanto, lembre-se que todo trade desse tipo é feito em pares, diferentemente das negociações de contratos futuros da Bolsa, por exemplo.

No caso da Bolsa de Valores, em um trade de contratos, as partes estão sempre comprando e vendendo o mesmo ativo (dólar, índice ou qualquer outro futuro).

De resto, é uma operação comum, não muito diferente dos outros tipos de trades.

Ao longo deste post você vai descobrir que algumas das principais diferenças entre as criptomoedas e os outros ativos são:

  • Liquidez
  • Ambiente de negociação
  • Capital necessário

Ficou interessado? Então fique comigo até o final para tirar todas as suas dúvidas!

E se quiser se aprofundar mais neste tema, acesse já o Curso Gratuito de Criptomoedas do Portal do Trader, em que eu, Gabriel Fioravante e o professor Caio Sasaki explicamos toda a base necessária para que você possa aprender a negociar criptomoedas com segurança e eficiência!

Principais estratégias de trade para investir em criptomoedas

Qual estratégia escolher?
Qual estratégia escolher?

O trade de criptomoedas, assim como em outros ativos, permite a utilização de diversos tipos de estratégias e abordagens diferentes.

Se você conhece um pouco sobre o mercado financeiro, deve saber que existem diversos tipos de traders: os adeptos ao curtíssimo prazo, também conhecidos como day traders, aqueles que operam em prazos um pouco mais longos (swing traders), e muito mais.

Esse é um mercado que dá muita liberdade aos seus usuários, e por isso é muito importante conhecer um pouco mais sobre cada estratégia, a fim de poder escolher aquela que melhor se encaixa com seu perfil de investidor.

Vamos conhecer agora as principais estratégias de trade para investir em criptomoedas:

Arbitragem

A arbitragem é uma estratégia de trade clássica, mas hoje em dia é pouquíssimo aplicada às criptomoedas.

Isso acontece pois, hoje em dia, a precificação da maioria das exchanges é bem similar, o que não era nada comum por volta de 2017.

Dessa maneira, é quase impossível conseguir um spread aceitável, o que torna muito difícil conseguir fazer uma arbitragem.

Hoje em dia, não recomendaria que você adotasse a arbitragem sem um mecanismo de automação. E como você já deve imaginar, isso torna tudo muito mais complexo…

Em resumo: mesmo com um complexo sistema de automação, provavelmente você, investidor pessoa física, terá margens muito baixas, tornando essa estratégia uma das menos lucrativas hoje em dia.

HODL

Charlie Munger(esquerda) e Warren Buffett (direita), dois dos maiores investidores da história
Charlie Munger(esquerda) e Warren Buffett (direita), dois dos maiores investidores da história

A estratégia do HODL é uma das mais adotadas e conhecidas do mercado de criptoativos.

Você pode estar estranhando esse termo esquisito, mas saiba que ele tem uma história muito engraçada por trás!

Mas antes vamos entender o que ele significa, e no final desse tópico vou te contar essa história.

Esse termo se refere à estratégia do “Buy & Hold”, tão conhecida entre os investidores de longo prazo e fãs dos grandes investidores Warren Buffett, Charlie Munger e Benjamin Graham.

Essa tática se baseia na ideia de comprar e não procurar vender determinado ativo por tempo indeterminado.

Você já deve ter ouvido falar daquelas pessoas que compraram algumas Bitcoins logo no nascimento da moeda e hoje em dia devem estar multi-milionárias - se não bilionárias…

Se essas pessoas esperaram um bom tempo para vender suas moedas, podemos dizer que elas praticaram a estratégia do holding.

E esse holding pode ser feito de duas formas:

Forma ativa

Nessa forma, o trader faz uma gestão ativa da sua carteira.

Ele monitora os gráficos do ativo, vende-os quando o preço começa a cair, e tenta recomprá-los quando estiver em um patamar de preços mais baixo.

Forma passiva

É a forma mais popularizada entre os holders. Nessa abordagem, o trader não se preocupa tanto com precificação, mas sim com aportes constantes por tempo indeterminado…

E agora te dou uma dica: preste muita atenção no seu preço médio.

Recomendo fortemente que você utilize uma planilha para registrar todas as suas operações, para que possa calcular seu preço médio com precisão.

Agora, como prometido, vou te contar a história de como essa estratégia ganhou o apelido de “HODL”:

Em 2013, o Bitcoin atingiu um grande marco: o valor de U$1.000!

Nesse momento, diversos traders de BTC se animaram e venderam grande parte de suas carteiras para realizar esse lucro o mais rápido possível.

Entretanto, um usuário do fórum BitcoinTalk chamado GameKyuubi decidiu remar contra a correnteza, e publicou um post afirmando categoricamente que, diferentemente dos outros traders, ele manteria toda a sua posição!

Todavia, ele decidiu abrir uma garrafa de whisky antes de escrever o post. E bom, acho que você já imagina qual foi o resultado…

O post de GameKyuubi se tornou um dos maiores memes da internet!

O texto estava hilário, a escrita claramente confusa e, ainda por cima, ele estava indo totalmente contra a maré do mercado.

E não pense que acabou por aí. A cereja do bolo foi o seu título:

“I AM HODLING!”

Era impossível isso não viralizar…

Desde então, a comunidade de criptomoedas adotou o termo “HODL” para definir a estratégia de holding.

Nesse link você consegue ver o post original e se divertir!

Trade

Hora de entrar em uma das partes mais importantes deste post!
Hora de entrar em uma das partes mais importantes deste post!

Agora entramos em uma modalidade um pouco mais complexa: o trading propriamente dito.

Antes de tudo, acho importante esclarecer um ponto que é válido tanto para day traders quanto para swing traders.

Em ambas as modalidades, é possível trabalhar na conta à vista (spot) ou na conta margem.

Nesta primeira, como você deve ter entendido pelo próprio nome, o funcionamento é idêntico ao do mercado à vista de ações.

Já a segunda conta funciona de maneira diferente. Na conta margem, você pode se alavancar a partir de empréstimos de criptomoedas de outros usuários.

Além disso, você também pode negociar no ambiente de contratos futuros de criptomoedas.

No universo das criptomoedas, existem dois tipos de contratos: os perpétuos e os delivery.

  • Contrato perpétuo

Os contratos perpétuos têm uma característica bem clara: eles não possuem vencimento. A cada 8 horas do contrato em aberto na sua conta uma pequena taxa de ajuste é paga.

  • Contratos delivery

Por outro lado, no contrato delivery existe uma “entrega” do ativo.

De maneira resumida, se você estiver vendido, precisará entregar suas moedas para a outra parte no dia do vencimento do contrato.

Assim como no mercado de ações, você também pode entrar tanto long quanto short nas vendas, e usar isso como forma de proteção caso deseje.

Vamos conferir como funcionam as estratégias de day trade e swing trade de criptoativos:

Day Trade

Para ser um day trader, é necessário iniciar e encerrar suas operações no mesmo pregão
Para ser um day trader, é necessário iniciar e encerrar suas operações no mesmo pregão

A primeira coisa que você deve saber é que o período que o day trade de criptomoedas está disponível é das 21h de um dia até as 21h do dia seguinte.

Isso acontece porque, como você já deve saber, o day trade é a modalidade de investimentos em que o trader compra e vende determinado ativo no mesmo pregão.

O principal objetivo do day trader é lucrar com as pequenas oscilações de preços que ocorrem em um período de 24 horas.

Mas no caso das criptomoedas, você deve estar atento a um ponto bem importante: esse é um tipo de ativo muito volátil.

É totalmente diferente de operar ativos com uma volatilidade mais baixa, então preste bastante atenção nisso.

Swing Trade

Se você pretende fazer swing trade de criptomoedas, preste muita atenção no ponto que discutimos no começo do tópico de trade.

Se você decidir operar contratos futuros de Bitcoin, por exemplo, deve conhecer muito bem esses dois tipos de contratos: os perpétuos e os delivery.

No primeiro, você consegue fazer um swing trade de semanas ou até de um mês, mas saiba que deverá pagar uma taxa a cada 8 horas. Tome cuidado para não acabar com sua rentabilidade.

Por outro lado, se optar por um contrato delivery, tenha em mente que deverá entregar seus Bitcoins no final do vencimento.

Ordens para negociar em criptomoedas

Quais são as ordens para operar criptomoedas?
Quais são as ordens para operar criptomoedas?

Existem três principais ordens para negociar criptomoedas com eficiência: ordem market, limit e stop.

Elas automatizam suas operações, e te permitem planejar sua operação e executá-la sem precisar ficar o tempo todo diante do mercado.

Vamos entender mais sobre essas ordens:

Ordem Market

A ordem market é a mais simples de todas. Quando você colocar uma ordem a mercado, ela será executada imediatamente pelo melhor valor do book.

Ou seja, você tem controle absoluto sobre a quantidade que vai ser comprada, mas não sobre o valor da operação - isso está nas mãos do mercado.

Além disso, é importante saber que, ao comprar a mercado, você acaba pagando uma taxa maior.

Ordem Limit

A ordem limit possibilita que você defina o preço que quer pagar na sua criptomoeda.

Se você colocar uma dessas ordens a determinado valor, ela só será executada - de forma automática - quando o ativo atingir esse valor.

Enquanto esse valor não é atingido, sua ordem fica no Book de Ofertas, apenas aguardando o mercado.

Ordem Stop

A ordem stop é bem semelhante à ordem limit, mas com apenas uma diferença: nessa ordem, você define um valor que será um referencial, e sua ordem será executada a mercado após o ativo atingir esse valor.

Um pouco confuso, não é mesmo? Então deixa eu te explicar com um exemplo.

Vamos supor que eu defini uma ordem stop de compra de R$50,00.

Quando o preço atingir esse valor, ela será executada a preço de mercado - que não necessariamente será o valor que escolhi.

Como fazer o trade de criptomoedas? Confira 5 dicas valiosas

Confira 5 dicas imperdíveis para começar a operar criptomoedas!
Confira 5 dicas imperdíveis para começar a operar criptomoedas!

Os princípios que regem o trade de criptomoedas são os mesmos de grande parte dos ativos do mercado.

Neste tópico, vou te dar 5 dicas valiosíssimas para se tornar um grande trader de criptomoedas!

Vamos conferir:

1. Estude o mercado

Sempre estude o mercado para conhecer o ambiente em que você vai operar
Sempre estude o mercado para conhecer o ambiente em que você vai operar

Estudar o mercado é o primeiro passo para fazer trade em criptomoedas.

Afinal, de que serve um trader que não conhece o mercado em que opera?

É como um time de futebol sem entrosamento.

Ou seja, a receita para um fracasso.

Para estudar o mercado com eficiência, recomendo começar pelo post O que é bitcoin e como funciona? Confira dicas para investir! aqui do Blog do Portal do Trader!

Você conseguirá ter uma base para nortear seus estudos com qualidade.

Além disso, assista ao curso gratuito sobre criptomoedas que gravei junto com o trader e professor Caio Sasaki aqui no Portal do Trader!

2. Escolha a plataforma com cuidado

Escolher a plataforma é um fator muito importante para poder operar com eficiência.

Existem diversas opções de plataformas e exchanges para escolher, e tudo vai depender dos seus objetivos e experiência.

Mas não se preocupe, mais para frente neste post discutiremos como escolher uma corretora para operar criptomoedas!

3. Defina sua estratégia de trade

No começo deste post, você aprendeu sobre as principais estratégias de trade.

Pois bem, agora é hora de decidir qual será a sua.

Para isso, é importante que você conheça bem a si mesmo.

Como você pode escolher sua abordagem se não sabe quais são seus objetivos e circunstâncias?

Afinal, uma pessoa extremamente atarefada e ocupada dificilmente se dará bem no day trade. Para essa modalidade, é necessário muito tempo diante da tela, principalmente no começo.

Pense bem nesses pontos e decida com cautela a sua estratégia.

4. Comece comprando aos poucos

Jamais comece apostando tudo.

No começo da sua jornada, seu capital é limitado, assim como sua experiência e psicológico.

Não acredite que você conseguirá apostar tudo e ainda sair lucrando. Jamais parta dessa premissa.

No começo, é importante operar apenas com um capital que você está disposto a perder.

Pois além de ter de lidar com o fato de ter perdido seu dinheiro, sua pressão psicológica será enorme.

E como você pensa que vai conseguir se manter no jogo no longo prazo se pretende começar sua carreira com uma pressão insustentável?

Comece comprando aos poucos, e não tenha pressa.

Um bom trader não se molda do dia para a noite.

5. Nunca pare de estudar

Independentemente do que os outros façam, nunca pare de estudar. Não se acomode com o conhecimento que você tem
Independentemente do que os outros façam, nunca pare de estudar. Não se acomode com o conhecimento que você tem

Essa é, provavelmente, a dica mais importante que eu posso te dar.

O mercado evolui constantemente, e nenhum trader profissional pode se dar ao luxo de aposentar seu caderno de estudos.

Se você quer levar esse mercado a sério, não deve parar de estudar e de se atualizar nunca.

A cada aprendizado novo você ganha um recurso extra para utilizar em suas operações. Nunca - nunca! - será tempo perdido.

Como interpretar os gráficos do trade em criptomoedas?

Como interpretar todos esses gráficos?
Como interpretar todos esses gráficos?

Graficamente falando, o mercado de criptomoedas tem muita liquidez e muita volatilidade.

Por esse motivo, os gráficos são bem mais claros que da maioria dos ativos. Se você é um analista técnico, deve prestar muita atenção nisso.

Dessa maneira, você pode acabar tendo algumas facilidades ao operar cripto que não ocorreriam caso fosse operar ativos da Bolsa, por exemplo.

Isso é o mais importante. A partir do momento que você se aprofundar em Análise Técnica e Price Action, poderá aproveitar bastante os gráficos do trade em criptomoedas.

Como escolher uma corretora para fazer trade em criptomoedas?

Nessa etapa, você deve prestar muita atenção na confiabilidade da corretora.

Para isso, recomendo que você pesquise sobre seus clientes, histórico de reclamações na internet e compare todas as corretoras disponíveis no mercado.

Fuja de corretoras muito suspeitas ou que ofereçam ofertas boas demais para serem verdade.

Tome cuidado: esse é um ambiente sem leis. Podem surgir corretoras golpistas debaixo do seu nariz sem você nem perceber…

Hoje em dia, temos como principais corretoras para trade a Binance e a FTX. Se você se encaixa nesse perfil, busque criar sua conta em uma das duas de preferência.

Ponto importante: a corretora escolhida deve proporcionar volume e liquidez.

Isso acontece pois, já que não existe uma Bolsa de Valores das criptomoedas, a corretora irá atuar como contraparte.

Perguntas frequentes sobre trade criptomoedas

Restou alguma dúvida?
Restou alguma dúvida?

Chegou a hora de responder às dúvidas mais frequentes sobre trade de criptomoedas. Vamos conferir:

É preciso ter muito dinheiro para iniciar?

Definitivamente não!

Nas maiores corretoras de criptomoedas como Binance e FTX, você precisa de apenas U$10 para começar a operar! Isso é por volta de R$55, de acordo com a cotação do momento em que escrevo este post.

E o melhor: você pode usar esse dinheiro da maneira que quiser.

Pode usar para comprar à vista, para se alavancar, e muito mais. A escolha é totalmente sua.

Qual a melhor criptomoeda para fazer trade?

Posso responder a essa pergunta analisando o volume negociado de cada criptomoeda.

Usando este critério, as melhores criptomoedas para trading são:

  • Bitcoin
  • Ethereum
  • Solano
  • Cardano
  • Binance Coin
  • Avalanche

Essas são algumas das melhores moedas para trading, mas não são as únicas. Por via de regra, qualquer uma das 10 criptomoedas mais negociadas do mercado são uma boa opção.

Conclusão

O trade em criptomoedas é uma das modalidades de investimento mais promissoras de todo o mercado financeiro. A cada dia que passa, a tecnologia das moedas digitais vai se atualizando, e o mercado como um todo vai se desenvolvendo.

Neste post, você teve uma explicação básica sobre os principais pontos que deve prestar atenção para se tornar um trader de criptomoedas.

Você aprendeu sobre as principais estratégias e abordagens, os tipos de ordens, dicas essenciais e ainda por cima recebeu um passo a passo de como começar!

Agora é hora de dar mais um passo nos seus estudos - e sem pagar nada por isso!

Acesse já o Curso Gratuito de Criptomoedas do Portal do Trader, e aprenda ainda mais sobre esse universo das moedas digitais que não é apenas o futuro do mercado, mas já é o presente.

Espero que esse conteúdo tenha te ajudado, e nos vemos no próximo post!

Imagem do autor - Eduardo Becker

quero aprender agora

Categorias

Gabriel Bueno Fioravante Notário

MBA Global Broker IBMEC e entusiasta do ambiente de cripto-ativos desde 2016. Foi Analista da Nelogica e hoje é criador da @des.crypto, instagram focado em descomplicar informações sobre criptomoedas.

Espero que você aprenda com esse artigo.

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.