Ter inteligência emocional é saber agir de forma congruente e proporcional ao resultado que você deseja. Aquele estereótipo de que uma pessoa com inteligência emocional é igual a um monge, sempre em paz, é um grande exagero, pois não se trata de reprimir os sentimentos, mas de direcioná-los para um fim específico. 

No caso do monge, o seu objetivo pode ser uma ascese espiritual, um estado de paz etc. Portanto, todos os seus sentimentos devem ser direcionados para esses objetivos. Já no caso de um soldado no meio de um campo de batalha, o objetivo é sobreviver e eliminar o maior número de inimigos possível. Para tanto, ele deve direcionar os seus sentimentos para conseguir seguir em frente, ter coragem, força, persistência e coisas do tipo.

Para quem é trader, a lógica é a mesma. Mas, para chegar num bom nível de inteligência emocional, é preciso desenvolver algumas competências. Vamos falar um pouco sobre elas?

1- Autoconsciência

Ter autoconsciência é conseguir perceber o que acontece com você mesmo, o que você está sentindo, o que está pensando etc. Tudo isso passa despercebido para muitas pessoas, principalmente para aquelas que levam o dia a dia no “automático”, sem parar para refletir de vez em quando. Porém, no caso dos traders, isso pode ser um grande problema.

Principalmente para quem está começando a operar, identificar os movimentos interiores é uma maneira de evitar o descontrole emocional e, portanto, as chances de cometer overtrading. Nós falaremos mais sobre isso nas aulas seguintes.

2- Autocontrole

Uma vez identificados os seus sentimentos, pensamentos e movimentos interiores em geral, é muito mais fácil exercer controle sobre eles. Afinal, antes de controlar algo, você precisa saber que esse algo está ali, não é mesmo?

O autocontrole é o que realmente pode mudar o jogo para quem opera e está muito ligado à disciplina. Por isso, mais para frente haverá uma aula específica sobre esses assuntos. 

3- Automotivação

A automotivação é uma espécie de força interior que impele você para o movimento, para a ação. Motivação, em sua raiz, significa “um motivo para a ação”; já “auto” é um prefixo que indica quando algo vem ou pertence a quem está falando. Então, a automotivação é um motivo para a ação que vem de “dentro” de você. 

Mais para frente falaremos sobre ela também, em mais detalhes. O importante é você guardar esses três conceitos na memória e observar como eles são trabalhados nas aulas seguintes.


Os especialistas do Portal do Trader desenvolveram um plano completo para você evoluir seu operacional, seja começando do zero ou aprimorando suas técnicas preferidas. Aprenda hoje mesmo com aulas que já estão liberadas: Comece o Plano TNT.

Avaliações da aula:
4,8 (197)
assista o vídeo até o fim para avaliar

Publicação: 10/08/2021 20:00
Atualização: 27/08/2021 17:06