Price Action

O Price Action é um dos fundamentos de toda a análise dos preços. Essa técnica tem séculos de idade e nasceu quando começou a plotar o comportamento dos preços pelo tempo, em um gráfico. Antes de toda a análise técnica que conhecemos hoje, o Price Action, ou naked chart, busca entender e projetar possíveis movimentos dos preços ao se analisar o histórico de negociações.

No Price Action, nós conseguimos identificar uma série de variáveis que são muito mais que pontos no gráfico, algumas remetem inclusive à psicologia do mercado, como, por exemplo, a memória do mercado. Quando identificamos níveis que são testados várias vezes, podem significar que os investidores têm memória em relação a eles. São os chamados suportes (caso os preços estejam acima) e resistências (caso os preços estejam abaixo).

Por exemplo, determinada ação da empresa XYZ se valoriza até o nível de R$20 e cai, testa novamente esse patamar e voltar a cair, e assim por diante. Isso significa que os investidores acham caro o nível de R$20 e posicionam suas ordens de venda nessa região, criando uma faixa de negociações que todo o mercado fica de olho quando os preços a atingem. Se, eventualmente, o mercado tiver força compradora para romper os R$20, haverá, portanto, uma escassez de ordens de venda e o preço pode deslanchar para cima a partir daí.

Esse é um exemplo ilustrativo, não é toda ação que ancora suas expectativas no nível de R$20, mas serve para verificarmos como o Price action nos ajuda a vislumbrar determinados níveis que podem trazer expectativas de compra ou de venda. Um estudo histórico da ação do próprio preço pode nos indicar qual o melhor tipo de atitude tomar perante o mercado: se comprar, se vender ou mesmo (muito importante no day trade) se é hora de ficar de fora. Mais relevante que a hora de entrar e sair é a hora de ficar de fora. O day trade pode criar muita ansiedade no operador, mas é muito importante ter as ferramentas mentais para encarar o dia a dia do mercado. Sobre a parte psicológica falaremos mais para a frente.