O que você quer aprender?

Ir

O que são BDRs (Brazilian Depositary Receipts)? Descubra os tipos e se vale a pena investir

Neste artigo, vamos falar sobre os BDRs, um dos ativos preferidos dos investidores da Bolsa, que te abrem as portas para os mercados do exterior! Discutiremos sobre seus tipos, como investir neles e se realmente é um investimento que vale a pena.

Ações Ago 18, 2021

Afinal, o que são BDRs e Como funcionam?

Os BDRs, sigla de Brazilian Depositary Receipts, são certificados negociados na Bolsa de Valores - B3, que representam ações de empresas estrangeiras.

Basicamente, investir neles é uma forma mais fácil de colocar seu dinheiro em ações de outros mercados.

Ou seja, para entender o que são BDRs, você deve entender como esse “certificado” funciona.

Um custodiante compra e deposita todas essas ações em alguma conta no exterior. Ele, por sua vez, emite o que chamamos de “receipts”, ou “recibos”, que são negociados na Bolsa brasileira. Estes são chamados de BDRs.

Um custodiante profissional é responsável por grande parte das operações necessárias para a disponibilização de um BDR no mercado.
Um custodiante profissional é responsável por grande parte das operações necessárias para a disponibilização de um BDR no mercado.

Com as BDRs os investidores brasileiros conseguem investir em ações da NASDAQ (EUA), por exemplo, sem serem obrigados a criar uma conta em uma corretora americana, o que pode ser muito burocrático.

É importante saber que, por conta desta dinâmica, a pessoa que comprar BDRs não possui diretamente as ações de determinada empresa. Ela possui apenas títulos que representam esses papéis.

Entretanto, tal funcionalidade continua sendo 100% segura. Tudo é regulado pela CVM, a Comissão de Valores Mobiliários, responsável pela garantia da segurança e eficiência de todo o mercado mobiliário brasileiro. Você não precisa se preocupar.

Existem diversas regulações que todas as empresas de custódia e relacionadas à emissão dos BDRs devem seguir. Tudo isso para garantir que o dinheiro do investidor esteja seguro.

Nos dias de hoje, existem centenas de BDRs disponíveis no mercado, inclusive de gigantes multinacionais, como Apple, Amazon, Microsoft, etc.

Recentemente, uma regra que limitava os BDRs aos chamados “investidores qualificados” (com mais de R$1 milhão investidos na Bolsa) foi suspensa, possibilitando que qualquer um tivesse acesso a este ativo.

Ademais, é importante ressaltar que existem dois tipos de BDRs: os Patrocinados e os Não Patrocinados.

Para você, investidor individual, essa diferença é pequena. Veremos mais à frente essas peculiaridades.

  • Quer começar a investir em Ações mas não sabe como? Assista agora GRATUITAMENTE o nosso exclusivo curso de investimento em ações  “Investindo em Ações”, em que você aprenderá TUDO o que é importante para começar a investir neste ativo, do absoluto zero ao avançado!

Será que BDRs pagam dividendos?

Após entender o que são BDRs, fica uma dúvida no ar: Os BDRs pagam dividendos a seus acionistas?

E a resposta é sim, caso a empresa tenha lucro e decida distribuí-los a seus investidores!

Entretanto, nem sempre esse é o caso de todas as empresas.

Primeiramente, pois uma empresa pode terminar um período com prejuízo. Nesse caso, não há o que ser distribuído.

Caso ela finalize o período contábil com lucro, ela pode escolher entre:

  • Não distribuir dividendos, e investir seu lucro em si mesma, visando escalar sua produção, seus processos, contratar mais colaboradores e etc
  • Distribuir parte desse lucro em dividendos, recompensando seus acionistas, a depender do número de ações que ele tenha em sua carteira.

Ambas as decisões são válidas. Tudo depende da estratégia da empresa.

As empresas, no final de um exercício contábil, têm uma escolha a fazer: distribuir ou não dividendos, caso tenha tido lucro
As empresas, no final de um exercício contábil, têm uma escolha a fazer: distribuir ou não dividendos, caso tenha tido lucro

Caso a companhia decida por distribuir dividendos, você, no Brasil, também irá recebê-los.

Todavia, é bom ter a questão da tributação em mente. Por estas empresas estarem estabelecidas em outros países, lá elas podem ter seus dividendos tributados.

Usando os Estados Unidos como exemplo, podemos afirmar que lá a tributação em cima de dividendos é de 30%. Portanto, essa porcentagem será retida na fonte, e o valor que sobrar ainda sofrerá com uma taxa que varia entre 3%-5%, referente à custódia.

Além disso, você deverá declarar tais valores pagos em seu Imposto de Renda para a Receita Federal.

Achou que a Receita Federal ficaria de fora? Você também deverá pagar ao Governo parte de seus ganhos
Achou que a Receita Federal ficaria de fora? Você também deverá pagar ao Governo parte de seus ganhos

BDR Patrocinado

Como falamos anteriormente, os Patrocinados são uma “subdivisão” desse ativo.

Basicamente, chamamos de BDRs Patrocinados aqueles cujo processo de emissão de certificados é feito pela própria empresa emissora das ações. Mas como isso funciona?

Vamos supor que a Amazon decida emitir suas ações e deseja que os brasileiros invistam em sua empresa via BDRs.

Para isso, a própria companhia cuida de todo o processo de custódia e disponibilização dos certificados. Neste caso, seu BDR seria considerado “Patrocinado”.

Além disso, podemos dividir este tipo de BDR em três níveis. Abaixo, vamos ver um pouco mais sobre cada um:

Nível I

Para os BDRs Patrocinados de Nível I, não exige-se que a empresa emissora de ações se registre na CVM. Além disso, eles não podem ser negociados normalmente na Bolsa, mas sim nos chamados Mercados de Balcão, menos burocráticos e organizados.

Ademais, tal negociação deve ter mais uma característica: ser feita por “esforços restritos”. O que isso significa?

Significa que no máximo 50 investidores podem comprar tais papéis.

E por último, a instituição depositária responsável deve fornecer, no Brasil, todas as informações financeiras e contábeis que são obrigatórias no país de origem da empresa, visando maior transparência e segurança.

Nível II

No caso dos BDRs de Nível II, as empresas emissoras de ações devem ser registradas junto à CVM, podendo negociar seus títulos tanto no mercado de balcão como no pregão da Bolsa, e devem seguir as regras de transparência das empresas brasileiras

Ademais, as negociações também devem seguir os “esforços restritos”, assim como os BDRs de Nível I.

Nível III

Os BDRs Patrocinados de Nível II e III são extremamente similares. O único ponto em que eles se diferenciam é:

Enquanto os BDRs de Nível II são obrigados a seguir os “esforços restritos”, os de Nível III podem participar normalmente das negociações, como qualquer outro ativo, sem um limite de compradores estabelecido.

BDR Não Patrocinado

Agora que você já sabe o que são BDRs Patrocinados, ficará muito mais fácil entender o que são os Não Patrocinados.

Como o próprio nome já diz, eles são o contrário dos Patrocinados. Ao invés da própria empresa emissora das ações se responsabilizar por todo o processo de emissão de certificados, uma instituição depositária atua nessa função.

Nesse caso específico, essa instituição também é diretamente responsável por divulgar, no Brasil, as informações corporativas, financeiras e contábeis das empresas.

Entenda os códigos de negociação dos BDRs

Assim como todos os ativos da B3, os BDRs são identificados com códigos de negociação específicos.

Tal código depende do tipo de BDR que estamos discutindo. Uma característica em comum entre todos é: ele é iniciado por quatro letras, que indicam qual é a empresa, seguidas por dois números, que representam o Nível e tipo de BDR

Vamos ver como funciona em cada um dos Níveis:

Para os BDRs Não Patrocinados, o código é iniciado com as quatro letras referente à empresa e podem ser seguidos pelos números 34 ou 35. Os exemplos mais comuns são: Amazon (AMZO34), Disney (DISB34) e Facebook (FBOK34).

No caso dos BDRs Patrocinados de Nível II, seu número final é o 32, enquanto os de Nível II terminam com 33.

Por outro lado, os Patrocinados de Nível I não possuem qualquer número fixo em seu código.

Dessa maneira, você é capaz de identificar a empresa e o tipo de BDR que você encontrar.

Leia também:

Custos e taxas envolvidas no investimento em BDRs

Os custos e taxas envolvidas no investimento em BDRs são muito semelhante aos envolvidos em negociações de outros tipos de ativos da bolsa, como ações, fundos imobiliários e etc.

No caso dos BDRs, é necessário que o investidor pague taxas de corretagem, e custódia para a corretora, e emolumentos para a B3.

Além disso, em caso de lucro na venda de BDRs, o investidor deve pagar, em seu Imposto de Renda, 15% desses ganhos ao Governo. Diferentemente das ações, isto ocorre mesmo em vendas mensais totais abaixo de R$20.000,00.

Prepare a calculadora, pois você deverá pagar algumas taxas às instituições envolvidas.
Prepare a calculadora, pois você deverá pagar algumas taxas às instituições envolvidas.

Quais as principais vantagens de investir em BDRs?

Sabendo o que são BDRs e como eles funcionam, fica muito mais fácil entender quais são as vantagens de investir nesse tipo de ativo.

Vamos citar algumas das principais logo abaixo, para te ajudar a montar a sua carteira de investimentos:

Facilidade para investir em ativos do exterior

Investindo em BDRs, qualquer um é capaz de alocar seu capital nas maiores empresas do mundo, como Apple, Amazon, Netflix, Facebook, Pfizer, e muitas outras, sem precisar passar pela burocracia de criar uma conta em uma corretora estrangeira.

Pode acreditar, isso pode ser uma grande facilidade para você. Muitas instituições estrangeiras exigem diversos documentos e possuem um processo demorado para a abertura de contas para aqueles que não são nativos.

Com os BDRs, uma nova porta se abre para você. A porta que te conecta diretamente com os maiores mercados do mundo, ao redor de todo o globo.
Com os BDRs, uma nova porta se abre para você. A porta que te conecta diretamente com os maiores mercados do mundo, ao redor de todo o globo.

Com os BDRs, você tem acesso fácil e rápido a esses papéis, e, dependendo do seu perfil de investidor, pode utilizá-los para montar uma carteira de investimentos balanceada, sem tanto esforço.

Diversificação

A diversificação é outra vantagem importantíssima que os BDRs proporcionam.

Pode ser muito arriscado colocar 100% do seu capital no Brasil. Isso ocorre por dois motivos:

  • Você está completamente exposto e vulnerável aos riscos da economia brasileira
  • Parte dos seus gastos, mesmo que indiretamente, são em dólar. Por que se expor apenas ao Real?

Vamos falar um pouco mais sobre esses dois pontos.

Não é segredo para ninguém que a economia brasileira não é a mais estável do mundo.

Isso ocorre devido aos riscos políticos, tributários, regulatórios, ambientais e legais presentes no Brasil, dentre muitos outros motivos.

Tendo isso em vista, por que investir 100% de todo o seu dinheiro aqui? Não seria inteligente colocar ao menos parte desse dinheiro lá fora?

Isso independe do tipo de investimento que você vá fazer. Pode ser a compra de ações via BDRs ou até de títulos públicos americanos. Seu risco é diluído, e você fica em uma posição muito mais segura.

Além disso, convenhamos, seus gastos cotidianos estão sempre muito atrelados a outras moedas, especialmente ao Dólar.

Seu computador, celular, roupas e muito mais são diretamente atrelados à moeda americana, e sua variação pode influenciar diretamente o valor destes bens.

Sabendo disso, por que não investir parte do seu capital nessa moeda também?

Parte dos seus gastos estão atrelados ao Dólar, então por que não investir um pouco nessa moeda também?
Parte dos seus gastos estão atrelados ao Dólar, então por que não investir um pouco nessa moeda também?

Estes são questionamentos que você deve fazer a si mesmo, para encontrar qual estratégia de investimentos escolher.

Mas é um fato que a compra de BDRs pode proporcionar uma grande diversificação à sua carteira, diluindo seus riscos e aumentando a probabilidade de obter resultados mais satisfatórios na Bolsa.

Quais são os riscos de um investimento em BDR?

Apesar de todas as vantagens que falamos agora, é importante entender que os BDRs também trazem consigo alguns riscos.

Isso acontece muito pelo fato de esse ativo fazer parte do mercado de renda variável, e, como vamos explicar a seguir, pode não ser indicado para alguns investidores, e uma gestão de risco pode se fazer necessária.

Além disso, a disponibilidade de informações sobre algumas empresas estrangeiras pode ser um problema, como também veremos agora, na lista de alguns dos riscos atrelados aos BDRs:

Oscilação de preços

Como seu nome já diz, a renda variável varia.

A constante oscilação de preços que pode ocorrer com os BDRs pode classificá-lo como um ativo recomendado para investidores não tão conservadores.

Assim como ações normais, seus preços podem variar consideravelmente de um momento para outro. Isso, para alguns, pode ser extremamente normal e irrelevante, porém, para outros, pode ser um pesadelo.

Tal variação ocorre também por conta do dólar. Como as BDRs são negociadas em real aqui no Brasil, a cotação da moeda americana também irá influenciar em seu preço final.

Saiba que, ao investir em BDRs, você está investindo em empresas que, apesar de gigantes, estão expostas às mesmas falhas e riscos que qualquer empresa.

Qualquer crise, escândalo e polêmica pode fazer uma titã multinacional sofrer uma grande queda na Bolsa. Esteja sempre ciente deste risco ao investir.

Informações essenciais das empresas em outros idiomas

Além de sua volatilidade, os BDRs também trazem consigo o risco de o investidor não possuir as melhores informações à sua disposição. Isso se dá não por falta de disponibilidade, mas principalmente pela barreira linguística.

Apesar de as empresas serem obrigadas a publicar suas informações corporativas, financeiras e contábeis no Brasil, nem sempre todos os dados importantes estarão entre estas.

É provável que muitas análises e informações sobre estratégias das empresas, perspectivas futuras, explicações minuciosas de contas contábeis e muito mais estejam disponíveis apenas em outros idiomas.

Isso pode ser um problema para quem sofre com a barreira linguística. Lembre-se que você deve sempre saber onde está investindo, e o estudo sobre essas empresas deve ser constante.

Afinal, como já diz um dos maiores investidores de todos os tempos, Charlie Munger, não há risco quando você investe naquilo que conhece.

Então, como investir em BDRs?

Investir em BDRs é extremamente simples. O passo a passo é exatamente igual ao de Ações, tendo em vista que a maioria desses ativos são negociados no mesmo ambiente que estas.

Basicamente, tudo que você precisa fazer é:

  1. Abrir sua conta em uma corretora
  2. Depositar nesta conta o dinheiro que será investido
  3. Escolher o BDR que você deseja investir
  4. Realizar a compra no Home Broker

E só. Simples, não é mesmo?

No seu Home Broker, você irá se deparar com centenas de ativos, e deve, preferencialmente, já ter definido de antemão em qual você irá investir.

A partir daí, como diz o ditado popular, é só partir pro abraço!

Depois de comprar seus BDRs você terá oficialmente investido no mercado estrangeiro! É como se a bolsa  americana estivesse a apenas um clique de distância.
Depois de comprar seus BDRs você terá oficialmente investido no mercado estrangeiro! É como se a bolsa americana estivesse a apenas um clique de distância.

Quando vale a pena investir em BDRs?

Investir em BDRs é um grande negócio quando você deseja aplicar seu capital no mercado estrangeiro, sem precisar passar pela burocracia que é criar contas em instituições de outros países.

Além disso, também vale a pena investir em BDRs quando você quer diversificar sua carteira, e se livrar do risco de ter 100% do seu capital em uma moeda só.

Basicamente, todos esses cenários possuem um ponto em comum: a necessidade de simplicidade e a menor burocracia possível.

E é exatamente isso que os BDRs te proporcionam.

Conclusão

Neste post, você aprendeu não apenas o que são BDRs, mas também como eles funcionam, seus tipos e características, quais suas vantagens e desvantagens, como investir neles e quando isso pode ser um bom negócio.

É essencial ressaltar que os BDRs são uma ótima opção para quem deseja investir nas gigantes estrangeiras, com facilidade, simplicidade e segurança. Estão sempre disponíveis para qualquer investidor, e com certeza devem ser levados em consideração.

Saiba que, para investir em BDRs, é essencial que você saiba investir em ações em geral.

Sua mecânica é a mesma, e são negociadas de forma muito semelhante.

Tanto ações brasileiras como BDRS estão expostas a riscos muito parecidos, e podem trazer ótimos retornos a depender da sua estratégia e aplicação.

Pensando nisso, nós, do Portal do Trader, estamos disponibilizando GRATUITAMENTE o nosso curso de investimento em ações grátis “Investindo em Ações”, em que você aprenderá a investir como os grandes do mercado, mesmo sendo um absoluto iniciante.

Vamos pegar você pela mão. Explicaremos todos os conceitos importantes, para que você não fique para trás de nenhum outro investidor.

E o melhor: seus professores serão os maiores profissionais do mercado. Você estará acompanhado por grandes nomes do mercado de investimentos, e terá a melhor formação possível. Lembrando, tudo isso SEM PAGAR NADA.

Espero que goste do curso, e que esse post tenha te ajudado!

Nos vemos no próximo artigo! Valeu!

Categorias

Augusto Andrea

Augusto Andrea é economista especializado em macroeconomia, ciclos e ativos de renda fixa.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.