Padrões que indicam caminhos

Candles, como você já sabe, contam histórias. Em cada um deles, encerra-se uma disputa entre compradores e vendedores, entre touros e ursos, lutando pela primazia de seus movimentos.

Tudo está ali, nada fica escondido. Olhar um gráfico é como ler um livro de história onde todos os passos e as decisões tomadas ficam anotados. Analisar esses padrões é conhecer essas histórias e, como a história se repete, podemos projetar movimentos possíveis a partir do desenho e dos padrões que os candles deixam no gráfico.

Se apenas um candle isolado mostra com precisão as forças que movem o preço, dois ou mais deles, em conjunto, podem revelar possíveis próximos passos de touros e ursos.

A quantidade de padrões diferentes é bastante grande. Conhecer todos requer dedicação ao estudo, testes no gráfico e alguma vivência de mercado.

Para ajudar você a começar a estudar esse fascinante tema, colocamos abaixo os padrões mais conhecidos. Todos funcionam muito bem e oferecem sinais bastante fortes de possíveis rumos que os preços podem tomar.

Você também deverá sempre ter em mente que padrões de reversão ocorrem nas pontas das tendências. Assim, um padrão de candle de reversão baixista só terá chances de funcionar se ele ocorrer em um topo, após uma tendência de alta bem definida.

Da mesma forma, uma figura de reversão altista como, por exemplo, uma estrela da manhã, só poderá funcionar se ocorrer em um fundo, após uma bem definida tendência de baixa.

Harami

harami

O Harami é também conhecido como "mulher grávida" por sua semelhança com essa figura. Ele é formado por um candle maior (candle-mãe) e um candle menor, cujo corpo está integralmente inserido entre os limites do corpo do candle-mãe. Conhecido padrão de reversão, ele costuma aparecer após uma tendência definida. Ele é um caso particular de inside candle e apresenta um alto índice de acerto.

Existe o harami de alta, que ocorre após longas tendências de baixa – e têm este nome justamente porque revertem o movimento para cima. E há também o harami de baixa, que ocorrem após longas tendências de alta, revertendo o movimento para baixo.

Estrela da Manhã – Estrela da Noite

Morning Star

Tanto a Estrela da Manhã (que forma fundos) quanto a Estrela da Noite (que forma topos) apresentam um desenho parecido: após uma tendência bem definida, surge um grande candle com pouco pavio ou mesmo sem pavio nenhum. Após esse candle, o preço forma um pequeno doji com pavios medianos. Em seguida, o preço desenha um grande candle com pouco pavio ou mesmo sem pavio nenhum na direção oposta à tendência anterior, caracterizando uma reversão bastante provável.

Engolfo

Engolfo

Podendo ser de alta ou de baixa, ele é quase como se fosse um harami espelhado, onde o candle maior aparece por último. Recebe esse nome porque ele literalmente engolfa o candle anterior e isso caracteriza uma reversão bastante provável.

O padrão da figura exige que o candle menor (o que aparece primeiro) deva estar contido integralmente entre a máxima e a mínima do candle maior (o que aparece depois). Como os anteriores, esse padrão deve surgir no final de tendências bem definidas, seja de fundo, seja de topo.

Há muito mais

Vimos nesta aula os três padrões mais conhecidos de reversão. Eles costumam aparecer nos gráficos com frequência e funcionam em qualquer tempo gráfico, desde o 1 minuto até o gráfico mensal, passando por todos os outros.

Apenas esses três padrões, se adequadamente identificados, poderão render operações bastante lucrativas, claro, desde que o trader mantenha um rigoroso controle de risco e faça uma boa gestão de seu capital.

Existem muitos outros padrões bastante interessantes e com altos índices de acerto. Você deverá buscar conhecê-los, estudar seu comportamento, fazer testes e aumentar, assim, seu repertório de técnicas para poder lucrar cada vez mais em suas operações.