A resposta para essa pergunta é um certeiro depende.

Não há nenhum valor estipulado previamente por cada criptomoeda, mas as exchanges podem fixar valores mínimos para você fazer seu primeiro aporte.

De todo modo, pode ficar tranquilo, você não terá que comprar uma criptomoeda inteira se quiser destinar parte do seu patrimônio a esses ativos (até porque um Bitcoin, por exemplo, está valendo mais de R$320.000,00 quando escrevo esta aula).

Há muito tempo, quando o ouro era usado comercialmente, havia uma dificuldade em alcançar os valores dos produtos que eram comprados.

Por exemplo, era muito difícil ter uma pepita de ouro que valesse exatamente um saco de arroz, um saco de batatas etc.

Por isso, a prata era usada para o comércio miúdo e cotidiano, enquanto o ouro ficava para as grandes negociações. As criptomoedas já possuem um mecanismo que evita esse problema. Vamos ao exemplo fundador: o Bitcoin.

É possível particionar o Bitcoin em Satoshis. Um Satoshi equivale a 0,00000001 Bitcoin. Então, você poderia usar Bitcoin para comprar praticamente qualquer coisa, de balinhas de menta a mansões, e há lojas comuns, inclusive, que já aceitam Bitcoin.

Algumas exchanges brasileiras delimitam um mínimo de apenas R$20,00 para começar a investir em Bitcoin, e há outras, no exterior, que delimitam iniciar em apenas 1 dólar.

Quantia mínima, portanto, não é um problema na hora de comprar Bitcoin ou outras criptomoedas. 


Os especialistas do Portal do Trader desenvolveram a solução completa para a nova geração de traders, capaz de aumentar em 10x as suas chances de sucesso no trading, em muito menos tempo. Ative hoje o seu TNT 2.0

Avaliações da aula:
4,8 (345)
assista o vídeo até o fim para avaliar

Publicação: 29/11/2021 10:30
Atualização: 29/11/2021 18:56