O que você quer aprender?

Ir

Ombro Cabeça Ombro (OCO): o que é, como identificar e projetar?

O Ombro Cabeça Ombro (OCO) é um padrão de reversão que sinaliza a mudança de uma tendência de alta para uma de baixa. Ele é um dos padrões gráficos mais importantes para todo trader, e chegou a hora de você entender como ele funciona na prática!

Análise Técnica Mai 17, 2022

O que vamos discutir hoje?

O que significa Ombro Cabeça Ombro (OCO) no mercado financeiro?

O Ombro Cabeça Ombro é uma figura de reversão que sinaliza a mudança de uma tendência de alta para uma de baixa.

Ele ocorre sempre em que há uma sequência de 3 topos - em que o segundo é maior do que o primeiro e o terceiro.

Esses dois topos laterais, por sua vez, devem estar alinhados - e formarão a chamada “linha de suporte”, também popularmente conhecida como “linha de pescoço”.

De forma geral, ele se forma dessa maneira:

Representação do OCO
Representação do OCO

Principais características do Ombro Cabeça Ombro

É uma figura formada em topos, nunca em fundos

Uma das características mais importantes do OCO é que ele é sempre uma figura formada em topos, nunca em fundos.

E posso te explicar isso usando alguns conceitos fundamentais do mercado financeiro.

Como já dito logo no começo do texto, o OCO é um padrão gráfico de reversão - nesse caso, de alta para baixa.

Por este motivo, ele deve - obrigatoriamente - ser formado em uma tendência altista.

E como diz a Teoria de Dow, uma tendência de alta é formada por uma sequência de topos ascendentes.

De forma bem resumida, isso é uma tendência de alta
De forma bem resumida, isso é uma tendência de alta

Sendo assim, mesmo que você enxergue uma figura semelhante ao OCO em uma tendência de baixa, saiba que ele não é a figura de reversão que estamos estudando hoje.

É formado por três topos alternados com dois fundos

Em azul, os topos, e em vermelho, os fundos
Em azul, os topos, e em vermelho, os fundos

Para que o OCO seja formado, é preciso que três topos sejam alternados com dois fundos.

Dessa maneira, a figura ficará semelhante à forma de dois ombros, um pescoço e uma cabeça, como é possível enxergar na figura acima.

O topo central é o mais alto

Para que o OCO ocorra, o topo central (o segundo topo da sequência) deve necessariamente ser o mais alto dentre todos.

Dessa forma, a tendência altista alcançará seu pico - e logo depois começará a perder força, iniciando uma tendência baixista.

A linha de pescoço pode ser horizontal ou inclinada

Como é possível enxergar nessa representação, a linha de pescoço pode ser horizontal ou inclinada
Como é possível enxergar nessa representação, a linha de pescoço pode ser horizontal ou inclinada

Num cenário ideal, a linha de pescoço aparece perfeitamente na horizontal. Entretanto, sabemos que nem sempre isso irá acontecer - e nem por isso o OCO deixará de existir.

É plenamente possível que tenhamos uma linha de pescoço inclinada (desde que as demais características estejam presentes no padrão gráfico).

Nesse caso, a linha de tendência pode ser considerada o acionamento do ombro cabeça ombro.

Como acontece a confirmação do padrão OCO?

A confirmação do padrão OCO acontece quando há um rompimento da linha de pescoço.

Entretanto, existem duas maneiras de você encarar a confirmação desse padrão:

  1. Se você for um trader mais arrojado, o simples rompimento da linha de tendência pode servir como uma confirmação.
  2. Se você for um trader mais conservador, talvez seja prudente esperar a formação de um candle vendedor cujo fechamento esteja abaixo da linha de pescoço.

Na opção mais conservadora, é importante lembrar que, caso a linha esteja inclinada, esse candle estará logo abaixo da própria linha de tendência.

Nesse caso, a mínima desse candle será seu ponto de entrada.

O stop da operação, por sua vez, fica no terceiro topo do padrão. Ou, se você quiser ser ainda mais conservador, no ponto central (o mais alto).

Quanto ao objetivo, é comum que se use como referência a amplitude entre o topo central e a linha de pescoço.

Se você gosta dos números de Fibonacci, pode fazer uma projeção dessa amplitude. Tal projeção pode ser de 1x, 1,32x, 1,5x, 1,68x ou até mesmo 2x.

Isso vai depender muito do seu perfil de investidor.

Eu, particularmente, prefiro esperar por esse candle de confirmação para confirmar o padrão OCO.

O que é o Ombro Cabeça Ombro Invertido?

Representação do OCOI
Representação do OCOI

Um OCO Invertido, também conhecido como OCOI, um padrão gráfico muito semelhante ao ombro cabeça ombro convencional, só que ao inverso.

Ao invés de apontar a mudança de uma tendência altista para baixista, ele faz exatamente o contrário.

Ele é formado por 3 fundos, sendo o central o maior.

Se você entendeu como o OCO funciona, entender o seu padrão invertido não será um problema.

Quando devo usar o Ombro Cabeça Ombro?

A resposta é simples: sempre que você observar um padrão gráfico semelhante ao de três topos intercalados com dois fundos.

Mas a questão é: essas formações são sempre iguais?

E a resposta é um sonoro e categórico não.

Para entender isso, você deve compreender o que o OCO realmente nos mostra.

A sua formação indica algo muito claro: o mercado estava em alta e, em certo ponto, perdeu força, e entrou em uma tendência de baixa.

Essa transição pode ser mais abrupta ou mais gradual.

No último caso, chamamos essa formação de “topo arredondado”, pois, se traçássemos uma linha ligando todos esses topos, a figura resultado seria arredondada - indicado que a tendência perdeu força de forma mais gradual

No fim das contas, uma região com três topos consecutivos e uma região de suporte pode ser considerada um OCO.

Não perca tempo procurando uma formação perfeita, pois ela não existe.

O mais interessante é sempre traçar uma proporção de Fibonacci, com os ombros dentro de uma zona de contração.

Como analisar os padrões OCO?

Como analisar os padrões OCO?
Como analisar os padrões OCO?

Antes de tudo, é necessário entender muito bem os fundamentos do padrão gráfico OCO - em especial o conceito de tendência de alta.

A Teoria de Dow nos diz que uma tendência de alta é uma sequência de topos e fundos ascendentes.

De acordo com o próprio Dow, a tendência de alta só muda quando o último fundo é perdido.

No OCO, o primeiro fundo é apenas um alerta - pois um topo surge logo em seguida.

A perda do segundo fundo, por sua vez, caracteriza a mudança de tendência.

Para analisar esses padrões, é muito importante que você leve o volume em consideração, já que, de acordo com a Teoria de Dow, o volume sempre acompanha a tendência.

Você deve fazer o seguinte:

  1. Separe os trechos do padrão em movimentos de queda e de alta.
  2. Avalie o volume nestes trechos. Normalmente, na tendência de alta, o volume sobe na alta e cai quando há uma correção.
  3. Preste muita atenção no movimento de formação do topo central. Se houver entrada de volume no início do movimento de queda, é um sinal de que entraram novos vendedores nesse ponto.
  4. Após isso, foque na retomada. Normalmente, este movimento tende a atrair grande entrada de volume na venda.

Isso te ajudará a entrar com mais confiança quando se deparar com um ombro cabeça ombro.

Lembre-se sempre que: nos movimentos de queda, o volume é muito importante para qualquer tomada de decisão.

A quebra da Linha de Pescoço e o Potencial do Movimento de Retorno: entenda como funcionam

Chegou a hora de retomar alguns pontos discutidos neste post e entender de vez como funciona a quebra da linha de pescoço, o potencial do movimento de retorno (pullback), e muito mais.

Tenho certeza que esse tópico te ajudará a entender melhor como funciona o OCO.

Vamos conferir!

Volume

O volume é um dos indicadores mais importantes para qualquer análise.

No caso do OCO, ele é indispensável para descobrir a confiabilidade do padrão gráfico.

Como dito no tópico anterior, a Teoria de Dow afirma que o volume sempre acompanha a tendência.

Nesse padrão gráfico, por ser formado em uma tendência de alta, o volume deve subir na alta e cair nas correções.

Se houver aumento do volume nos movimentos de queda, é um bom indicativo de que estão entrando novos vendedores neste ponto.

O mesmo deve ocorrer na retomada.

Inclinação da Linha de Pescoço

A linha de pescoço não é necessariamente reta.

Esse seria um cenário ideal, mas, convenhamos: desde quando nós traders lidamos com cenários ideais?

A linha de suporte pode muito bem ser inclinada, em algumas formações.

Nesses casos, a própria linha de tendência assumirá o papel de suporte.

Objetivo de Preço

Representação da amplitude desejada
Representação da amplitude desejada

O objetivo de preço é calculado a partir da amplitude entre o ponto central e a linha de pescoço - com auxílio das proporções de Fibonacci.

Essas projeções devem seguir as seguintes proporções: 1x, 1,32x, 1,5x, 1,68x ou até mesmo 2x.

Tudo vai depender da sua tolerância ao risco.

Como projetar Ombro Cabeça Ombro?

Para projetar o OCO, você deve utilizar o Fibonacci.

Dentro da sua ferramenta gráfica, você deve se utilizar das proporções de Fibonacci para traçar uma linha de suporte e resistência e algumas linhas intermediárias, sendo estas: 38%, 50% e 62% do topo até o fundo.

Com essa informação, você consegue facilmente projetar o OCO para baixo.

Sinceramente, acho mais fácil calcular isso em uma tabela de Excel do que no próprio gráfico…

O ideal é que os ombros estejam traçados dentro da zona de retração (entre as linhas de 38% e 62%).

O que vem depois do Ombro Cabeça Ombro?

Depois do ombro cabeça ombro surge, na maioria daz vezes, uma tendência de baixa.

Entretanto, é capaz que ocorra um pullback.

Mas o que é isso?

Um pullback nada mais é do que um movimento em que o mercado dá uma respirada, testa a linha de pescoço por baixo, e logo depois volta a ceder.

Representação de um pullback
Representação de um pullback

Se você ficou de fora antes, essa pode ser a hora de entrar na operação.

Quais cuidados ter com o Ombro Cabeça Ombro?

O OCO é uma figura que pode demorar mais de um dia para ser construída.

Além disso, a figura possui uma amplitude alta - não sendo recomendada para investidores de curtíssimo prazo, como day traders.

Por isso, seus stops e objetivos são mais longos.

Além disso, sempre busque reforços para confirmar o padrão gráfico. Apesar de parecer uma figura simples, ele pode facilmente enganar traders mal preparados.

Nesse caso, o volume pode ser uma ótima ferramenta de confirmação.

Afinal, o que o padrão OCO pode revelar aos investidores?

O padrão gráfico por si só, apesar de interessante, deve ser reforçado com indicadores técnicos.

O uso de uma média móvel, por exemplo, é uma ótima escolha para revelar mais informações para uma tomada de decisão.

Conclusão

O ombro cabeça ombro é uma excelente figura de reversão.

Entretanto, não faz milagre sozinha.

A utilização de estudos não é uma garantia de sucesso. Apesar de o volume ser uma ótima ferramenta de confirmação, não possui eficácia de 100%.

Tudo vai depender de quem a utiliza.

Como diz o ditado, “depende mais do piloto do que do carro”.

O mau operador irá tentar encontrar esse padrão em tudo. Se bobear, irá até sonhar com ele.

Mais importante do que buscar encontrar o OCO incessantemente é entender como o gráfico formou tal figura.

Se você precisa se esforçar muito para enxergar um padrão, é sinal que ele não existe. Não passa de um fruto da sua imaginação.

Isso é apenas uma pequena amostra do que é a análise técnica, uma das ferramentas mais importantes para todo e qualquer trader.

Se você deseja aprender toda a base necessária para se tornar um analista técnico, acesse gratuitamente o Curso de Análise Técnica do Portal do Trader!

Espero que tenha conseguido te ajudar, e até a próxima!

Imagem do autor - Eduardo Becker

quero aprender agora

Categorias

Caio Sasaki

Especialista em Fluxo e Tape Reading e uma das maiores referências do mundo trader no Brasil.

Espero que você aprenda com esse artigo.

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.