O que você quer aprender?

Ir

IFR: saiba como calcular e interpretar esse indicador

O IFR é um indicador da classe dos osciladores, que serve para apontar ativos sobre comprados e sobre vendidos. Entenda como ele funciona na prática e como você pode interpretá-lo para operar de maneira mais eficiente!

Análise Técnica Fev 08, 2022

O que vamos discutir neste post?

IFR o que é?

O IFR (Índice de Força Relativa) nada mais é do que um indicador da classe dos osciladores, que tem como principal objetivo apontar ativos sobre comprados e sobre vendidos.

Por ser um ativo dessa classe, ele deve ser utilizado quando o mercado está evoluindo dentro de uma lateralização - em especial onde a amplitude da congestão (espaço entre as zonas de suporte e resistência) é grande.

No caso do IFR, esses limites vão de 0 a 100.

Quanto mais próximos de zero, mais barato estará o ativo.

Quanto mais próximo de cem, mais caro (ou valorizado) ele estará.

Concorda comigo que é bastante interessante?

Esse indicador é um dos mais conhecidos e utilizados no mundo da análise técnica, e por isso decidi trazer um post dedicado exclusivamente a ele aqui!

  • Quer aprender mais sobre trading, investimentos e mercado financeiro de forma 100% gratuita? Acesse já a nossa Área Aprenda e acesse dezenas de Cursos para Traders grátis!

Vamos entender um pouco mais da utilidade desse indicador:

Como o Índice de Força Relativa pode ser útil?

É possível utilizar o Índice de Força Relativa de diversas maneiras
É possível utilizar o Índice de Força Relativa de diversas maneiras

O IFR tem como principal utilidade a capacidade de apontar ativos sobre comprados (supervalorizados) e sobre vendidos (desvalorizados em excesso).

Nesse momento, talvez alguns estejam se perguntando:

“Mas Marcos, eu não compro esse tipo de ativo. Isso significa que esse indicador é inútil para mim?”

E a minha resposta é: não, ele não é inútil em hipótese alguma.

Eu mesmo não compro ativos sobre comprados ou sobre vendidos, mas considero o IFR um índice bastante interessante pelo seguinte motivo:

Ele pode ser utilizado para operar contra a tendência. Ou seja, vender com o ativo esticado para cima e comprar com ele esticado para baixo.

Mas para isso, você mesmo deve fazer sua calibragem - observando o nível do indicador e os tempos gráficos.

Normalmente, são utilizadas as calibragens de 9 ou 14 períodos.

Entretanto, também existem estratégias de day trade usando IFR de 2 períodos nos gráficos de 5 minutos, por exemplo. Tudo vai depender de você, do seu conhecimento, perfil de investidor, e muito mais.

Como usar corretamente o IFR?

Fique tranquilo, você não precisará usar sua calculadora para calcular esse indicador
Fique tranquilo, você não precisará usar sua calculadora para calcular esse indicador

Agradeça à tecnologia, pois utilizar o IFR hoje em dia é muito mais simples do que você pode imaginar.

Sempre utilize um bom programa gráfico para operar - dessa maneira você jamais terá problemas quanto à precisão dos cálculos.

Eu uso há muitos anos o Profitchart, da Nelogica, mas todos os programas do mercado oferecem este popular indicador.

O único trabalho do trader é entender a utilização do IFR e cuidar da calibragem dos parâmetros.

- Como calcular o IFR?

Nem se preocupe com isso. Qualquer programa gráfico calcula esse indicador automaticamente.

Não estamos em uma aula de matemática do seu colégio, então nem se preocupe com demonstrações e fórmulas matemáticas feitas à mão.

A única coisa que você deve saber é que esse indicador é baseado em médias dos preços de fechamento em alta e em baixa.

Não se preocupe com a fórmula em si.

Vamos usar a tecnologia a nosso favor!

Como interpretar o IFR?

Interpretar o Índice de Força Relativa é o grande desafio do trader que o utiliza.

Não necessariamente porque é difícil, mas sim porque é necessário ter muita atenção nos parâmetros que você for adotar e nas possíveis divergências que podem ser indicadas.

Vamos conferir como interpretar esse índice:

- Zonas de alerta.

O normal é considerar que o índice de força relativa acima de 70 aponta um ativo sobre comprado.

Simultaneamente, um índice abaixo de 30 aponta um ativo sobre vendido.

Mas eu não acho que essa seja a melhor forma de utilizá-lo…

Acredito que, se formos mais exigentes nos parâmetros, teremos mais chances de que o trade tenha sucesso.

Desta forma, uso os parâmetros de 80 e 20, respectivamente.

E, ainda assim, aguardo o indicador ficar abaixo de 20 para considerar uma possível situação de compra - mas a entrada só acontece mesmo quando os preços voltam a ficar acima do índice de 20, ou quando um candle rompe a máxima do anterior.

No caso da venda, aguardo ficar acima de 80 como alerta - com a entrada acontecendo mesmo quando os preços voltam a ficar abaixo do índice de 80 ou quando um candle rompe a mínima do anterior.

Essas são as chamadas zonas de alerta!

IFR acima de 80 e abaixo de 20 gerando oportunidades de entrada
IFR acima de 80 e abaixo de 20 gerando oportunidades de entrada

- Divergência de tendências altas e baixas

Preste muita atenção nos seguintes gráficos:

O gráfico abaixo mostra preços e o Índice de Força Relativa alinhados, com ambos subindo:

O gráfico abaixo, por sua vez, apresenta uma divergência, com preços subindo e o IFR caindo (linhas pretas).

Isso pode significar que o IFR está antecipando uma reversão de tendência - o que efetivamente ocorreu logo em seguida.

Esteja sempre atento a essas divergências, para que não perca momentos tão importantes quanto uma possível reversão de tendência…

Quando usar IFR? Conheça o melhor momento

Você deve usar o Índice de Força Relativa quando o mercado está evoluindo dentro de uma lateralização.

Ele tende a ser mais efetivo em gráficos com uma grande distância entre as zonas de suporte e resistência - conhecida como zona de congestão.

Mas há quem goste de usar em movimentos com forte tendência para poder identificar ativos esticados demais, tanto para cima como para baixo.

O que é IFR Estocástico?

O Índice de Força Relativa (RSI, em inglês - Relative Strength Indicator) e o Estocástico são indicadores que pertencem à mesma família - dos osciladores.

Normalmente, você pode optar tanto por um quanto por outro. Mas em alguns casos, indicadores de mesma classe se complementam muito bem.

E esse é o caso do IFR Estocástico!

Ele é a união de duas técnicas diferentes - com o objetivo de conquistar maior eficiência.

Na prática, esse novo indicador apresentará mais sinais de entrada e saída do que o índice tradicional - sendo assim mais atuante.

O que é IFR sobrecomprado?

É considerado sobrecomprado quando o Índice de Força Relativa está acima de 70 - em uma escala de 0 a 100. Isso é o mesmo que dizer que o ativo está supervalorizado para o período.

Em inglês, usamos a expressão overboughtpara definir esse fenômeno.

Lembrando que, se você for um trader mais exigente, pode-se usar o patamar de 80 no lugar de 70.

Conclusão

O IFR é um dos indicadores mais interessantes de toda a análise técnica, e pode te ajudar muito nas suas operações.

Eu mesmo costumo utilizá-lo para operar contra a tendência, e não para comprar ou vender ativos sobre comprados ou sobre vendidos.

Isso mostra que você pode utilizá-lo de diversas maneiras, e de maneira muito eficiente.

Mas antes de pensar em diversos tipos de indicadores, você deve aprender a base sobre as modalidades de investimentos.

Se você quer aprender a operar de maneira segura e eficiente com o auxílio de diversos desses indicadores - e com um dos maiores traders do Brasil - acesse já gratuitamente o nosso Curso de Análise Técnica!

Você aprenderá as bases do day trade e começará sua carreira como trader com o pé direito!

Espero que esse conteúdo sobre análise técnica tenha sido útil e interessante para você!

Até mais!

Imagem do autor - Eduardo Becker

quero aprender agora

Categorias

Marcos Moore

Marcos Moore é trader desde 2004, empresário e foi sócio-diretor da XP. É também autor de livros sobre o mercado.

Espero que você aprenda com esse artigo.

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.