A partir do momento que você decide ingressar na carreira de trader e aceita encarar seus desafios, é hora de arregaçar as mangas e começar. E este começo passa pela escolha de uma corretora, instituição conhecida também pela sigla CTVM – Corretora de Títulos e Valores Mobiliários.

Esta é uma decisão importante porque uma corretora não é apenas um portal que te dará acesso à Bolsa de Valores. Ela é uma empresa prestadora de serviços que poderá atender a muitas de suas necessidades como investidor e trader.

Até Agosto de 2017 o site da B3 – antiga BM&F Bovespa (Bolsa de Valores) – listava 86 corretoras ativas. Você poderá consultá-las a qualquer momento clicando aqui.

Embora sejam idênticas no propósito e na função, as corretoras diferem-se pelo portfólio de serviços oferecidos a seus clientes. Entre eles, você terá à sua disposição diversos ativos e produtos financeiros, home broker, plataformas, simuladores, recomendações de investimento, área educacional, análises, notícias, serviços de aluguel de Ações e operações a Termo.

Cada conjunto de serviços poderá ou não ser cobrado diretamente do cliente. Há algumas corretoras que oferecem plataformas gratuitamente à seus clientes enquanto outras cobrarão uma mensalidade pelo uso desse tipo de ferramenta.

Você deve ficar atento também às taxas cobradas como corretagem, emolumentos e custódia de títulos.

Procure não balizar sua escolha apenas pelo preço da corretagem e as margens de garantia exigidas. Sabemos que essas coisas impactam na atividade do trader que se dedica a fazer scalping, day trading ou swing trading mas, principalmente no começo, preste atenção à serviços que serão muito importantes para o desenvolvimento do seu aprendizado.

Uma sala educacional poderá ajudá-lo a ver operações ao vivo, compartilhar experiência com pessoas que também estão aprendendo e tirar dúvidas com os professores. Além disso, freqüentar uma sala de trading o ajudará a manter firme seu propósito na medida em que construirá amizades com pessoas que pensam como você, que têm os mesmos objetivos e ansiedades.

Outra dúvida que gera ansiedade entre os traders iniciantes refere-se às garantias de ressarcimento de capital na eventualidade da corretora sair do mercado. Lembre-se que todo investimento realizado através da corretora estará custodiado ou terá a proteção do FGC – Fundo Garantidor de Crédito. O único valor que estará desprotegido será aquele montante que estiver parado na sua conta, sem alocação.

Por isso, é interessante manter suas aplicações em ativos de médio e longo prazo, até porque você poderá utilizá-los como margem de garantia ao mesmo tempo em que são rentabilizados por suas respectivas aplicações.

Outro fator importante é procurar avaliar como é o atendimento da corretora. Procure informar-se com colegas, em grupos e fóruns de discussão sobre a capacidade de atendimento e a prontidão em resolver problemas da corretora onde você pretende abrir conta.

A abertura de conta em uma corretora é algo bastante simples e muito parecido com abrir a conta em um Banco. Você deverá preencher algumas fichas, enviar sua documentação online e em um ou dois dias terá seu cadastro aprovado. Após a aprovação você já poderá efetuar sua primeira transferência de dinheiro para sua conta na corretora.

Lembre-se que, diferente de um Banco, corretoras não oferecem cartão magnético ou talões de cheque – sua única forma de movimentação financeira será através de transferências via TED ou DOC. Aproveite também para consultar no Banco onde você mantém conta corrente, quais os limites de transferência e o que deve ser feito para transferir valores que ultrapassarem aquele limite.

Uma vez aberta sua conta, navegue pelo site da corretora para conhecer todos os serviços que ela oferece, aprender a navegar pelo homebroker, preencher boleta e também ler os contratos de adesão aos serviços que contratar.

Caso tenha contratado uma plataforma para suas operações, passe alguns dias realizando simulações até acostumar-se às operações que irá efetuar no dia a dia.

Todos esses cuidados são necessários para evitar equívocos ou mesmo perdas quando estiver operando sua conta real.

E finalmente, caso precise de alguma assessoria, saiba que boas corretoras disponibilizam esse serviço gratuitamente a seus clientes.

Observar com cuidado todos esses passos ajudará você a ter tranqüilidade para operar e desenvolver seu potencial como trader.