O que você quer aprender?

Ir

Day Trade: como cortar as perdas rápido e se manter no positivo esse mês

Você sabe por que a maioria das pessoas perde dinheiro no Day Trade? Não é só a falta da técnica certa. Day trade é um jogo de quem sabe perder!

Day Trade Fev 04, 2021

Todas as vezes que você planeja entrar em operações day trade, é natural que defina seu ponto de entrada, o risco máximo que você aceita correr e também um alvo que você espera que seja atingido caso os preços andem a favor de sua operação.

Ao fazer isso, você estará estabelecendo uma relação entre seu ganho potencial naquele trade e sua perda máxima aceitável que foi naturalmente escolhida a partir de critérios técnicos e financeiros. Até aqui, tudo bem?

O mercado não está contra você

Nem eu e nem você somos capazes de prever o futuro. Alias, ninguém é. Lidamos com probabilidade e, assim sendo, as coisas podem sair de acordo com aquilo que você planejou antes de entrar no trade, ou pode dar tudo errado.

E quando o preço vem contra a sua operação, o primeiro sentimento que vem à mente da maioria dos traders iniciantes é que a culpa é do mercado.

Aos poucos, em um segundo momento, passamos a acreditar que estamos fazendo algo errado e que o problema está em nossa técnica. Passamos então a buscar aquele setup mágico e vencedor, que proporcionará uma taxa de acerto bastante alta.

E isso parece fazer sentido inicialmente. Afinal, quanto mais acertos, menos erros. E se no erro perdemos dinheiro, basta errar menos que perderemos pouco. Mas será que esse é o caminho?

Fazendo tudo ao contrário no Day Trade

Baseados nessa lógica e movidos por sentimentos como esperança e medo, acabamos fazendo exatamente o oposto daquilo que é necessário para manter o dinheiro em nosso bolso.

Entenda por que nas próximas linhas.

A rigor, quando entramos em uma operação, colocamos o nosso Stop Loss no ponto correto que foi decidido pela nossa análise, pelo nosso setup. Até aí tudo bem. Os problemas começam de verdade depois que nossa entrada é acionada.

Se você ficar olhando para o gráfico, principalmente se opera em tempos gráficos muito curtos como os gráficos de 1, 5 ou 10 minutos, verá que o preço mais se parece com um cachorro da raça Pinscher: nervoso, estressado, não para de se mexer um único instante.

E como nesses tempos gráficos muito curtos os movimentos são erráticos, isso aciona o nosso mecanismo interno de proteção, causando uma certa preocupação, ansiedade e até mesmo medo.

Assim que os preços começam a chegar perto do stop escolhido,, para não passar pela desagradável situação de sair perdendo para logo em seguida ver o preço ir para o alvo que havíamos escolhido, acabamos desrespeitando nosso ponto de stop inicial, e o movemos para um pouco mais  longe. Afinal, já vimos esta situação – o preço dá aquela violinada básica, tira você da operação e leva seu dinheiro. Mas ainda tem mais...

Depois de levarmos uma meia dúzia de stops, ficamos um pouco traumatizados e mais medrosos. E então, quando finalmente uma operação vai para o lado que escolhemos, ficamos com medo de devolver o dinheiro que estamos ganhando e saímos prematuramente da operação, ficando de fora de um lucro que poderia cobrir todas as nossas perdas.

E é assim que operamos do pior jeito possível: quando somos “estopados”, perdemos muito, e quando o preço vai a nosso favor, ganhamos pouco.

Perceba que há um problema matemático aí. Imagine que, você fará 100 operações e terá uma taxa de acerto de 70%. Sim, você é bom no que faz e sabe acertar bastante. Mas quando você vai olhar a sua planilha e avaliar seus resultados, acaba tomando um tremendo susto:

Afinal, como é que pode alguém ter uma taxa de acerto tão alta e sair financeiramente no negativo?

Não é apenas acertar bastante – isso é só uma parte da equação

A resposta é bem simples. Se todas as vezes que você acertar ganhar em média  R$ 1,00 então, em100 operações seus ganhos somarão R$ 70,00.

Mas aí você vai olhar as suas perdas e então percebe que sua perda média é de R$ 2,50. A soma de suas perdas será, portanto, R$ 75,00 (30 x R$ 2,50).

Ou seja, você trabalhou o mês inteiro, ficou um tempão com a cara enfiada no  monitor, passou nervoso, stress, medo, fome e acabou terminando o mês no negativo, mesmo acertando suas operações.

Ganhar dinheiro no Day Trade é impossível sem controlar as perdas

Conseguir bons resultados no mercado é algo que está intrinsecamente ligado ao controle de perdas.

Sim, você irá perder. Até na Renda Fixa é possível perder dinheiro – imagine em uma atividade de altíssimo risco como o day trading.

É importante compreender que o segredo desse negócio não está necessariamente na taxa de acerto, mas no controle de perdas. Vou te dar um exemplo bem exagerado que é para ficar bem evidente este fenômeno.

Imagine que você tem uma taxa de acerto de apenas 10%, ou seja, a cada 10 trades você erra 9. Mas a cada erro você perde R$ 10,00. Porém, quando você acerta, ganha R$ 1.000,00.

Percebe? Não é somente a taxa de acerto, mas também sua média de perdas versus a sua média de ganhos.  E também não é o quanto você ganha ou perde isoladamente.

Ambas as coisas agem em conjunto. Você tem que encontrar um equilíbrio entre taxa de acerto e relação risco versus retorno.

Como se manter no lucro durante o mês

Muitos irão olhar este subtítulo e vir direto para cá sem ter lido o início desse texto. Se este é o seu caso, volte duas casas e leia o texto desde o começo – é importante.

Bom, agora que você já compreendeu a essência de ganhar dinheiro no trading, sabe que é vital aceitar as perdas e obedecer seu setup e stop com o mais absoluto rigor.

Então temos aqui algumas regras que ajudarão você a manter-se positivo no mês.

Controle a ansiedade.

Este controle deve ser feito tanto na entrada quanto na condução do trade. Muitas vezes, principalmente para os day traders que operam em gráficos muito curtos, a nossa entrada já passou e queremos a todo custo não perder aquela operação. Então entramos atrasados, o que piora bastante nossa relação risco versus retorno.

A regra é clara. Espere pela entrada perfeita, não desgrude o olho da tela até ela aparecer. Se não estiver absolutamente perfeita, não entre. É melhor perder uma oportunidade do que perder dinheiro.

E não saia da operação até ela atingir o alvo. E se você não aguentar a ansiedade de esperar o preço bater no alvo, ou se tem medo que o preço volte, então coloque realizações parciais no seu trading system.

Aliás, sobre esse assunto, creio que o nosso Curso de Psicologia para Traders pode ser de grande ajuda. Se lhe interessar, não deixe de conferir.

Mantenha um controle financeiro rígido.

Ora, se o segredo desse negócio é manter o controle das perdas, então você não deve colocar mais dinheiro na operação do que aquilo que o seu capital de trading aguenta. Você tem que perder pouco para se manter no jogo o maior tempo possível.

Faça backtests com as operações que você fez

Pratique o seu setup em uma conta demo por um mês e depois faça o levantamento da sua taxa de acerto, da sua média de perdas e média de ganhos, o quanto o preço voltou para trás antes de ir na direção que você queria (isso é importante para aprender a dimensionar seu stop) e o quanto o preço andou na sua direção antes de você sair da operação.

Faça a planilha de trade mágica

Coloque seus resultados passados em uma planilha e delimite seu risco. Escolha uma perda máxima admissível e substitua as células da planilha onde sua perda foi grande, pela perda máxima admissível. Por exemplo, digamos que você admite perder somente R$ 70,00 por operação. Vá na sua planilha e troque todas as perdas maiores que este valor pelos exatos R$ 70,00.

Isso vai mostrar a você o que aconteceria com seu resultado do mês se tivesse se controlado e saído na perda máxima que você havia definido. Se com este exercício a planilha mostrar lucro, é sinal de que seu setup está OK e que basta você controlar as perdas nos próximos trades.

Mas se mesmo assim a planilha mostrar prejuízo, é sinal de que você precisa rever a condução do seu  setup (talvez você esteja entrando atrasado nas operações, talvez você esteja com problemas de condução nas operações).

Dica bônus: para aprender sobre como medir seu desempenho, você pode acessar essa aula gratuita do Portal do Trader

Tenha paciência para os resultados chegarem

Nem todo sistema de trading dá certo o tempo todo. O mercado é dinâmico e muda constantemente. Haverá períodos em que seu setup não funcionará direito, levando a perdas sucessivas que farão você devolver parte ou até tudo que já ganhou.

O nome disso é drawdown e é algo absolutamente normal e esperado. 100% dos traders profissionais passam por períodos de drawdown. Ninguém ganha sempre, todos os meses – o nome disso é salário, e salário é tudo o que você não vai encontrar no day trade.

Então, tenha paciência e avalie seus resultados semanalmente, mensalmente e anualmente. Tenha uma visão de longo prazo porque se você ficar desesperado com 3 ou 4 dias de perdas, acabará trocando os pés pelas mãos, mudando seu setup, seu sistema, seu controle de risco e todas essas mudanças o farão perder a estatística do trading que é a grande responsável por manter dinheiro na sua conta.

Isso é tão importante, que uma etapa inteira do Plano TNT é dedicada ao tema.

Mude o foco do que te trouxe ao mercado em primeiro lugar

Muita gente – a maioria, aliás – vem para o mercado operar day trade com a ideia de tornar o trading uma alternativa ao emprego. Essas pessoas buscam uma renda mensal que seja, se possível, muitas vezes maior do que aquilo que recebiam quando trabalhavam em regime CLT ou prestando serviço como autônomas.

Este tipo de ideia vai gerar em você uma pressão bem grande e esta pressão afetará seu controle emocional, eventualmente induzindo você a perdas. A melhor maneira de alcançar um  bom desempenho nas  operações de day trade é olhar para o seu trabalho como uma forma de rentabilizar o capital.

Quanto menor o seu capital alocado a risco, mais fácil é obter um bom percentual de rentabilização em cima dele. Se você tem, por exemplo, R$ 5.000,00 e consegue R$ 100,00 no mês, isto significa uma rentabilização de 2%. E isto é basicamente a taxa SELIC anual (em 2020/2021), ou seja, é um rendimento excepcional.

Obter esta rentabilização ou até mesmo algo bem maior que isso é fácil quando se tem  pouco dinheiro. Mas à medida que nosso capital alocado a risco vai crescendo, torna-se cada vez mais difícil obter altos percentuais de rendimento todos os meses sem que, para isso, se tome mais risco. De todo modo, é muito mais fácil estabelecer metas quando pensamos em rentabilização do que quando buscamos um valor fixo alto mensalmente

Resumo da ópera: como se manter positivo no Day Trade

O segredo do sucesso no trading, o que faz a diferença entre sair positivo ou negativo no mês resume-se em uma única palavra: disciplina.

Você treinou isso em conta demo, depois que você colocou os dados das suas operações de pelo menos um mês em uma planilha e depois que você criou um plano de trade, só lhe resta obedecer a tudo o que você estabeleceu de forma criteriosa.

Sim, eu e você sabemos que é bem difícil. Tem uma coisa aí no meio chamada ansiedade e outra chamada medo. Mas estes exercícios que indicamos ao longo desse texto ajudarão você a virar a chave.

Pode ser chato ter que dar um passo atrás, voltar para a conta demo e recomeçar. A impressão que temos é que iremos gastar muito tempo e adiar o nosso sonho.

Mas eu te garanto que não fazer isso, além de adiar o seu sonho, fará você continuar perdendo dinheiro.

Portanto, entre perder dinheiro ou perder tempo, é preferível perder só o tempo.  E aí, pronto para aceitar o desafio e começar a fechar seus meses no positivo? Se você gostou deste artigo e quer dar um up nos seus conhecimentos sobre Day Trade, o Portal do Trader oferece um curso completamente gratuito sobre o assunto. Clique no link abaixo e confira!

Até o próximo post!

Categorias

Eduardo Becker

Junto com Leonardo Rodrigues

Físico de formação e trader desde 2005, atuando principalmente com Price Action. É professor da B3 e da FECAP.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.