O que você quer aprender?

Ir

Como investir em Criptomoedas: Conheça as Opções e Vantagens

Neste artigo você vai aprender a como investir em criptomoedas, além de conhecer quais são as mais populares e mais seguras que existem no mercado.

Trader Iniciante Ago 12, 2021

Como investir em criptomoedas: Entenda como elas funcionam

Uma criptomoeda é um tipo de dinheiro, porém digital. Ela não é emitida e nem regulada por nenhum governo.

Essas moedas digitais foram criadas para servir como um modelo de “peer to peer” - isso significa que não há nenhum tipo de intermediário nas transações, é você e a contraparte apenas.

Por exemplo, quando você vai ao mercado realizar suas compras e paga no cartão de crédito, há todo um sistema financeiro por trás para garantir essa transação, no caso das criptomoedas esse sistema financeiro não existe e esse fator pode ser positivo ou negativo a depender do ponto de vista.

As criptomoedas surgem como um dinheiro digital sem as regulações financeiras tradicionais
As criptomoedas surgem como um dinheiro digital sem as regulações financeiras tradicionais

É provável que você já tenha ouvido falar sobre criptomoedas. Querida por uns, odiada por outros, fato é que a popularidade dessa classe de ativos cresce a cada dia.

A repercussão é na maioria das vezes encontrada com extremismo e muitos são os argumentos tanto de quem apoia, quanto de quem critica esses ativos.

Existem milhares moedas digitais em negociação no mundo, porém as mais populares e com maior valor de mercado são a Bitcoin (BTC) e a Ether (ETH) que juntas são responsáveis por mais de 60% de todo o mercado mundial.

Para ter uma noção do crescimento deste ativo, segundo a corretora Mercado Bitcoin seu volume financeiro aumentou quase nove vezes no primeiro trimestre de 2021.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

O que são e para que servem as criptomoedas?

Criptomoedas são nada mais do que um dinheiro eletrônico e elas têm como principais funções servir como um meio de troca facilitando as transações comerciais; ser uma reserva de valor, para manter o poder de compra do investidor; e tudo isso de maneira independente, sem nenhum tipo de regulação governamental.

Para garantir o funcionamento, esses ativos utilizam uma tecnologia que faz a negociação direta entre as partes.

As criptomoedas, diferentemente das moedas tradicionais, utiliza um sistema seguro e eficiente de segurança
As criptomoedas, diferentemente das moedas tradicionais, utiliza um sistema seguro e eficiente de segurança

Essas operações são validadas e registradas por todos os usuários.

A segurança nas transferências é garantida pela criptografia e a tecnologia que permite o funcionamento desse sistema é chamada Blockchain, essa tecnologia funciona como um grande banco de dados onde se armazenam todos os registros sobre as operações que envolvem essas moedas digitais.

O conceito de criptomoedas segundo o site Bitcoin.org surgiu pela primeira vez em 1998 por Wei Dai, onde ele sugeriu o uso de criptografia para controlar a emissão e as transações realizadas.

Para ele, isso dispensaria a necessidade da existência de autoridades centrais, como acontece com as moedas fiduciárias.

Agora vou te mostrar as principais moedas que compõem a classe dos cripto ativos.

Quais são os principais tipos de criptomoedas disponíveis?

Bitcoin (BTC)

O Bitcoin é a criptomoeda mais valiosa do mundo e seu valor de mercado chega próximo a R$1 Trilhão.

Essa criptomoeda foi fundada em 2008, mas só em 2011 ela foi realmente ter a sua primeira grande alta, este ciclo durou cerca de dois anos, o que fez com que 1 Bitcoin atingisse um valor de U$1.000 pela primeira vez.

A Bitcoin é uma das criptomoedas mais conhecidas do mundo, e a mais valiosa
A Bitcoin é uma das criptomoedas mais conhecidas do mundo, e a mais valiosa

O Bitcoin foi desenvolvido com a proposta de resolver um problema muito grave no nosso sistema financeiro, que é a forte desvalorização das moedas fiduciarias ao longo dos anos.

Há algumas décadas atrás as moedas eram lastreadas em ouro, então existia apenas uma quantidade finita de papel moeda baseado no nível das reservas de ouro do país.

Até que em 1971 os Estados Unidos quebraram o acordo que garantia o lastro das moedas em ouro e isso permitiu que o Banco Central pudesse fazer impressões de moeda e injetar esse dinheiro na economia do país.

Ao longo dos anos outros países também adotaram a mesma postura dos EUA e isso gerou uma forte desvalorização das moedas do mundo todo.

Por conta disso, em 2008, após a crise do subprime, o Bitcoin foi criado pelo programador Satoshi Nakamoto.

A verdade é que até hoje ninguém sabe se Satoshi foi realmente uma pessoa, um grupo de programadores ou apenas um nome escolhido por questões de privacidade..

O propósito foi criar uma moeda finita, que teria seu limite em 21 milhões de unidades de Bitcoin e por ser limitado manteria seu valor ao longo dos anos sem gerar inflação nesta moeda.

Essa característica chamou a atenção do grande investidor Ray Dalio que chegou a comparar o Bitcoin com o ouro como uma reserva de valor.

Ether /Ethereum (ETH)

Aqui vale um adendo, pois muitos confundem Ethereum com Ether, na realidade o Ethereum é um sistema que permite a programação de aplicativos descentralizados, contratos inteligentes e transações da criptomoeda Ether.

Toda a plataforma também é baseada na tecnologia Blockchain que surgiu com o Bitcoin em 2008.

A Ether é uma das moedas mais conhecidas do mercado, ao lado da Bitcoin
A Ether é uma das moedas mais conhecidas do mercado, ao lado da Bitcoin

Em 2015 o russo-canadense Vitalik Buterin terminou sua captação de recursos e conseguiu lançar sua plataforma (Ethereum) e sua criptomoeda (Ether), com o objetivo de pegar o que tinha de melhor no Bitcoin e construir algo ainda mais grandioso, ela rapidamente atingiu o 2º lugar no ranking das criptomoedas mais valiosas do mundo.

Portanto, o Ethereum não surgiu apenas para ser mais uma moeda digital, o intuito da criação dessa plataforma é levar a tecnologia do Blockchain e os contratos inteligentes para quase tudo o que possa ser programado.

Então lembre-se, quando você ouvir alguém dizer que vai investir em Ethereum, na realidade ele está comprando Ether (ETH).

Binance Coin (BNB)

A BNB é uma criptomoeda criada em 2017 pela maior corretora de cripto ativos do mundo que tinha como finalidade apenas ser um token de utilidade para levantar fundos e incentivar o uso da sua plataforma com a redução de taxas para trades e saques.

Porém a Binance Coin se tornou muito maior que isso.

A BNB entra no hall das maiores criptomoedas do mundo, mas possui algumas diferenças em relação às outras
A BNB entra no hall das maiores criptomoedas do mundo, mas possui algumas diferenças em relação às outras

Diferente do que acontece com o Bitcoin e o Ether, a BNB não é uma moeda digital totalmente descentralizada e dificilmente poderá ser utilizada de maneira anônima, pois há uma grande concentração de tokens nas mãos da própria Binance, por conta disso, a cotação da moeda pode ser influenciada pelos desempenhos da corretora.

A grande vantagem dessa moeda digital é a alta liquidez e o grande desconto de taxas para os traders que a utilizam na plataforma da Binance.

Dogecoin (DOGE)

A Dogecoin é uma moeda criada em 2013 por Billy Markus e Jackson Palmer para ser uma alternativa ao Bitcoin.

No princípio, a ideia dos criadores não passava de uma brincadeira, tanto que o próprio nome e logo da moeda faz alusão a um meme.

Essa moeda digital se tornou muito popular nos fóruns da internet antes de chegar ao conhecimento de Elon Musk, CEO da Tesla e uma das maiores personalidades da internet, que “apadrinhou” a moeda forçando uma alta valorização por meio de seus Tweets.

A Dogecoin, inicialmente criada como um meme, se tornou uma das queridinhas da internet.
A Dogecoin, inicialmente criada como um meme, se tornou uma das queridinhas da internet.

Esta criptomoeda tem como principal vantagem as baixas taxas para investir e a velocidade na confirmação de transferência.

Porém, algo que assusta os investidores é a questão de ser uma moeda muito centralizada, pois algumas carteiras detêm grande parte das moedas que estão em circulação - cujos donos são conhecidos como “baleias”.

Nesse caso, se algum desses players decidir vender toda sua posição, tal ativo poderia sofrer uma grande queda, e perder seu valor do dia para a noite.

Entretanto, como disse, essa moeda é envolta por um grande meme. Pra você ter uma ideia, a Dogecoin possui até um rap!

Quando imaginamos que seria possível uma criptomoeda ter um rap próprio?

Escute um pouquinho aqui embaixo, garanto que não vai se arrepender.

Cardano (ADA)

Da mesma forma que acontece com o Ethereum e o Ether, o Cardano é um sistema e nele foi desenvolvida a criptomoeda ADA.

A criptomoeda ADA surge para bater de frente com a BTC, com maior agilidade em suas negociações.
A criptomoeda ADA surge para bater de frente com a BTC, com maior agilidade em suas negociações.

Criado em 2015 por Charles Hoskinson, o objetivo principal desse sistema e dessa moeda digital foi ser uma alternativa mais rápida e ágil às demais.

Como o processamento do Bitcoin é muito lento, isso inviabiliza grandes transações no dia a dia, portanto fica complicado utilizá-lo como um método de pagamento.

O ADA surgiu justamente para sanar essa lacuna, pois utiliza um sistema diferente, o que garante maior agilidade nos processos e com isso permite que o ADA possa se tornar um meio de pagamento alternativo principalmente em países que possuem dificuldade no acesso a bancos.

Quais as maneiras de investir em criptomoedas?

Diferente do que acontece nos ativos da Bolsa de Valores que possuem apenas uma maneira de ser adquiridos (via corretora) quando se fala de moedas digitais o processo de como investir em criptomoedas se apresenta com mais opções, como irei te mostrar agora.

Corretora

As corretoras de criptomoedas funcionam da mesma forma que as corretoras da bolsa que já estamos acostumados.

Nelas, o investidor conta com um grande portfólio de ativos e na maioria dos casos não tem limite de valor nos aportes.

Quando uma compra de moedas digitais é realizada, em um primeiro momento os ativos ficam retidos em sua conta na corretora, mas podem ser transferidos para qualquer lugar mediante ao pagamento das taxas da corretora.

No Brasil, as principais exchanges - nome dado às corretoras de cripto ativos - são a Binance, Foxbit, Mercado Bitcoin, NovaDAX e a BitcoinToYou.

A desvantagem é que ao investir por uma corretora, o investidor deve escolher por conta própria dentre as opções oferecidas e caso decida retirar da custódia da exchange o mesmo deve saber como guardar seus ativos para não perdê-los.

Bolsa de Valores

Recentemente houve a estreia dos cripto ativos na bolsa de valores brasileira, isso porque o primeiro ETF de moedas digitais começou oficialmente a ser negociado.

O HASH11 é um ETF que replica o Hashdex Nasdaq Crypto Index ETF e nele o investidor que decidir comprar alguma cota estará exposto a uma cesta de seis criptomoedas onde o maior peso é para o bitcoin e o Ether.

Ao investir em criptos pela bolsa de valores o investidor ganha uma segurança a mais pois os ETFs possuem regulamentação da CVM, no entanto, ao comprar diretamente em uma exchange o mesmo não paga as taxas de administração que incidem sobre o ETF.

Fundo de investimento

Também dentro da Bolsa de Valores é possível investir em cripto ativos por meio dos fundos de investimento, o Hashdex Bitcoin Full 100, e o BLP Crypto Assets FIM IE são alguns dos exemplos que você pode encontrar.

A diferença para o ETF é que os fundos nem sempre são compostos 100% por criptomoedas. Na verdade, há uma norma da CVM (Comissão de Valores Imobiliários) que limita a alocação de 20% dos fundos oferecidos a investidores não qualificados em moedas digitais.

A alocação de um percentual maior em moedas digitais é uma característica exclusiva dos fundos comercializados para investidores qualificados - ou seja, que tenham patrimônio superior a 1 milhão de reais, ou que tenham sido aprovados em uma certificação autorizada pela CVM.

Na B3 você consegue encontrar fundos de cripto ativos das gestoras BLP Asset, Hashdex, KPTL, QR Asset, Vitreo, e o banco BTG.

Todas elas oferecem fundos registrados junto à CVM e à Anbima (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros) e podem ser encontradas nas principais corretoras do país.

As desvantagens de se investir através de fundos é que as taxas de administração e taxas de performance podem consumir uma parte do seu lucro e esses fundos possuem um aporte mínimo que pode vir a se tornar uma barreira de entrada.

Por outro lado, as vantagens são que eles possuem em grande parte uma gestão ativa, isso quer dizer que há profissionais por trás desses fundos para tentar sempre identificar as melhores oportunidades e obter maiores rendimentos.

No entanto, pesquise bem o histórico do fundo e da gestora antes de investir seu capital.

Peer-to-Peer

Esta modalidade também conhecida como p2p é simplesmente a negociação direta entre duas pessoas. Uma forma rápida, ágil, barata e que requer alguns cuidados para quem deseja utilizá-la.

O investidor que deseje adquirir suas criptomoedas por p2p deve tomar cuidado na hora de realizar sua custódia, pois nesta modalidade não é possível deixar suas criptomoedas na custódia da exchange.

As opções de custódia são as carteiras digitais para celulares, as carteiras físicas.

O investidor também deve estar atento no momento de fazer a transferência, pois uma vez que ela é efetuada não há nenhuma maneira de restituir o valor caso faça de forma errada e como é característico das criptos também não existe como rastrear para quem foi realizada a transferência.

Mineração

Como nessa classe de ativos não há entidades regulatórias, as transações precisam ser registradas e validadas por um grupo de pessoas que utilizam seus computadores para gravar tudo no sistema de blockchain.

Aquele que disponibiliza sua máquina para isso é chamado de minerador - com isso os mineradores recebem uma quantia de criptomoeda em troca de armazenar os dados.

A mineração de criptomoedas é essencial para o funcionamento dessas moedas digitais. Os mineradores, por sua vez, recebem quantias das moedas em troca desse trabalho
A mineração de criptomoedas é essencial para o funcionamento dessas moedas digitais. Os mineradores, por sua vez, recebem quantias das moedas em troca desse trabalho

A mineração de Bitcoin já foi muito popular e já rendeu um bom dinheiro a quem fez no momento exato. Essa era a única maneira de “ganhar” criptomoedas sem necessariamente investir na compra dos ativos.

Porém, com a popularização do ativo essa prática deixou de ser lucrativa e hoje requer altos investimentos em equipamentos e estrutura.

Afinal, como investir em criptomoedas? (PASSO A PASSO)

Para começar a investir em criptomoedas é muito simples e por isso agora vou te mostrar o caminho para que você aprenda como investir em criptomoedas.

Abra sua conta em uma exchange ou em uma corretora.

Como disse acima, você pode tanto comprar a moeda diretamente como também comprar fundos e ETF.

Se a sua intenção for investir diretamente no ativo, abra sua conta em uma exchange que é a corretora especializada em criptomoedas. Caso queira investir de forma passiva, abra sua conta em uma corretora tradicional que melhor te atenda.

Realize uma transferência para sua conta.

Após ter aberto a conta, o próximo passo é transferir os fundos que você deseja investir.

Configure seu perfil de investidor (suitability)

Responda o questionário para definir seu perfil como arrojado, com isso a instituição irá liberar seu acesso aos produtos que envolvem criptomoedas. Se tiver problemas em responder o formulário, peça ajuda a seu assessor de investimentos ou ao suporte da instituição.

Escolha os ativos.

Por último, escolha os ativos que você deseja investir o seu capital e envie uma ordem de compra.

Seguindo esses passos você irá com sucesso realizar o seu primeiro investimento em cripto ativos.

Mas lembre-se, esse mercado é de alto risco e por oferecer grandes lucros, o mesmo acontece para as perdas.

Com isso, a fim de te ajudar a identificar as melhores oportunidades e investir em criptomoedas com segurança, deixo como indicação o melhor curso gratuito de análise técnica do mercado, para que você invista como um profissional!

Pronto para melhorar suas operações? Comece nosso Curso de Análise Técnica!

Começar grátis

Qual o valor mínimo para investir em criptomoedas?

Para compras diretas de moeda via exchanges não é comum ver um valor mínimo para realizar os investimentos, porém algumas determinam sim um valor mínimo inicial, mas isso não é regra.

Na maioria das vezes, não será necessário um valor mínimo para investir em criptomoedas.
Na maioria das vezes, não será necessário um valor mínimo para investir em criptomoedas.

No caso dos fundos de investimento, cada gestora costuma definir o valor mínimo para investimento nos seus produtos, para descobrir isso, basta realizar uma pesquisa rápida nos FIs oferecidos por sua corretora.

E por último, em relação ao ETF, o valor mínimo depende do preço de negociação que ele se encontra. Então, para descobrir o valor de uma cota procure pelo código no home-broker ou faça uma pesquisa no próprio Google.

Quais as vantagens de investir em criptomoedas?

Agora que você já sabe como investir em criptomoedas, vamos falar um pouco sobre os benefícios que esse tipo de ativo pode trazer aos investidores:

Taxas mínimas

Por não ter um órgão regulador e também por não ter uma instituição por trás, as transações e pagamentos realizados com moedas digitais possuem taxas muito baixas em comparação com outras classes de ativos.

Segurança

Os pagamentos com Bitcoin e com grande parte das outras criptomoedas são realizados sem vincular informações pessoais e isso oferece forte proteção contra o furto de identidade. Porém, a respeito de segurança vale ficar atento em outros pontos que abordarei adiante.

Transparência

Nenhuma organização pode controlar ou manipular o protocolo da moeda digital, pois ele é criptografado e todas as informações sobre ofertas de unidades das moedas digitais ficam disponíveis na blockchain para qualquer pessoa.

Por isso, o núcleo das criptomoedas é reconhecido como confiável e transparente.

Como investir em criptomoedas com segurança: Cuidados ao investir

Assim como qualquer outro investimento, você deve tomar cuidado com alguns pontos para que consiga investir em criptomoedas com mais segurança.

A segurança é sempre um ponto muito importante para analisar o investimento em criptomoedas.
A segurança é sempre um ponto muito importante para analisar o investimento em criptomoedas.

Volatilidade

Como grande parte das criptomoedas não tem lastro algum, seu preço é movido única e exclusivamente pelas ordens de oferta e demanda do mercado.

Isso significa que se um grande player resolve começar a vender todos os seus ativos, ou influenciar uma grande quantidade de pessoas a venderem - como aconteceu recentemente no Twitter com o Elon Musk - o valor da criptomoeda pode cair muito rapidamente.

Então, tenha consciência de seu apetite a risco no momento de investir e tenha noção de que esse é um mercado muito volátil.

Fear of Missing Out (FOMO)

As criptomoedas são uma verdadeira montanha russa.

Há períodos em que você vê ganhos exorbitantes sendo exibidos nas mídias e isso pode levar investidores iniciantes a aplicarem quantidades muito altas em cripto ativos de maneira irracional apenas pelo medo de “estar de fora da festa”, sem base em nenhum estudo ou análise.

Por isso é tão importante que você tenha conhecimento necessário antes de investir. Estude o ativo, e saiba no que você está colocando seu dinheiro.

Monitoramento de Ativos

O melhor ativo do mundo comprado a um preço errado pode se tornar um péssimo investimento, por isso fique sempre de olho nas criptos que você investiu, para que se for necessário possa realizar um ajuste em sua posição.

O sucesso do Trader está diretamente relacionado com o "timing'' e por isso é bom ficar atento tanto a oportunidades de realizar um investimento maior, quanto à necessidade de liquidar a posição caso uma bolha esteja sendo formada.

Pump and Dump

O Pump and Dump é um movimento conhecido no mercado de renda variável, e ele ocorre geralmente quando um grupo de pessoas realiza grandes compras para inflar artificialmente o preço de um ativo.

Como as altas sempre atraem investidores iniciantes, esse grupo logo começa vender sua posição e coloca o lucro no bolso deixando o restante que comprou apenas por euforia no prejuízo.

Por ser um mercado sem órgão regulador esse movimento pode acontecer com maior frequência, então é bom ficar de olho.

Invista em plataformas conhecidas

Invista sempre por plataformas que tenham um histórico de segurança e que tenham a confiança do mercado, pois como não há nenhum tipo de órgão que regula esse ambiente muitas fraudes com plataformas de fachada podem acontecer.

Priorize sempre plataformas com um bom número de clientes, tempo de mercado e que tenham um bom volume em custódia.

Conclusão

As criptomoedas são ativos disruptivos e que podem proporcionar bons lucros ao investidor, porém vale a lembrança que não existe alta infinita, então sempre é bom diversificar seus investimentos e nunca ficar exposto apenas em criptomoedas.

O cuidado com golpes e fraudes também é fundamental para não sofrer revezes e sair com prejuízo da operação.

Se você se atentar aos pontos que expus neste artigo e investir sempre com sabedoria poderá aproveitar e obter muitos lucros nesta classe de ativos.

Investir em criptomoedas pode ser uma grande oportunidade para você, mas preste muita atenção no seu perfil de investidor e na sua carteira antes de investir seu capital.
Investir em criptomoedas pode ser uma grande oportunidade para você, mas preste muita atenção no seu perfil de investidor e na sua carteira antes de investir seu capital.

Para aproveitar todas as oportunidades que esse mercado oferece é fundamental que você tenha uma boa base de conhecimento com profissionais realmente capacitados.

Se você está determinado a aprender tudo sobre criptomoedas - e muitos outros ativos - eu em conjunto com outros traders profissionais do Portal do Trader desenvolvemos diversos treinamentos para levar seu conhecimento a outro nível.

Pronto para melhorar suas operações? Comece nossos cursos gratuitos!

Acessar Área Aprenda

Categorias

Caio Sasaki

Especialista em Fluxo e Tape Reading e uma das maiores referências do mundo trader no Brasil.

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.