O trader autônomo é o investidor que opera seu próprio capital. Se formos traçar um paralelo com qualquer ramo industrial, o trader autônomo será como um comerciante, que compra um produto para vender depois, e utiliza seu próprio dinheiro nisso. 

O trader tem total independência para escolher a hora que vai trabalhar (por mais que existam momentos mais propícios que outros) e não precisa da autorização de ninguém (clientes, chefes, funcionários etc.). 

No entanto, todos esses benefícios não chegam de uma hora para outra. 

Chegar nesse patamar exige muito tempo de tela, já que é no mercado que o trader realmente aprende a operar. Ele precisa, principalmente no início da caminhada, estudar bastante e colocar em prática aquilo que vai aprendendo, o que também requer dinheiro, que é a matéria prima dessa profissão.

Mas, com tudo isso, no fim ser trader deve ser extremamente recompensador, não é?

Na verdade, isso é bem variável. Quando falamos de remuneração, o trading é uma folha em branco, pois só se confirma o lucro de um mês quando ele acaba, já que isso depende da performance e do montante investido. 

Como você pode ver, o título de “trader” não é algo que todos estão dispostos a conquistar, mas nada impede que, antes de alcançar essa profissão, atue-se em mesas de operações institucionais, mesas proprietárias, tesourarias, setores estratégicos, research, assessorias, consultorias… enfim, nada impede que o profissional que quer se tornar trader conheça outras profissões do mercado e adquira experiência antes de, finalmente, operar com seu próprio capital.


Os especialistas do Portal do Trader desenvolveram um plano completo para você evoluir seu operacional, seja começando do zero ou aprimorando suas técnicas preferidas. Aprenda hoje mesmo com aulas que já estão liberadas: Comece o Plano TNT.

Avaliações da aula:
4,8 (117)
assista o vídeo até o fim para avaliar

Publicação: 07/10/2021 22:30
Atualização: 07/10/2021 19:21