Chegou a hora de entender de uma vez por todas o que é RLP, quais as implicações deste recurso e tudo que está relacionado por trás destas ordens feitas para atender traders de varejo.

Conheça o Plano TNT e torne-se um trader consistente, independentemente das ordens RLPs.

O que é RLP?

RLP significa Retails Liquidity Provider, que numa tradução literal do inglês quer dizer Provedor de Liquidez ao Varejo. Este recurso já era conhecido no mercado norte americano e chegou por aqui há pouco tempo.

O RLP entrou em vigor em agosto de 2019, em caráter experimental, e passou a se tornar definitivo após um ano. Ele permite que a corretora seja a contraparte de até 10% das negociações de clientes de varejo nos mini contratos futuros de Índice Bovespa e Dólar.

Esse fato mudou mudou algumas coisas no nosso mercado e foi o que permitiu que diversas instituições passassem a isentar seus clientes do custo de corretagem. Isso de certa forma contribuiu para o aumento de volume operado nos mini contratos.

O RLP possibilitou o custo zero na taxa de corretagem cobrada por muitas instituições

O RLP possibilitou o custo zero na taxa de corretagem cobrada por muitas instituições.

Mas que vantagem o RLP trouxe para os clientes da corretora? Como a corretora ganha dinheiro sem cobrar taxa de corretagem?

Por que sua corretora quer que você use o RLP?

Uma vez que a corretora possa ser a contraparte de seu cliente, ela pode, por exemplo, usar o RLP como uma entrada ou saída de uma operação própria e lucrar com alguma estratégia específica em vez de ganhar com a taxa de corretagem.

Contudo, para que a instituição possa ser a contraparte de seu cliente, este precisa assinar um termo (eletronicamente) aceitando fazer parte deste tipo de negociação.

Por isso, é bastante comum as instituições oferecerem benefícios aos clientes que aceitarem fazer parte do RLP, como desconto ou até mesmo isenção de custos com plataformas.

Eu, por exemplo, tenho isenção na plataforma Profit, da Nelogica, por conta do volume que eu opero.

Vantagem - como o RLP me ajuda?

Como o próprio nome já diz, o RLP oferece liquidez para as negociações do cliente de varejo nos mini contratos. Mas como isso funciona, exatamente?

Por exemplo, imagine o mini índice com ofertas de compra em 120.230 e venda em 120.250. Então, se você deseja fazer uma compra a mercado, a sua execução ocorreria nos 120.250. Porém, com o RLP, a corretora poderia ser a sua contraparte e fechar negócio em 120.235.

Então, isso significa que essa oferta de liquidez adicional pode permitir que o trader eventualmente execute suas operações em preços melhores, quando mandar uma ordem a mercado. Mas qual seria o lado negativo disso?

Desvantagem - como a RLP me atrapalha?

Com o RLP a corretora pode escolher quando quer ser a contraparte de seu cliente, isto é, respeitando aquele limite de até 10% do volume do varejo negociado através dela.

Esse tipo de ordem não é ofertada através do Book de ofertas, cujas ordens são executadas respeitando uma ordem de chegada. Em vez disso, é como se a instituição “furasse a fila” do book, ou seja, sua ordem tem prioridade de execução.

Com o RLP a corretora pode furar fila.

Com o RLP a corretora pode furar fila.

Então, se você estiver posicionado no book de ofertas, corre o risco da instituição “roubar” a execução que normalmente seria destinada à sua ordem. Agora, sabendo disso, vale aderir?

Vale a pena aderir ao RLP?

Sim, vale. Entenda que ao não aderir ao RLP a instituição pode furar a fila de qualquer jeito, pois muitas outras pessoas já aceitaram essa condição em troca de benefícios. Por outro lado, se você aderir, pode aproveitar a liquidez adicional oferecida pela instituição.

De modo geral esta interferência, de no máximo 10% do volume do varejo - ou seja, não considera o universo de operações de alta frequência (HFTs) dos institucionais - mal é percebida pelo público em geral.

Sinceramente, se você analisa o mercado por Análise Técnica ou Price Action, dificilmente vai notar os efeitos do RLP nas suas ordens. Esse tipo de percepção acontece é muito mais sensível para quem opera com Tape Reading.

Além disso, o fato da corretora se dar bem, não significa que isso acontece porque o cliente se deu mal. Entenda que o sistema financeiro de bolsa de valores não funciona como um cassino, em que “a casa” ganha quando o cliente perde.

Mas será que não há nenhum risco da corretora prejudicar o cliente a seu favor?

RLP é manipulação de mercado?

O RLP não dá o poder da corretora manipular os preços do mercado ou sequer manipular as ordens de seus clientes. Lembre que a instituição só pode ser a contraparte da negociação quando o trader decide fazer uma compra ou venda a mercado.

Isso é bem diferente dos casos de manipulação que ocorrem com frequência no universo de Opções Binárias, onde se nota muito mais casos de fraude por parte das próprias corretoras.

As estratégias institucionais que as corretoras brasileiras usam para lucrar com os RLPs não são abertas ao público, contudo, independentemente da estratégia, o volume financeiro necessário para manipular os preços dos ativos não compensa nem de longe o potencial lucro com esta ação.

Ordens RLP não têm o poder de manipular o mercado.

Ordens RLP não têm o poder de manipular o mercado.

Portanto, espero que tenha ficado claro que o RLP não tem nenhum envolvimento com manipulação de preços do mercado, que por sua vez obedecem uma dinâmica própria e não é controlada pela bolsa de valores, nem nenhuma das instituições participantes das negociações.

Cabe ainda lembrar que a manipulação do mercado é infração grave previsto pelo regulador do Mercado (a CVM), cabendo multas, entre outras punições.

Com isso, encerramos tudo que você precisa saber em relação às ordens RLPs. De modo geral, embora exista algum impacto no mercado, não é o tipo de questão que vai afetar drasticamente seus resultados.


Os especialistas do Portal do Trader desenvolveram um plano completo para você evoluir seu operacional, seja começando do zero ou aprimorando suas técnicas preferidas. Aprenda hoje mesmo com aulas que já estão liberadas: Comece o Plano TNT.

Avaliações da aula:
4,9 (142)
assista o vídeo até o fim para avaliar

Publicação: 29/09/2017 22:30
Atualização: 05/07/2021 16:35