Compra alavancada

Muitas vezes, você pode ter se deparado com a seguinte situação: olhou o gráfico diário ou o de 60 minutos de uma determinada Ação e viu que ela fez um fundo de pivot, podendo subir bastante nos próximos dias. O problema é que a Ação é cara ou você não tem dinheiro suficiente para ficar posicionado nessa Ação por tanto tempo.

Operações de Swing Trading podem ser bastante lucrativas se pudermos contar com a ajuda das Opções.

Esse tipo de operação consiste na compra de uma Call de strike bastante próximo do valor à vista do papel quando se acredita que a Ação irá subir de preço até o vencimento. O comprador da Call terá então o direito de exercer suas Opções comprando a Ação pelo preço de strike e imediatamente vendendo-a pelo preço de mercado no dia da transação.

Exemplo

Digamos que você analisou o mercado e viu que GGBR4 poderá subir de preço no próximo mês.

Preço à vista de GGBR no dia da montagem da operação: R$ 16,80.

Opção com strike mais próximo do valor da Ação:

  • GGBRH17 – Strike 16,85.
  • Preço de GGBRH17: R$ 0,78.

Suponha que você comprou 1.000 Opções GGBRh17, o que lhe custou R$ 780,00.

A partir dessa compra, você tem, até o dia do vencimento, o direito de comprar 1.000 ações GGBR4 pelo preço de R$ 16,80, independentemente de quanto a Ação estará valendo no dia do vencimento da Opção.

Temos então dois cenários:

Cenário 1:

GGBR4 subiu e seu preço no dia do vencimento é R$ 19,95.

Você então exerce seu direito comprando 1.000 GGBR4 por R$ 6,85.

No instante seguinte à sua compra, você vende as 1.000 GGBR4 a mercado, ou seja, pelo preço de R$ 19,95 (valor que usamos para este exemplo).

Seu fluxo de caixa fica assim:

– Desembolso pela compra de GGBR4: R$ 16.850,00.

– Receita da venda de GGBR4 a mercado: R$ 19.950,00.

– Lucro bruto: R$ 19.950,00 - R$ 16.850,00= R$ 3.100,00

Descontando o dinheiro que você gastou para comprar as Opções, sobraram R$ 2.320,00.

Isso representa um lucro de 297,44% sobre o capital investido (como dissemos, operações com Opções costumam ser bastante lucrativas).

Cenário 2

GGBR4 não foi na direção que você esperava e acabou caindo de preço.

Você tem então duas possibilidades:

  1. Você estopa a operação vendendo suas Opções a preço de mercado e arca com um pequeno prejuízo.
  2. Deixa chegar o dia do vencimento, não leva suas Opções a exercício e elas viram pó, ou seja, perdem seu valor e você arca com o prejuízo de R$ 780,00 (valor usado neste exemplo).

Lembre-se que Opções são instrumentos derivativos. Assim, para você anular uma posição vendida, basta enviar uma ordem de compra das Opções do mesmo código e na mesma quantidade que você vendeu. Se quiser anular uma posição comprada, basta vender as Opções que foram compradas, no mesmo código e na mesma quantidade que você comprou.

Note que o uso das Opções para compra de Ações oferece a vantagem de fazer operações de Swing Trading com alavancagem. Mesmo que você tenha o dinheiro para comprar todas as Ações à vista, com Opções você poderá comprar muito mais Ações.

A desvantagem é que você poderá perder seu capital no todo ou uma parte dele (se tivesse comprado as Ações, poderia mantê-las em carteira).

As Opções são um instrumento financeiro fascinante, que permite a elaboração de inúmeras estratégias bastante lucrativas. É necessário, contudo, o estudo constante e a experiência, que deve ser adquirida a partir de operações com lote mínimo.

Depois de praticar algumas vezes para entender como todo o processo funciona, você poderá incluir as Opções em sua estratégia financeira de longo prazo.