O que você quer aprender?

Ir

Médias Móveis e Bandas de Bollinger: o que todo mundo deveria saber

Você sabe como operar com os dois indicadores mais populares da Análise Técnica? Chegou a hora de aprender na prática como operar com Médias Móveis e Bandas de Bollinger.

Análise Técnica Fev 03, 2021

Pode ser que você esteja se perguntando porque escolhi falar de Médias Móveis e Bandas de Bollinger neste post.  O motivo é muito simples, estes 2 indicadores são pilares da Análise Técnica e quando bem utilizados podem fazer o trader mudar de patamar.

Entendendo bem como operar com Médias Móveis e Bandas de Bollinger, a pessoa terá capacidade de estudar por conta própria a maioria dos outros indicadores de Análise Técnica, ou seja, eles são um ótimo ponto de partida.  Pronto para aprender?

Médias Móveis

Vamos começar pelo indicador mais popular do mundo, as Médias Móveis. Geralmente, até traders iniciantes já ouviram falar desse indicador técnico, mesmo que não entendam ainda como funcionam.. E existe um motivo para toda esta popularidade: simplicidade e fácil capacidade de compreensão.

As médias móveis são baseadas nos preços de um determinado ativo ao longo dos últimos períodos. Por exemplo, pense na média dos preços dos últimos 8 dias da ação da Petrobras (PETR4). Isso quer dizer que o cálculo da média vai levar em consideração o preço de fechamento dos últimos 8 dias para calcular o preço médio. E por que é chamada de média móvel? Porque toda vez que você tem um novo dia, a última observação substitui a primeira observação anterior. Ou seja, a média móvel vai se "movendo" ao longo do tempo.

Lembre-se que o exemplo acima foi levando em consideração o período de dias, mas a média móvel poderia ser de minutos ou horas também!

Outro ponto importante de se comentar é que as médias móveis podem ser medidas de forma simples ou aritmética (pesos iguais dentro da média), mas também de outras maneiras, entre elas de forma exponencial (peso maior para os valores mais recentes). Mas independentemente da forma calculada, este indicador tem como objetivo rastrear uma tendência.

Vamos tratar destas duas formas mais populares então:

Média Móvel Simples ou Aritmética (MMS ou MMA)

Vamos ver como ficaria a média móvel de 5 dias a partir dos preços de fechamento da seguinte ação:

Análise Técnica: Média Móvel Simples (MMS), exemplo de como calcular.
Análise Técnica: Média Móvel Simples (MMS), exemplo de como calcular.

Veja que com o fechamento dos preços do quinto dia já é possível fazer o cálculo da MMA de 5 períodos. E veja que no sexto dia temos a inclusão de mais um preço de fechamento, ao mesmo tempo que o primeiro dia de negociação sai do cálculo. Ou seja, novos preços de fechamento vão substituir os antigos.

Média Móvel Exponencial (MME)

No caso da média móvel exponencial, a grande diferença em relação a Simples é que os novos dados têm maior peso. Isso quer dizer que o último dado adicionado na série vai impactar mais no valor da média do que o primeiro dado, por exemplo.

Até poderíamos fazer o cálculo para ficar mais evidente a diferença entre a média exponencial e a simples, mas vamos deixar esse trabalho para os softwares de análise gráfica, afinal, esse indicador está disponível em qualquer uma das plataformas mais populares.

Como utilizar as Médias Móveis para operar na prática

Cruzamento de Preço pela Média Móvel

A forma mais simples de utilização das médias móveis é através do cruzamento do preço de fechamento em relação à média dos últimos períodos. Ou seja, quando o preço sai debaixo da média móvel e fecha acima você teria uma possível virada para a tendência de alta, gerando um gatilho para compras. No caso da venda, seria o contrário: o preço que se encontrava acima da média móvel cai abaixo dela e sinaliza uma venda dada uma possível virada de tendência.

Exemplo:

Médias Móveis Simples: Exemplo de Cruzamento de Compra e Venda
Médias Móveis Simples: Exemplo de Cruzamento de Compra e Venda


Observe que os círculos amarelos pintados ocorreram quando o preço de fechamento ultrapassou a linha da média móvel simples de 21 períodos. Algumas pessoas ficam de olho exatamente nestes pontos para saber se devem fazer alguma operação de acordo com estas viradas.

Médias mais utilizadas: MMA 5 períodos , MMA 21 períodos, MMA 200 períodos, MME 9 períodos, MME 34 períodos

Cruzamento de Duas Médias Móveis

Muitos traders e  players de mercado utilizam o cruzamento de duas médias móveis para abrir ou fechar operações. Neste caso, o cruzamento da média móvel mais curta para cima da média móvel mais longa sinalizaria uma compra  para aproveitar uma nova tendência de alta. E no caso contrário, o cruzamento da média móvel mais curta para baixo da média móvel mais longa seria a sinalização de uma venda.

Exemplo:

Análise Técnica com Média Móvel Simples de 21 Períodos e 5 Períodos, Possíveis Vendas e Compras nos Cruzamentos.
Análise Técnica com Média Móvel Simples de 21 Períodos e 5 Períodos, Possíveis Vendas e Compras nos Cruzamentos.

Observe a diferença em relação ao gráfico anterior. Agora os círculos amarelos se encontram no cruzamento das médias, mostrando possibilidades de entrada na compra e na venda.

Cruzamento de médias mais utilizados: MMA 5 x MMA 21 e MME 17 x MME 34.

Bandas de Bollinger

Agora que você já entendeu as Médias Móveis, vou falar sobre mais um indicador super popular da Análise Técnica, as Bandas de Bollinger. Esse indicador tem este nome porque foi desenvolvidoi  pelo analista chamado John Bollinger na década de 1980 e sua análise trouxe uma nova forma de visualizar o comportamento dos preços de um ativo, adentrando no mundo da volatilidade.

Esse indicador mostrou como a variação dos preços pode ser um diferencial para analisar os ativos e pensar em estratégias.

As Bandas de Bollinger tem uma linha central e duas bandas (uma acima e outra abaixo). Na forma mais utilizada, a linha central é uma média móvel simples de 20 períodos e as bandas são o desvio padrão (geralmente 2 desvios) desta linha. Claro que é possível ir além do tradicional e colocar um período diferente de 20 e utilizar médias exponenciais também. Tudo vai depender do desenvolvimento da estratégia do trader.

O que é bem relevante de se entender é que na maior parte do tempo o preço de um ativo vai ficar dentro das bandas de bollinger, principalmente utilizando 2 desvios padrão. Estes desvios podem também ser mudados, mas quanto maior ele for, mais difícil é do preço alcançar aqueles valores em algum momento. Por exemplo:

Bandas de Bollinger com 1 desvio tendem a ser mais atingidas que bandas de bollinger de 2 desvios que tendem a ser mais atingidas que de 3 desvios. Veja no gráfico a diferença:

Bandas de Bollinger: Exemplo para 20 períodos, com 1, 2 e 3 desvios.
Bandas de Bollinger: Exemplo para 20 períodos, com 1, 2 e 3 desvios.


Observe a facilidade com que os preços batem na linha laranja (1 desvio). E veja como que em nenhum momento neste gráfico os preços alcançam os 3 desvios padrão (linha rosa)

Como utilizar as Bandas de Bollinger na Prática

Setup Boca de Jacaré

Esta estratégia consiste em visualizar uma oportunidade depois de os preços ficarem por muito tempo laterais, dando a ideia que as bandas formem uma grande “boca de jacaré” no momento que os preços acelerarem e fecharem acima/abaixo da banda superior/inferior.

Vamos a um exemplo:

Bandas de Bollinger: Setup Boca de Jacaré
Bandas de Bollinger: Setup Boca de Jacaré


Veja que ocorre o estreitamento das Bandas para depois elas se abrirem novamente e darem uma possível oportunidade de venda.

Setup Fechou Fora / Fechou Dentro

Nesta estratégia a ideia é que os preços retornem a média depois de fecharem acima ou abaixo das bandas de bollinger. Assim, quando os preços voltarem para dentro da banda de bollinger novamente teríamos uma entrada na compra ou na venda.

Vamos a um exemplo:

Bandas de Bolilnger: Setup Fechou Fora, Fechou Dentro.
Bandas de Bolilnger: Setup Fechou Fora, Fechou Dentro.


No círculo amarelo temos a sinalização do fechamento fora da Banda de Bollinger. Logo depois vemos o preço voltando para dentro da Banda de Bollinger atingindo a média móvel de 20 períodos posteriormente.

E aí, bem fácil de aplicar, não? Agora você está preparado para aprender bem Análise Técnica com nosso curso 100% gratuito e encontrar as suas próprias configurações desses e de outros indicadores, vamos lá?

Bons trades e até o próximo post!

Categorias

Augusto Andrea

Augusto Andrea é economista especializado em macroeconomia, ciclos e ativos de renda fixa.

Augusto Andrea

Espero que você aprenda com esse artigo.

Logo Plano TNT

QUAL SEU PLANO PARA OBTER CONSISTÊNCIA NO TRADING?

QUERO COMEÇAR O PLANO TNT

Por que milhares de traders frequentam o Portal diariamente?

Especialistas e Traders Profissionais reconhecidos no mercado e com mais de 10 anos de experiência. Esse é o time que elabora nosso conteúdo.

Plataforma de E-learning EAD completa com centenas de vídeos gratuitos, artigos, perguntas de fixação e discussão.

Comunidade de Traders e Investidores que enfrenta os mesmos desafios que você e está sempre disponível para ajudar todos os dias.

Análise Técnica, Price Action, Tape Reading, Fundamentalista e mais. Acreditamos na diversidade de técnicas para cada aluno encontrar o seu caminho.

Day Trade, Swing Trade, Position e Alocação de Carteiras. Aprenda técnicas para operar cada modalidade de acordo com seus objetivos.

Dólar, Índice, Ações, Opções, Forex e até Bitcoin. Nosso conteúdo educacional engloba todos os principais ativos do mercado.

Comece seus cursos gratuitos


Quais são as vantagens em fazer parte do Portal do Trader?

  • Aumente suas chances de sucesso na Bolsa de Valores com nossa metodologia proprietária.
  • Fuja das armadilhas e não perca dinheiro com erros básicos no mercado. Nossa proposta é séria, sem promessas milagrosas.
  • Aprenda as melhores estratégias utilizadas por investidores e traders profissionais através de um sistema educacional completo.
  • Converse com outros traders e investidores em todos os nossos canais.
  • Aulas, Transmissões, Notícias e Calendário Econônico Ao Vivo todos os dias.