Em geral, quando damos nossos primeiros passos no trading, temos a tendência de nos apegarmos a um tempo gráfico específico. É bastante comum encontrarmos pessoas operando no gráfico de um minuto. Fazem isso por uma razão bastante simples: gráficos de um minuto permitem a utilização de stops menores.

Esses traders rapidamente percebem que esse tempo gráfico é muito volátil é que a quantidade de stops acionados é bastante grande.

Depois de algum tempo, mais acostumados com o movimento dos preços, arriscam operar em tempos maiores como 3 ou 5 minutos, em que a volatilidade é menor e, portanto, mais fácil de operar.

Com o ganho de experiência, passam a perceber que, quanto maior o tempo gráfico, mais confiáveis são os sinais dados pelos candles.

Isso tudo nos leva a concluir que diferentes tempos gráficos se prestam a diferentes estratégias, a diferentes estilos operacionais e a diferentes resultados.

Diante disso, como escolher o melhor tempo gráfico?

A resposta é bem simples: não existe o melhor tempo gráfico, mas aquele que melhor atenda a nosso objetivo operacional e nosso perfil.

Existem pessoas que não suportam permanecer muito tempo em um trade. Ficam nervosas e angustiadas e, para livrar-se da angústia, acabam saindo da operação prematuramente. Outras têm um comportamento oposto: quanto mais tempo durar o trade, mais tempo terão para efetuar análises e tomar decisões com calma.

Podemos então perceber que um dos critérios para a escolha do tempo gráfico passa pela adequação ao perfil psicológico do trader. Alguns serão scalpers, outros serão day traders e outros serão swing traders.

Além do perfil psicológico, a escolha do tempo gráfico operacional irá influenciar no tipo de resultados que se pode obter. Operar no gráfico de um minuto permitirá a utilização de stops curtos. Em contrapartida, os alvos também serão curtos. Da mesma forma, não faz sentido realizar operações de scalp em gráficos de quatro horas.

Então, a melhor escolha recai sobre definições básicas da sua estratégia operacional combinadas ao seu estilo ou perfil psicológico. Se você não suporta ficar muito tempo posicionado, certamente terá dificuldade de se adaptar aos gráficos de quinze ou trinta minutos. Ou, ao contrário, se você fica nervoso com o movimento frenético dos gráficos de um minuto ou se espera obter um ganho muito grande com poucos contratos, certamente o gráfico de um minuto não é o mais adequado.

No entanto, as escolhas não param por aí. É possível, para qualquer perfil, trabalhar com mais de um tempo gráfico.

Alexander Elder, trader e psicólogo, autor de inúmeros livros na área, sugere a adoção daquilo que chamou de triple screen ou tela tripla em inglês.

Essa ideia surge a partir da teoria de Down que constatou que, independentemente do tempo gráfico, sempre existirão tendências primárias, secundárias e terciárias.

A partir disso, colocar na tela três gráficos em time frames diferentes poderá ajudar você a obter uma informação mais precisa do movimento dos preços e ser capaz de avaliar a direção da tendência.

Assim, por exemplo, se você é um day trader, poderia utilizar os gráficos de 60, 15 e 5 minutos. Se você gosta de scalp trading, pode, então, utilizar os gráficos de 15, 5 e 1 minutos e assim por diante.

Se utilizar esse tipo de configuração, você poderá utilizar o tempo gráfico que quiser ou aquele que for mais confortável a você. A partir dele, escolha um tempo gráfico maior para detectar as grandes tendências e um tempo gráfico menor para filtrar as entradas e as saídas do trade.

Se, ainda assim, você tiver dificuldades para escolher, siga a sugestão abaixo e, com o tempo, adapte-a ao seu estilo pessoal:

Swing Trading: utilize o gráfico diário como tempo gráfico oficial, o gráfico semanal para avaliar as grandes tendências e o gráfico de 60 minutos para filtrar as entradas e as saídas.

Day Trading:

  • Sugestão 1: opere nos 15 minutos, mas avalie tendências no gráfico de 1 hora e filtre as entradas e as saídas no gráfico de 5 minutos.
  • Sugestão 2: opere no gráfico de 5 minutos, utilizando o de 15 minutos para tendência e o de 2 minutos para filtragem

Scalp Trading: Opere no gráfico de 1 ou 2 minutos, utilizando o gráfico de 5 minutos como tendência e o gráfico de ticks para filtrar as entradas e as saídas.

Se você não está seguro quanto a por onde começar, utilize as sugestões acima de acordo com o seu perfil. Opere, assim, por algum tempo e você irá naturalmente adaptando seu estilo operacional e descobrirá a melhor combinação de tempos gráficos para você.