O ativo negociado aqui serão as ações. Cada ação representa uma parte de cada empresa listada na Bolsa de Valores.

Os preços das ações poderão subir ou cair de acordo com diversas variáveis, desde o sucesso dos negócios de cada companhia até a disposição dos investidores em pagar mais ou menos por aquela ação...

É por meio da valorização das ações que você poderá fazer seu dinheiro crescer. Vamos a alguns pontos práticos:

  1. Para negociar ações na bolsa, você precisará de uma conta em uma corretora de valores. Hoje é muito simples abrir uma conta e extremamente seguro. Sabe sua conta no banco? Então, é a mesma coisa, na verdade até mais simples.
  2. Por meio da sua corretora, você terá acesso a um home broker ou até mesmo um aplicativo para celular. Isso é suficiente para negociar suas ações.
  3. O horário regular dos pregões é das 10 às 18 horas.
  4. Toda ação é representada por um código de quatro letras e um número, que é inserido na plataforma para comprar ou vender uma ação.
  5. Ao contrário do day trade, não é possível vender ações a descoberto (sem possuí-las). Para fazer esse tipo de operação, ou seja, operar vendido, você terá que alugar as ações que quer negociar.
  6. É possível fazer swing trade também com contratos futuros como índice, dólar e mercado agrícola. Mas isso exigirá que você ofereça uma margem de garantia à corretora. Essa margem poderá ser em dinheiro ou em ativos financeiros.

É bem simples e com o tempo você irá assimilar cada vez mais informações.

Pronto para o próximo passo? Vamos conversar sobre setup.