Glossário

Análise Técnica | Mercado e Finanças | Opções e Derivativos

Opções e Derivativos

At the Money ou No Dinheiro: Opção de compra ou de venda cujo preço de exercício é igual ao preço à vista em que está sendo negociada a ação-objeto.

Adicionado por: Marcos Moore

At the Money ou No Dinheiro: Opção de compra ou de venda cujo preço de exercício é igual ao preço à vista em que está sendo negociada a ação-objeto.

Adicionado por: Marcos Moore
Ação sobre a qual se refere a opção negociada.
Adicionado por: Marcos Moore
Operação pela qual um aplicador impede o exercício de sua posição mediante a compra, em pregão, de uma opção da mesma série da anteriormente lançada.
Adicionado por: Marcos Moore

Negociação simultânea, em pregão, de um "spread" altista de opção de compra e um "spread" baixista de opção de venda, ou vice-versa, ambos envolvendo os mesmos preços de exercício, quantidade de opções e vencimento. A apregoação (divulgação) dá-se pelo saldo líquido dos prêmios das séries de opções envolvidas na operação.

Adicionado por: Marcos Moore

Opção de compra de um título ou ativo.

Adicionado por: Marcos Moore

Resgate de bônus pelo emitente mediante o pagamento antes do vencimento (put).

Adicionado por: Marcos Moore

Compra ou venda de duas ou mais séries de opções sobre a mesma ação-objeto, porém com preços de exercício e/ou datas de vencimentos diferentes.

Adicionado por: Marcos Moore

Dia em que o detentor exerce seu direito de comprar ou vender a ação-objeto da opção no mercado à vista.

Adicionado por: Marcos Moore

É um indicador que mostra a variação do preço do prêmio de uma opção em relação ao preço à própria ação objeto.

Adicionado por: Marcos Moore

In the Money ou Dentro do DinheiroOpção cujo preço de exercício é inferior ao preço à vista da ação-objeto, no caso de opção de compra (call), ou superior no caso de opção de venda (put).

Adicionado por: Marcos Moore

As posições a futuro (de compra ou de venda) podem ser encerradas antecipadamente se o investidor realizar uma operação inversa. Caso tenha opções de compra de uma ação, o investidor assume uma posição de venda e antecipa o encerramento desse investimento.

Adicionado por: Marcos Moore

Operação pela qual o titular de uma operação exerce seu direito de comprar ou de vender o lote de ações-objeto ao preço de exercício, previamente estipulado.

Adicionado por: Marcos Moore

Operação pela qual o lançador de uma opção, pela compra em pregão de uma outra opção da mesma série, encerra suas posições ou parte delas. A mesma operação vale para o titular de uma opção, quando vende opções adquiridas.

Adicionado por: Marcos Moore

É conhecida também como financiamento. Trata-se de uma operação em que compramos uma quantidade de uma determinada ação e vendemos a mesma quantidade da opção correspondente

Exemplo:
Compramos 1.000 PETR4 e vendemos 1.000 PETRH20

Adicionado por: Marcos Moore

In the Money ou Dentro do DinheiroOpção cujo preço de exercício é inferior ao preço à vista da ação-objeto, no caso de opção de compra (call), ou superior no caso de opção de venda (put).

Adicionado por: Marcos Moore

In the Money ou Dentro do DinheiroOpção cujo preço de exercício é inferior ao preço à vista da ação-objeto, no caso de opção de compra (call), ou superior no caso de opção de venda (put).

Adicionado por: Marcos Moore

No mercado de opções o lançador é aquele que vende a opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Operação de venda que dá origem às opções de compra ou de venda.

Adicionado por: Marcos Moore

At the Money ou No Dinheiro: Opção de compra ou de venda cujo preço de exercício é igual ao preço à vista em que está sendo negociada a ação-objeto.

Adicionado por: Marcos Moore

É um derivativo, uma alternativa de investimento que tem seu preço baseado em um outro ativo. No mercado existem opções de compra e de venda de diferentes estilos.

O comprador de uma opção de compra (call) adquire o direito de
comprar o ativo-objeto a um determinado preço até um determinado período (vencimento da opção), em troca de um montante pago pelo prêmio.

Já o comprador da opção de venda tem o direito de vender o ativo-objeto a um determinado preço até um determinado período.

Adicionado por: Marcos Moore

Quando há o depósito, em bolsa de valores, das ações-objeto de uma opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Direito do ao titular de uma opção de adquirir do lançador um lote-padrão de determinada ação, por um preço previamente estipulado, durante o prazo de vigência da opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Direito do titular de uma opção de vender ao lançador um lote-padrão de determinada ação, por um preço previamente estipulado, na data de vencimento da opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Opção embutida nos termos de um financiamento, como, por exemplo, a opção de pré-pagamento normalmente concedido aos tomadores de financiamentos imobiliários. As opções também podem ser negociadas separadas (e não embutidas) dos financiamentos a que se referem.

Adicionado por: Marcos Moore

Out of The Money ou Fora do DinheiroOpção cujo preço de exercício é superior ao preço à vista da ação-objeto, no caso de opção de compra (call), ou inferior, no caso de opção de venda (put).

Adicionado por: Marcos Moore

Out of The Money ou Fora do DinheiroOpção cujo preço de exercício é superior ao preço à vista da ação-objeto, no caso de opção de compra (call), ou inferior, no caso de opção de venda (put).

Adicionado por: Marcos Moore

Preço por ação pelo qual um titular terá direito de comprar ou vender a totalidade das ações-objeto da opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Preço pelo qual uma ação pode ser comprada ou vendida. O prêmio é pago pelo titular e recebido pelo lançador da opção, seja ela de compra ou de venda.

Adicionado por: Marcos Moore

Significa o mesmo que Opção de Venda de Ações. É um direito outorgado ao titular de uma opção de vender ao lançador um lote-padrão de determinada ação, por um preço previamente estipulado, na data de vencimento da opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Zerar a operação em uma opção (ou contrato futuro, termo, etc) e abrir posição semelhante em outra opção de mesma série ou da série seguinte.

Exemplo:
Para rolar -1000 PETRI52 você compra 1000 PETRI52 ficando zerado em PETRI52 e vende 1000 PETRI54. Assim você rolou a venda para PETRI54. Qualquer rolagem pode ser feita no crédito, no débito ou no zero a zero.

Adicionado por: Marcos Moore

Modificar a posição para rolar o financeiro da operação.

Adicionado por: Marcos Moore

Rolar uma posição para uma opção de strike inferior. 

Adicionado por: Marcos Moore

Rolar uma posição para uma opção de strike superior.

Adicionado por: Marcos Moore

Rolar uma posição para uma opção de série seguinte.

Adicionado por: Marcos Moore

Compra ou venda de igual número de opções de compra e de venda sobre a mesma ação-objeto, com preços de exercício e datas de vencimento idênticos, por um mesmo investidor.

Adicionado por: Marcos Moore

É o preço de exercício. Preço pelo qual uma ação objeto de uma opção de compra ou de venda pode ser comprada ou vendida ao longo de determinado período.

Adicionado por: Marcos Moore

Reúne opções com a mesma característica: tipo, ação-objeto, mês de vencimento para diferentes preços de exercício.

Adicionado por: Marcos Moore

Aquele que tem o direito, e não a obrigação, de exercer uma opção.

Adicionado por: Marcos Moore

Forma mais simples e com risco controlado do pequeno investidor operar venda e ganhar na queda do mercado. Quando feita OTM (out of the money) pode ganhar mesmo na alta pequena e na acumulação.

Exemplo:
-1000 PETRH18 a 3,00
+1000 PETRH20 a 1,60

Adicionado por: Marcos Moore

Quando, em uma opção de compra, a diferença entre o preço à vista da ação-objeto e o preço de exercício da opção é positiva, denomina-se Valor Intrínseco da Opção. A denominação também é válida quando a diferença entre o preço de exercício e o preço à vista, em uma opção de venda, é positiva.

Adicionado por: Marcos Moore

Dia em que se extingue o direito de uma opção. A partir da data de vencimento extingue-se o direito do detentor exercer a compra ou venda da ação-objeto no mercado à vista. Existem dois tipos de opções: Americana (mais adotada no mercado brasileiro), na qual o detentor do direito pode exercê-lo até a data de vencimento; e Européia, na qual o detentor do direito pode exercê-lo apenas na data do vencimento. Na Bovespa a data de vencimento corresponde à quarta-feira mais próxima do dia 15 de todos os meses.

Adicionado por: Marcos Moore

É conhecida também como financiamento. Trata-se de uma operação em que compramos uma quantidade de uma determinada ação e vendemos a mesma quantidade da opção correspondente

Exemplo:
Compramos 1.000 PETR4 e vendemos 1.000 PETRH20

Adicionado por: Marcos Moore

Indica o grau médio de variação das cotações de um título em determinado período. Significa movimento e mede os desvios da evolução do preço de um determinado ativo em relação a um valor médio do mesmo. É diferente de direção de mercado.

Se o mercado não se move com a suficiente velocidade, as opções diminuem de valor pelo simples fato de se reduzir à probabilidade de que o ativo subjacente alcance um determinado preço de exercício na data de vencimento.

Adicionado por: Marcos Moore

É aquela que, imputada em um modelo de precificações de opções, faz com que o prêmio originado por seu cálculo seja igual ao que está sendo correntemente negociado no mercado.

Adicionado por: Marcos Moore

Volatilidade efetiva do preço do ativo subjacente no futuro. Não é conhecida no início e, uma vez verificada, torna-se imediatamente volatilidade histórica. Os operadores dos mercados de opções tentam fazer com que a estimativa (volatilidade implícita) seja tão próxima quanto possível da volatilidade real.

Adicionado por: Marcos Moore