Olá, Visitante!

Seja bem-vindo(a) ao Portal do Trader

Esqueceu sua senha? Clique aqui!

Ou então, entre com suas redes sociais

  Entrar com Facebook

  Entrar com Google

Ainda não possui uma conta?

Olá, Visitante!

Seja bem-vindo(a) ao Portal do Trader

Cadastre-se agora e tenha acesso a todo o nosso conteúdo gratuitamente!

Ao se cadastrar, você concorda com os nossos termos de uso e em receber nossos emails.


Se preferir, cadastre-se com Facebook ou Google

Já possui uma conta?

Análise Gráfica: Operando GAPs

Como operar em conta real e desenvolver sua jornada de aprendizado de forma prática?


Qual a melhor maneira de acelerar o desenvolvimento prático do trader?

Claro que isso passa por ele fazer suas próprias operações, mas não ficaria muito mais interessante se ele pudesse ver o que traders profissionais realmente fazem no mercado?

Dentro do Programa TNT, entendemos que nenhum trader se forma apenas com teoria, por isso, criamos o conceito de Especializações Ao Vivo.

Com elas, você aprende habilidades específicas em um curto espaço de tempo, com um enfoque totalmente prático.

Agora, se você pensa em operar Day Trade, vai poder acelerar o seu desenvolvimento com nossa transmissão diária Day Trade na Prática, exclusiva na Sala TNT, onde traders profissionais mostram operações no mercado real e interagem com os alunos TNT.

Operando Gaps

Os Gaps são elementos bastante conhecidos dos traders. Alguns operadores enxergam os Gaps como uma grande oportunidade, mas, de um modo geral, o mercado não gosta de gaps. Polêmicas à parte, o fato é que, do ponto de vista do Price Action, se formos capazes de fazer uma boa avaliação dos Gaps, seremos capazes de realizar trades vencedores. O segredo está na interpretação de cada tipo de Gap.

Os Gaps ocorrem em função de um desequilíbrio entre a pressão de compra e a pressão de venda. Em um esforço para equilibrar essa pressão, o preço abre em uma nova região que atenda os interesses de compradores e vendedores. Nesse processo, uma determinada faixa de preços deixa de ser negociada, gerando, assim, um espaço vazio no gráfico, conhecido como Gap.

O Gap é, portanto, uma região de preços em que não houve negociação pela ausência de compradores e de vendedores. No mercado brasileiro, é muito comum observarmos a ocorrência de Gap no início do pregão. Por isso, é preferível não ficarmos posicionados de um dia para o outro em ativos de alta alavancagem, como índice e dolar, pois, se ocorrer um Gap contrário à sua posição, isso poderá causar um certo transtorno ou, até mesmo, prejuízo em sua operação se, por acaso, ele pular o preço em que estava posicionada sua ordem de stop.

Podendo ocorrer em diversos tempos gráficos, nem todos os Gaps são fechados como é comum acreditar. No entanto, a maioria deles será fechada em algum momento.

Existem diferentes tipos de Gaps, alguns deles propiciando a formação de padrões conhecidos como as ilhas de reversão e os bebês abandonados.

Os Gaps mais conhecidos são os de fuga, área, continuação e exaustão. Os três primeiros Gaps também possuem outros nomes, como break away Gap, Gap comum e Gap de continuação, respectivamente.

Entre todos eles, o Gap de fuga ou break away Gap é o mais importante para a entrada, e o menos importante deles é o Gap de área.

Área

Esses Gaps ocorrem geralmente em meio a congestões, sem aumento aparente no volume de negócios, e são rapidamente fechados. Corriqueiros, não merecem grande atenção ou preocupação por parte do trader.

Fuga

Este é o mais importante entre os Gaps e devemos permanecer atentos à sua ocorrência, pois representará uma boa oportunidade de se fazer um trade lucrativo com ele. Esse tipo de Gap não fecha rapidamente e, em raros casos, pode demorar décadas a se fechar. Geralmente, ocorre em rompimentos de suportes, resistências ou de figuras, como retângulos, triângulos, bandeiras e outras. Figura de continuação que indica a direção do movimento dos preços, o Gap de fuga deverá vir preferencialmente acompanhado de aumento de volume.

Continuação

Pouco frequente, ocorre geralmente no meio de uma tendência, pode ser um indício de que a tendência está próxima de seu fim. O trader deverá, portanto, ficar alerta quando vir um Gap de continuação.

Exaustão

Esse tipo de Gap ocorre no final de uma tendência, sinalizando o término do movimento. Na maior parte das vezes, logo após a ocorrência desse Gap, os preços entram em congestão para reverter logo em seguida, geralmente fechando o Gap. É, portanto, um bom indicador de reversão de tendência.

Ilha de reversão

Essa é uma figura bastante característica e de fácil identificação. Trata-se de um conjunto de candles em congestão, precedidos por um Gap de exaustão e sucedidos por um Gap de fuga. Visualmente, o grupo de candles em congestão fica isolado tanto da perna que o antecedeu quanto da perna que o sucede, formando uma espécie de ilha, como um bloco destacado do restante do movimento.

Gaps como suportes e resistências

Sendo o Gap uma interrupção no movimento dos preços, é natural que chame a atenção de todos os traders, principalmente aqueles que permaneceram posicionados de um período a outro em uma região de Gap. Tornam-se, por isso, regiões de bastante interesse, atraindo negócios. Muitas vezes, o preço abre em Gap, volta apenas para fechá-lo e continua sua trajetória ascendente ou descendente.

Este movimento, portanto, faz dos Gaps regiões naturais de suporte e resistência, tornando sua operação bastante lucrativa. Deverão, obviamente, ser confirmados por outros indicadores.

O próximo passo da sua jornada como trader pode fazer toda a diferença. Conheça o mais completo programa de formação de traders do Brasil, que já revolucionou o operacional de milhares de alunos: Programa TNT - Trader Nível Três.

Teste seu aprendizado

Assinale a alternativa verdadeira:

Teste seu aprendizado

Quais os 4 tipos de gaps mais comuns?

Discussão e Dúvidas

Ganhe acesso completo grátis

Junte-se a mais de 200 mil traders e investidores e comece sua jornada no mercado.

Desenvolva as habilidades para vencer no mercado com nossos especialistas.
Veja seu progresso no e-learning e tire todas as suas dúvidas.
Participe em tempo real da nossa sala com Trading Ao Vivo.
Aprenda com artigos, webinars exclusivos, novos cursos e muito mais

  AULAS